UFO NO AEROPORTO (2)

Era por volta de 18:20 da noite de HOJE aqui em Boa Viagem, quando percebo da janela da cozinha uma luzinha com o brilho de um planeta, numa posição onde nunca tinha visto um planeta antes. Depois percebi que essa luz se movia muito lentamente, o que sobrava então a possibilidade de ser um avião ou um OVNI. Fiquei então olhando por uns bons 5 minutos, até perceber que era um avião pela movimentação que ele fez, que era a mesma do corredor aéreo que tem (de onde moro dá de frente pra o aeroporto, embora não possa ver diretamente a pista, mas são uns 2 km de distância, então vejo toda a movimentação aérea dos aviões).

Pois bem, enquanto eu olhava, eis que surge no meu campo de visão periférica um brilho incomum. Olho pra cima, e novamente um objeto pisca, com uma luz branco-azulada. Mais uma vez, e percebo que ele está descendo do céu lentamente. Satélite? Talvez, afinal já vi desses, mas nunca descendo em diagonal. E eis que, como por capricho, ele pára no ar (infelizmente não dava pra precisar a altura ou tamanho do objeto, pois só o via ao piscar), e acelera em linha reta em direção ao avião que eu estava vendo antes, passando por CIMA DA PISTA DO AEROPORTO em ALTÍSSIMA VELOCIDADE (equivalente a de um jato, só que sem emitir som algum) e sumindo no horizonte. Duvido que o piloto do avião tenha visto algo, pois ele passou por trás da rota dele, mas COM CERTEZA o radar do aeroporto captou esse objeto (pra quem trabalha no CINDACTA, pode conferir o “Tráfego Hotel” às 18:25).

Uma animação tosca que representa mais ou menos o que eu vi.

Estamos vivendo um momento de abertura na Ufologia brasileira, graças aos esforços da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), centralizados na figura da Revista UFO, que pede a abertura de documentos secretos sobre ufologia. Há 14 toneladas de documentos secretos da Força Aérea Brasileira (FAB) sobre diversos assuntos, e estima-se que entre 200 e 300 kg de papel sejam referentes a assuntos ufológicos. O brigadeiro da aeronáutica José Carlos Pereira (ex-comandante do Comdabra e ex-presidente da Infraero), entrevistado pelo editor da Revista UFO, deu seu apoio:

Todos os segredos devem ser liberados. Não há razão alguma para que eles sejam mantidos longe do cidadão, nas instalações militares. O fenômeno não representa nenhuma ameaça à nossa soberania nacional e nem um perigo à aviação. Assim, sou favorável a que se abram todas as pastas, estejam onde estiverem, para que a população as conheçam, e em especial os ufólogos. Há um clima favorável no meio militar brasileiro a que este assunto seja tratado abertamente. Vou fazer minha parte, garantindo meu apoio ao movimento dos ufólogos brasileiros, que pede a liberdade de informações.

José Carlos Pereira

Aguardemos.

Referência:
UFO no Aeroporto 1
UFO no Aeroporto 3

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
76 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.