LIBERTAÇÃO

Para a sabedoria divina, tão infortunado é o pastor que perdeu o seu rebanho, quanto a ovelha que perdeu o pastor. A desistência de ajudar é tão escura quanto o relaxamento de extraviar-se.

O egoísmo conseguirá criar um oásis, mas nunca edificará um continente.

Ajuda, antes de procurares auxílio.
Compreende, sem exigir compreensão imediata.
Desculpa os outros, sem desculpar a ti mesmo.
Ampara, sem a intenção de ser amparado.
Dá, sem o propósito de receber.
Não persigas o respeito humano que te faça aparecer melhor do que és, mas busca, em todo o tempo e lugar, a bênção divina na aprovação da própria consciência.
Desconfie das palavras que te lisonjeiem a fantasiosa superioridade pessoal ou que te inclinem à dureza de coração.

Ao duvidar de Deus, se pergunte:
Já auxiliastes os companheiros de caminho evolutivo com a intensidade e a eficiência com que pretendeis ser ajudado?
Que boas obras já efetuastes a fim de rogardes novos recursos do Céu?
Acreditais, porventura, que o lavrador recolherá sem plantar?

Ninguém se aquecerá ao Sol Divino sem antes abrir o próprio coração às correntes da Luz Eterna.

Não acredites que um golpe possa desaparecer com outro golpe. Não se cura a ferida, aprofundando o sulco da carne em sangue. A cicatriz abençoada surge sempre à custa de enfermagem, remédio ou retificação, com ascendentes de amor.

Libertação; André Luiz / Chico Xavier

5 1 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.