NO TEMPLO BUDISTA

Fui apenas duas vezes no templo budista Fo Guang Shan de Olinda (Pernambuco). Mas as duas vezes foram “estranhas”. Aquele local tem a propriedade de aumentar minha percepção energética de alguma forma. Da primeira vez que fui senti o ambiente sereno como o de uma montanha, imaculado, e numa curta meditação atingi em 2 minutos um nível de relaxamento que normalmente levo mais de meia hora para alcançar.

Já nesta segunda visita a coisa foi diferente. Primeiro, porque já não se pode ficar sozinho meditando (a menos que você pague 20 reais pra fazer parte do “curso de meditação”), depois, porque tinham acabado de sair uns alunos de um outro curso, então o ambiente estava “sujo”. Então fui ler as plaquinhas com os nomes dos Budas, quando uma coisa incomodou meu braço. Era uma leve pressão, como se um gato estivesse se esfregando. Ao meu lado só tinha um grande tambor chinês. Achei estranhíssimo que aquele tambor emanasse tanta energia a ponto de eu sentir com o braço! Então fui investigar o local com a palma das mãos: Era como um campo de força, mas não ao redor do tambor, apenas numa área bem específica ao lado dele. Dava até pra sentir um calor na palma das mãos. Perguntei a uma garota de lá se o tambor havia sido usado recentemente, e ela disse que não. A madeira também não estava quente… saí de lá intrigado. Que raios poderia ser aquilo??? Alguma “mobília extrafísica”?

3.5 2 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.