FILMES VISTOS EM 2019

Primeiramente gostaria de encerrar este ciclo de listagem de filmes, que começou em 2012, com a lista de melhores da década. É verdade que a Real Academia Espanhola diz que a nova década começará em 2021 porque “cada década começa em um ano acabado em 1 e termina em um ano acabado em 0“, mas fod*$3 a Real Academia Espanhola.

OS MELHORES FILMES DA DÉCADA

2010 – Inception
2011 – Drive / Intouchables / X-Men: First Class
2012 – The Avengers
2013 – Gravity / The Wolf of Wall Street / Pacific Rim / Rush
2014 – Edge of Tomorrow / Guardians of the Galaxy / Captain America: The Winter Soldier / O Abutre
2015 – Mad Max: Fury Road / Ex Machina / Inside Out
2016 – Doctor Strange
2017 – Blade Runner 2049 / Logan / War for the Planet of Apes
2018 – First Man / Avengers: Infinity War / A Quiet Place / Mission Impossible: Fallout / Spider-Man Into the Spider-Verse
2019 – Parasite / Avengers: Endgame / Joker

ANÁLISE E MELHORES DO ANO DE 2019

Foram 67 filmes inéditos e 15 revistos, totalizando 82 filmes (contra 92 do ano passado, um recorde pessoal difícil de superar). Não foi um ano muito bom para produções cinematográficas que nos fazem pensar, exceto por Joker, que me deixou pensando por semanas. Martin Scorsese tem uma certa razão de criticar o estado atual do cinema, basta dar uma olhada na lista e só vai ver franquias, filmes dedicados a cultura pop, nostalgia, heróis… é ótimo pra minha geração, que cresceu com isso em desenhos e sessão da tarde e hoje temos continuações e reboots, mas tudo em excesso cansa.

MELHORES QUE VI EM 2019:

1- Avengers: Endgame (2019)
2- Joker (2019)
3- Spider-Man Into the Spider-Verse (2018)
4- Apollo 11 (2019)
5- Elis (2016)
6- I Am Mother (2019)
7- Toc Toc (2017)
8- A Star is Born (2018)
9- One Cut of the Dead (2017)
10- The Kingdom of Dreams and Madness (2013)

Obviamente eu tinha de colocar em primeiro o evento do ano, o filme mais aguardado e sonhado da década, e a Marvel não desapontou. Avengers: Endgame é o filme do ano. Joker chega bem perto, pra surpresa de todo mundo (inclusive a Warner). O Homem Aranha no Aranhaverso é um milagre: a Sony, depois de nos decepcionar TANTO, resolve fazer um filme do Aranha SUBLIME, maravilhoso, redondo, tecnicamente perfeito e inovador. Um marco da criatividade no cinema, e um melhor filme do Aranha que os da Marvel, inclusive.
Vi a série da Elis na Globo, e me apaixonei. Melhor que A Star is Born, que é muito bom, também. A química entre os personagens é o ponto alto do filme e Lady Gaga é uma atriz da poxa.

FILME DE HERÓI DO ANO:

Empate: Avengers: Endgame, por ser um filme de conclusão PERFEITO (Sim, estou olhando pra você, Star Wars), e Joker, por ser um filme corajoso, independente, isolado e que funciona perfeitamente num universo cheio de filmes do Batman justamente por causa da LOUCURA.

DOCUMENTÁRIO DO ANO:

Apollo 11
Sem dúvida. Ele está ganhando todos os prêmios, e merecidamente. Resgatar de algum subsolo da NASA os arquivos de vídeo de um dos maiores feitos da humanidade, escaneá-los em 4K e restaurá-los pra passar no cinema pra um público onde o terraplanismo está proliferando foi sem dúvida um movimento arriscado mas que deu super certo nos EUA. A edição e o approach foram maravilhosos, recriando esse momento mágico “ao vivo”, ao invés de um narrador atual colocando as coisas em perspectiva (como a maioria dos documentários de época). As imagens são de arrasar, nunca antes vistas mesmo pelo maior fã do espaço.

Esse ano a Netflix fez mais documentários no estilo do aclamado Wild Wild Country (2018). São eles Seleção Artificial, EXCELENTE série sobre como a descoberta de como mudar o DNA está mudando nossos paradigmas, o O Monstro ao Lado e The Confession Killer, todos muito bons e que vão deixá-lo grudado na cadeira por conta da maneira como contam a história. Pra mim esse foi o ano dos documentários.

SÉRIES DO ANO:

1- Chernobyl
2- The Mandalorian
3- Formula 1: Drive to Survive
4- Years and Years
5- For all mankind

Esse ano foi de Chernobyl, uma série que ninguém esperava e tomou público, crítica e redes sociais de assalto. Eclipsou Game of Thrones de uma forma que parecia que nunca tinha existido. Nota máxima.

The Mandalorian mostrou pra Disney como se faz Star Wars. Mesmo tendo mulheres como personagens fortes e inclusive na DIREÇÃO (ao contrário dos filmes), essa série não recebeu críticas dos “fãs tóxicos e misóginos” e Baby Yoda conquistou o coração mesmo do fã mais raivoso.

Esse ano a série sobre Fórmula 1 foi uma delícia de se ver. Muito bem editada, trazendo um lado humano dos pilotos e fazendo a gente se aproximar deles enquanto contam sua experiência por detrás do volante (algo que normalmente só acompanhamos de fora). Mal posso esperar pelo próximo ano.

