AUTOBIOGRAFIA EM 5 CAPÍTULOS

Por Portia Nelson

CAPÍTULO 1

Ando pela rua. Há um buraco fundo na calçada. Caio.
Estou perdido, sem esperança. Não é culpa minha.
Leva uma eternidade para eu encontrar a saída.

CAPÍTULO 2

Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada, mas finjo não vê-lo.
Caio nele de novo.
Não posso acreditar que estou no mesmo lugar, mas não é culpa minha.
Ainda assim, leva um tempão para eu sair.

CAPÍTULO 3

Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada.
Vejo que ele está ali. Ainda assim, caio. É um hábito. Meus olhos se abrem.
Sei onde estou. É minha culpa. Saio imediatamente.

CAPÍTULO 4

Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Dou a volta.

CAPÍTULO 5

Ando por outra rua.


Esse poema é encontrado no O Livro Tibetano do Viver e do Morrer, do lama Sogyal Rinpoche, e nos faz refletir sobre o quanto podemos evoluir com nossos erros. Se gostaram, recomendo o filme Feitiço do Tempo, com Bill Murray.

5 6 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.