PROPORÇÕES

Uma dessas imagens retrata Jupiter, o maior planeta do Sistema Solar. A outra retrata uma frágil bolha de sabão.

É verdadeiro, completo, claro e certo. O que está embaixo é como o que está em cima e o que está em cima é igual ao que está embaixo, para realizar os milagres de uma única coisa. Ao mesmo tempo, as coisas foram e vieram do Um, desse modo as coisas nasceram dessa coisa única por adoção

(Corpus Hermeticum)

No passado achariam nonsense se alguém dissesse que o Ser Humano tem a capacidade de destruir o nosso planeta. Veio a era atômica, e a capacidade de destruir a Terra não uma, mas várias vezes (se isso fosse possível). Já hoje as mudanças ambientais nos mostram que nem é preciso força bruta pra que possamos transformar a paisagem da Terra num deserto árido ou glacial. E, mais recentemente ainda, olhamos para o desolado planeta Marte e comprovamos que ele teve água em estado líquido e, muito provavelmente, Vida.

É irônico pensar que, respeitando-se as escalas, a Terra possa ser tão pequena e frágil quanto uma bolha de sabão, flutuando pela imensidão do Cosmos. Irônico porque, mesmo não tendo outro lugar pra onde ir, nós sujamos e maltratamos essa bolha até o limite, gastamos seus recursos, e ainda nos achamos o centro do Universo, a raça criada e escolhida por Deus pra ser a sua “imagem e semelhança”.

Deus… é incrível como nesse planetinha possam existir tantos Deuses, e muitos deles são “únicos”, o “Verdadeiro” Deus. E que as pessoas se matem, briguem e discutam em nome Dele.

Obrigado, Duanne!

Referência:
O Franco Atirador: O que está em cima e o que está embaixo

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
42 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.