PRE-CONCEITOS: VONTADE DE DEUS?

O Ateísmo/Agnosticismo de qualidade pode ser tão bom quanto qualquer boa filosofia, seja ela religiosa ou não. O Ateísmo destrutivo, que visa tão-somente ridicularizar os não-ateus e pregar que o seu “não-Deus” é a verdade e que todos os outros estão errados é um saco, e a pessoa não se torna em nada diferente de um fanático (insira-aqui-a-sua-religião). A filosofia por trás do ateísmo, por outro lado, na verdade pode acabar ironicamente AJUDANDO e muito na organização de idéias espiritualistas, pois a religião busca re-ligar o Homem a Deus, mas também aos outros Homens. E conhecendo aos outros podemos conhecer mais a nós mesmos! Afinal, nos círculos esotéricos não vemos que foi por isso que Deus resolveu nos criar? Pra “se ver”/se reconhecer “de fora”?

O vídeo abaixo nos traz questionamentos com humor. Ter medo dos questionamentos é sinal de que as idéias que você tenha, seja quais foram, não estão realmente integradas ao seu ser, apenas aceitas sem reflexão. O “e se?” não é pra ser automaticamente aceito, apenas contemplado. Não é uma idéia que precisa subjugar outra idéia. É aí que está o erro dos ateus fanáticos, assim como o de qualquer fanático.

Nossos livros sagrados são muito interessantes, trazem mensagens inspiradas que MERECEM ser divulgadas, debatidas, implantadas em nossa sociedade. Mas também trazem muita coisa mesquinha de um tempo em que se olhava mais para o próprio umbigo (às vezes até por questão de sobrevivência). Como separar o joio do trigo? Cada um vai fazer um apanhado do que é certo ou errado ou vão seguir apenas o que lhe interessam nos livros? Bem, de certa forma fazemos isso quando trabalhamos (ou mesmo ligamos o fogão) no sábado, ou usamos roupa de polyester. É interessante notar que não vemos fanáticos israelenses matando outras pessoas por trabalharem no sábado. Parecem ter mais juízo que os radicais islâmicos, que matam seu próprio povo (e outros povos) por coisas escritas num livro sagrado. Se chegamos num ponto em que muitos dos mais fiéis seguidores de religiões têm algum juízo em deixar certas coisas de lado, por que não podemos avançar mais nesse quesito? Por que a perseguição contra homossexuais, em pleno século 21, em plena campanha pra o cargo mais importante de um país??

Será que quando seguimos esses julgamentos baseados em livros sagrados estamos seguindo a vontade de Deus ou de alguém que quis impor um tipo de controle social ou cultural e viu aí a oportunidade perfeita?

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
165 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.