Uma série que eu coloquei em primeiro ano passado, The Good place, meio que se perdeu nessa temporada e nem ficou entre os cinco.

For all mankind tinha tudo para estar em segundo, mas o excesso de drama e a duração de cada episódio (que parece demais até mesmo pra o diretor e roteiristas) deixou a série enfadonha.

SURPRESA DO ANO:

Chernobyl, pelos motivos que expus acima. Em termos de filme, Toc Toc, justamente por não esperar nada de uma comédia espanhola. Joker tinha tudo pra ganhar esse prêmio, mas ele já tinha ganho Palma de Ouro em Cannes então eu botei fé e ainda sim se tornou melhor do que eu pensava que seria. A Marvel ter terminado sua Saga de 10 anos de aventuras de forma impecável com Endgame foi pra mim uma surpresa também.

Menção honrosa para One Cut of the Dead.

DECEPÇÃO DO ANO:

Game of Thrones
Acho que todo fã da série compartilha do mesmo sentimento. A 2ª temporada de Mindhunter foi fraca, mas nem se compara.

PIOR FILME DO ANO:

Gemini Man
Essa categoria foi difícil. A Disney fez questão de nos dar tantas opções nesse sentido, com suas versões de desenhos pro cinema e seus derivados. Star Wars Rise of the Skywalker seria um bom candidato, mas eu não me decepcionei pois já esperava o pior. Malévola 2 foi penoso de ver no cinema, e eu nem sou um fã do primeiro, mas fiquei com vergonha alheia da Angelina Jolie. Mas Gemini Man eu esperava por algo inovador no aspecto visual, ou tecnológico, ou pelo menos algo ancorado no carisma de Will Smith, então esse sim foi uma GRANDE decepção em todos os sentidos.

A LISTA:

Black Mirror: Bandersnatch (2018)
Aquaman (2018)
The Story of Bohemian Rhapsody (2004)
Elis (2016)
Revenge of the Electric Car (2011)
A Star is Born (2018)
BlacKkKlansman (2018)
Overlord (2018)
They shall not grow old (2018)
The favourite (2018)
Ralph Breaks the Internet (2018)
Spider-Man Into the Spider-Verse (2018)
Raid dingue (2016)
Captain Marvel (2019)
Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald (2018)
Mortal Engines (2018)
One Cut of the Dead (2017)
The Tale of the Princess Kaguya (2013)
The Kingdom of Dreams and Madness (2013)
Titanic: The Aftermath (2012)
Green Book (2018)
Data Limite segundo Chico Xavier (2014)
Mary Poppins Returns (2018)
Avengers: Endgame (2019)
The Silence (2019)
Apollo 11 (2019)
Toc Toc (2017)
Moon shots (2015)
The pact – Le serment des Hitler (2013)
Easy Company: We Stand Alone Together (2001)
Aladdin (2019)
Man in Black 3 (2019)
I Am Mother (2019)
Shazam!(2019)
Williams (2017)
Alita: Battle Angel (2019)
Rei Leão (2019)
Detetive Pikachu (2019)
Tolkien (2019)
Rocketman (2019)
The New King of Comedy (2019)
Brightburn (2019)
Moulin Rouge (2001)
Godzilla: King of the Monsters (2019)
Alice Through the Looking Glass (2016)
Collateral Beauty – Beleza oculta (2016)
Dark Phoenix (2019)
Toy Story 4 (2019)
Yesterday (2019)
Joker (2019)
Gemini Man (2019)
Malévola 2 (2019)
It Chapter II (2019)
Spiderman: Far From Home (2019)
Once Upon a Time in Hollywood (2019)
A Dama e o Vagabundo (2019)
Ad Astra (2019)
First to The Moon (2018)
Red 2 (2013)
Arthur Christmas – Operação presente (2011)
Star Wars: The Rise of Skywalker (2019)
The Two Popes (2019)
Memory: The Origins Of Alien (2019)
Abominable (2019)
Zombieland: Double Tap (2019)
Glass (2019)
Armstrong (2019)

REVISTOS:

Battle Beyond the Stars (1980)
Avengers: Age of Ultron (2015)
Harry Potter and the Sorcerer’s Stone (2001)
Bram Stoker’s Dracula (1992)
Lifeforce (1985)
Avatar (2009)
Gravity (2013)
Harry Potter and the Chamber of Secrets (2002)
IMAX Space Station (2002)
The Shining (1980)
Avengers Infinity War (2018)
Avengers Endgame (2019)
Gattaca (1997)
Ghostbusters (1984)
Ghostbusters II (1989)

SÉRIES:

BBC: Planet Earth II
The Good Place (3ª temporada)
Mars (2ª temporada)
Formula 1: Drive to Survive (1ª temporada)
Game of Thrones (1ª a 8ª temporada)
Young Sheldon (2ª temporada)
Chernobyl
Mindhunter (2ª temporada)
One Strange rock
Lucifer (4ª temporada)
The 100 (1 a 6ª temporadas)
Years and Years (1ª temporada)
Seleção Artificial (Netflix)
O Monstro ao Lado (Netflix)
The Confession Killer – O assassino confesso (Netflix)
Filmes que Marcam Época (Netflix) 1ª temporada
See (1ª temporada)
For all Mankind (1ª temporada)
The Mandalorian (1ª temporada)

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.