FILMES VISTOS EM 2018

ANÁLISE E MELHORES DO ANO

84 filmes novos vistos, 8 revistos.

Um total de 92 filmes vistos em 2018 (contra 69 do ano passado).

Um RECORDE mundial (ok, pessoal), desde que comecei a contar os filmes que via no ano, em 2012. Fora isso ainda revi as 1º e 2º temporadas de Game of Thrones (estou em maratona pra o desfecho da série em abril de 2019). Este ano eu me entreguei a uma paixão antiga que é a exploração do espaço. Inspirado pelo sucesso do lançamento do Falcon Heavy, no início do ano, eu assisti a diversos documentários e vídeos do youtube sobre foguetes e a missão Apollo, tudo na expectativa pra “First Man“, que correspondeu. Eu tenho dificuldade pra apontar qual foi o melhor filme do ano, pois os 4 primeiros são TOPs, cada um em sua categoria, e não dá realmente pra compará-los um com o outro. “Avengers” eu comentei abaixo pois criei uma categoria só de filmes de super heróis, mas “A Quiet Place” é uma obra-prima do suspense, intimista, barato, despretensioso, honesto que dói… “First Man” e “Missão Impossível” são exatamente o oposto, pomposos, extravagantes, impossíveis de serem contidos numa tela, e ENTREGAM o espetáculo que prometem com toda a glória do formato IMAX. Um mostra o espetáculo da ciência, retratando com fidelidade fatos reais, e o outro uma aventura maluca, deliciosa e alucinante no melhor estilo James Bond. Tom Cruise é o cara do ano.

MELHORES QUE VI EM 2018:

1- Avengers: Infinity War (2018)
2- A Quiet Place (2018)
3- First Man (2018)
4- Missão Impossível: Fallout (2018)
5- Bohemian Rhapsody (2018)
6- Shape of the Water (2017)
7- Darkest Hour (2017)
8- Black Panther (2018)
9- Mamma mia (2008)
10- Solo: A Star Wars Story (2018)

MELHORES PRODUZIDOS EM 2018:

1- Avengers: Infinity War (2018)
2- A Quiet Place (2018)
3- First Man (2018)
4- Missão Impossível: Fallout (2018)
5- Bohemian Rhapsody (2018)
6- Black Panther (2018)
7- Solo: A Star Wars Story (2018)

FILME DE HERÓI DO ANO:

Avengers: Infinity War
Esse ano não teve pra ninguém: A apoteose dos filmes de super-herói foi em 2018, com a reunião de toda a gama de heróis e o choque de vê-los desaparecendo um por um. Maior que isso só mesmo o desfecho, em abril de 2019.

DOCUMENTÁRIO DO ANO:

Wild Wild Country
Sem dúvida o melhor documentário da Netflix, que traz uma história tão maluca, fascinante e cheia de plot twists que é difícil crer que realmente aconteceu (e sim, eu pesquisei e aconteceu).

Recomendações, também da Netflix, são documentários sobre o mundo da música: “Quincy” (2018) e “Gaga: Five foot two” (2017). A 1º temporada de “Brinquedos que Marcam Época” (2018) também foi excelente.

E se quiserem ficar noiados com tecnologia, assistam “Do You Trust this Computer?” (2018) sobre a evolução da Inteligência Artificial e suas consequências pra humanidade. Com Elon Musk (Tesla, SpaceX), Jonathan Nolan (escritor de Westworld e Batman The Dark Knight), entre outros.

SÉRIES DO ANO:

1- The good place
2- A Maldição de Hill House
3- Young Sheldon
4- Mars

The Good place” (Netflix) é definitivamente uma das melhores séries que já assisti, porque traz conhecimentos realmente interessantes de filosofia, com humor negro, tiradas inesperadas que fazem você estourar de rir e um roteiro que, quando você acha que vai ficar repetitivo, inova! Uma aula de script e de condução de uma série!

SURPRESA DO ANO:

A Maldição de Hill House
Taí algo que eu não dava NADA, absolutamente NADA, porque a moda agora depois de Anabelle é fazer esses filmes de terror conceitual e a Netflix investiu pesado e tinha uns 3 parecidos na mesma época em que apresentou esse tal “A Maldição de Hill House“. Mas aí minha prima INSISTIU pra eu ver e como ela me conhece bem eu me torturei pra assistir aos primeiros 4 episódios achando que era mais do mesmo, só que com poucos sustos. Só então a história mostra a que veio e aí você já está grudado na tela, íntimo de todos os personagens, curioso pra ver MAIS e os sustos melhoram IMENSAMENTE, e no fim você fica sem fôlego e dizendo “Uau, que jornada!”. Com a exposição maciça da Internet, poucas séries vão te pegar assim despreparados como essa me pegou. Não leia nada a respeito, apenas assista.

