TAO: A PERFEITA HARMONIA

Lao Tsé; Tao Te Ching – verso 55

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é taoteching.gif

Quem possui a Grande Virtude é como uma pequena criança.
Os insetos venenosos não a picam.
Os animais selvagens não a atacam.
As aves de rapina não descem sobre ela.
Tem ossos frágeis e tendões flexíveis mas segura com firmeza.
Ignora seu sexo, mas possui a plenitude do estímulo e a perfeita vitalidade do seu esperma.
Pode chorar o dia todo e sua garganta não enrouquece porque está na Perfeita Harmonia.
Possuir esta Harmonia é conhecer o Eterno.
Conhecer o Eterno é ser iluminado.
Viver intensamente é abusar da vida e não traz felicidade.
Submeter com a mente o Sopro Vital leva à rigidez.
Quando as coisas chegam a seu extremo, começam a decair.
Isto é contrário ao Tao.
E o que é contrário ao Tao rapidamente encontra seu fim.
Tao Te King – Trad. Albe Pavese (Ed. Madras)

Comentários de Huberto Rohden:
Este capítulo é uma paráfrase antecipada das palavras do Cristo: “Quem não receber o Reino dos Céus como uma criança não entrará nele”; ou então da exclamação: “Graças te dou, meu Pai, porque revelastes estas coisas aos simples e pequeninos e as ocultastes aos eruditos”.
A criança normal é 100% receptiva, como deve ser o homem que deseja ser iniciado no mundo divino.

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.