SAINDO DA DEPRÊ

Como já falei no post anterior, geralmente eu melhoro da depressão naturalmente em meados de abril. Só que dessa vez eu tive de lutar bastante, e o engraçado é que, durante a semana em que eu tava tentando me animar (de férias em casa, vendo filme do Superman, e tal) aconteceram três coisas “estranhas” praticamente no mesmo dia.

No dia 20 de abril o X-Builder, que comenta de vez em quando aqui no blog e com quem já peguei discussões brabas (principalmente no caso do 11 de setembro) me escreve relatando uma experiência de projeção que teve comigo. Detalhe: que eu saiba ele nunca me viu em foto.

“Não é meu estilo fazer isto, mas hoje relatarei uma experiência que às vezes acontece comigo. Saí conscientemente do meu corpo e fui conversar com o Acid… Foi uma conversa consciente (eu sabia que tava fora do corpo) e é muito mais real do que onde estamos agora (detalhe meu ponto da conversa com você foi este – o que era real).

Estava eu dormindo, quando me vi consciente no meu quarto e uma senhora me velhinha e muito humilde perguntou a mim se eu queria acertar umas diferenças. Eu disse que sim.

Fui parar em um portão. O portão foi aberto por um cara de óculos, camisa xadrez, mochila nas costas, cabelos meio desgrenhados, olhos castanhos, meio tímido, chegou para mim, estendeu a mão e disse: “Tudo bem? Me acompanhe, fique à vontade”. Este cara era o Acid.

Era um quintal bem comprido e grande, várias crianças brincando, fazendo a maior zoada. A velhinha que me chamou continuava olhando nós dois.

Uma coisa que me chamou muito a atenção, Acid, você tem publicações suas no astral, acredita? Pelo menos tem um monte delas neste quintal, em um mural deste quintal. Eu realmente me sentia um convidado neste quintal, cheio de crianças.

A velhinha falou para a gente, vou ali cuidar das crianças, e fez um olhar como quem diz: “Mas tô de olho em vocês”.

Eu basicamente conversei com você sobre os vários quebra paus que já tivemos, e que teríamos que colocar um ponto final nisto. Mas de cara vimos que isto tudo foi uma grande bobagem, que o que passou já era passado. Você é um cara muito legal, digo pessoalmente você é bem gente boa mesmo.

Foi muito engraçado como eu fui embora:

Acid: Já percebeu que aqui no astral é mais real do que no mundo físico?
X-buider: Bem mais real, a consciência é bem expansiva. Ainda não tô acreditando, isto realmente é real, estou em casa dormindo. E realmente tô aqui conversando com você.
X-buider: Pera aí… Cara eu vou acordar, já tô sentindo o travesseiro batendo na minha cara…

Acho que fiquei meio nervoso e perdi a concentração… Aí aquela sensação de você tá sendo puxado… E acordei.

Veja se meu relato faz algum sentido para você.”

X-Builder

Duas coisas me chamaram a atenção. Uma, eu achava que já tinha mencionado aqui no blog que Oráculo, do “lado de lá”, cuida da educação de várias crianças que desencarnaram pequenas (5, 6 anos) e continuam assim no astral, mas, olhando os arquivos, vi que não mencionei. A outra foi quase um soco na cara, de tão chocante: a descrição da roupa. Ora, se algum amigo meu, que me vê normalmente, fosse chutar uma roupa que eu usaria no astral, a ÚLTIMA opção seria xadrez, isso porque ninguém, por mais próximo que seja, me viu usando xadrez, e eu normalmente detesto roupas com padrão de listras. Só que o que ninguém sabe é que eu uso quase que DIARIAMENTE uma camisa xadrez no trabalho, e me sinto muito bem com ela (não me perguntem porque eu detesto xadrez e entretanto adoro essa roupa… mistéeéério). Só pra confirmar, eu mandei pro X-Builder uma foto que, por sorte, havia sido tirada uma semana antes por uma colega de trabalho, a única em que apareço com a camisa. E Builder ficou obviamente pasmo… a camisa, os óculos… tudo batia com o que ele viu no sonho, a não ser pelo fato de que lá eu estava mais jovem e com o cabelo maior. Estranho também que outra pessoa tenha sonhado comigo lançando um livro no astral e outra que sonhou comigo no meio de crianças… tenho como não acreditar nessas coisas?

O segundo fato esquisito foi no dia anterior, o caso da ouvir os números da Megasena. E o terceiro aconteceu 3 vezes durante essa mesma semana, e passaria despercebido se eu já não estivesse desconfiado com esses eventos anteriores: Durante o tempo que passei em casa, sempre no pôr-do-sol meu quarto era subitamente invadido por um cheiro forte de jasmim. Eu sabia que não era a flor, até porque não tem nada além de prédios por aqui, mas era tão concentrado que eu jurava que era a mulher do vizinho de baixo (e ainda pensava: “eita, mulher cafona! Tomando banho de perfume!”) e o cheiro logo depois sumia. Mas, após os acontecimentos, ao sentir o mesmo cheiro às 17:30 da sexta-feira, eu quis REALMENTE conferir se era o vizinho, então saí cheirando todo o perímetro ao redor do quarto, e o mais impressionante era que, ao sair do quarto ou botar a cabeça pra fora da janela, o cheiro cessava por completo. Ou seja, era algo localizado LÁ DENTRO. Dessa vez o cheiro demorou mais, como se fosse de propósito pra dar tempo de eu investigar.

Depois saí contando pro pessoal conhecido, e minha secretária, que está na família há mais de 15 anos lembrou que minha avó também sentia esse cheiro às vezes, e ela falava que era a visita de Nossa Senhora! O engraçado é que eu tenho a mania de, sempre que posso, ouvir às 6 da noite a Ave Maria, na voz (e gaita) de Stevie Wonder. Reminescências da infância… Claro que eu não acho que a Mãe de Jesus veio me visitar, mas com certeza os espíritos que estavam ligados à minha avó (se não a própria!) fizeram uma limpeza energética no meu quarto (aliás, é outra dica: pra sair da deprê, ajuda muito também limpar o ambiente, que fica carregado, imantado com os pensamentos ruins do depressivo. A limpeza pode ser feita com defumador, água e sal ou perfumes, mas em todos esses casos o que não pode faltar mesmo é a INTENÇÃO).

E ainda teve um texto recebido pelo Wagner Borges no dia 07 de abril, onde a Cia. do Amor dá um “sacode” num certo “Zero”… Um dia depois veio o acidente com o carro que me fez estilar e dizer “pára, pára, ok, eu me ajeito…

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
44 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.