DECEPÇÃO DO ANO:

Mamma mia: Here we go again
Esse foi um ano em que praticamente não tive decepções, fui com o coração aberto e até mesmo gostei de “Solo“, porque já estava com uma expectativa baixa. Mas a continuação de Mamma Mia conseguiu me surpreender negativamente porque:
1º – Levou 10 anos pra ser feito, ou seja, não foi uma coisa pressionada pelo estúdio pra ganhar uma graninha na esteira do sucesso do primeiro.
2º – Possui o mesmo elenco, ou seja, eu esperava algo do mesmo nível, mas NÃO! É um completo desastre do começo até alguns minutos antes do final (sim, eu gostei da cena final). Quem foi o irresponsável que deu plenos poderes a um homem cujos filmes anteriores são umas coisas açucaradas que só passam no dia dos namorados? Ele escreveu e DIRIGIU um filme que simboliza a alma feminina no olhar, no pensar, nos pequenos gestos, na música, nas amizades e relacionamentos… enfim, o primeiro foi uma celebração do feminino em toda a sua glória, e o segundo me pareceu um pastiche, um “blackface”. E eu só soube que o diretor/escritor era homem agora, enquanto escrevo…

PIOR FILME DO ANO:

Annihilation
Não dá pra dizer que foi uma surpresa. Quando venderam pra Netflix e nem foi pro cinema eu pensei que seria um filme “difícil”, só não pensei que seria essa bomba. O CGI do final me lembrou vergonhosamente o filme “O Passageiro do Futuro“.

A LISTA:

Gaga: Five foot two (2017)
Ele Está de Volta – Er ist wieder da (2015)
Ip Man: A legend is born (2010)
The Room (2003)
Darkest Hour (2017)
Wonder – Extraordinário (2017)
Thor Ragnarok (2017)
The Disaster Artist (2017)
Shape of the Water (2017)
Lady Bird (2017)
Black Panther (2018)
Three Billboards Outside Ebbing (2017)
The foreigner (2017)
Tomb Raider (2018)
Phantom Thread (2017)
Do You Trust this Computer? (2018)
Wild Wild Country (2018)
Annihilation (2018)
Avengers: Infinity War (2018)
The Greatest Showman (2017)
Sing Street (2016)
The Maze Runner (2014)
Maze Runner: The Scorch Trials (2015)
Maze Runner: The Death Cure (2018)
Murder on the Orient Express (2017)
Valerian and the City of a Thousand Planets (2017)
Power Rangers (2017)
Taken 2 (2012)
O Vendedor de Sonhos (2016)
Red Sparrow (2018)
Cargo (2017)
Le Sens de la Fete – C’est la vie (2017)
Safe – O código (2012)
Ferrari: Race to Immortality (2017)
Mary Magdalene (2018)
Ready Player One (2018)
Peter Pan (2015)
Pacific Rim 2: Uprising (2018)
Mercenários 3 (2014)
A Quiet Place (2018)
Missão Impossível: Fallout (2018)
Mamma mia (2008)
Coco (2017)
Get Out (2017)
Enrolados – Tangled (2010)
Deadpool 2: Super Duper Cut (2018)
Mulan (1998)
Shaun of the Dead (2004)
Extinction (2018)
The Legend of Tarzan (2016)
World War Z (2013)
Happy Death Day (2017)
Jurassic World Fallen Kingdom (2018)
Solo: A Star Wars Story (2018)
Oceans Eight (2018)
The Beatles: Eight Days a week (2016)
The Resistance Banker (2018)
A caminho do desconhecido – Approaching the Unknown (2016)
The Meg (2018)
Sully (2016)
Quincy (2018)
Mission Control: The Unsung Heroes of Apollo (2017)
Mercury 13 – O espaço delas (2018)
Hold the Dark (2018)
Bowie: the man who changed the world (2016)
Missile to Moon (2012)
xXx (2002)
Operation Finale (2018)
Ant-Man And The Wasp (2018)
First Man (2018)
Mamma mia: Here we go again (2018)
Incredibles 2 (2018)
Alpha (2018)
Bohemian Rhapsody (2018)
Gagarin: First in Space (2013)
Saving Banksy (2017)
Superman (3 hours special) (1978)
The gold rush (1925)
The Jungle Book (2016)
Mowgli: Legend of the Jungle (2018)
The Lovely Bones (2009)
Venom (2018)
Fantastic Beasts and Where to Find Them (2016)
Bird Box (2018)

REVISTOS:

The Hobbit: The Desolation of Smaug (2013)
The Hobbit: The Battle of the Five Armies (2014)
Doctor Strange (2016)
Escape Plan (2013)
Inside Out (2015)
The last man on the moon (2014)
First Man (2018)
O Rei Leão (1994)

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.