OS LANTERNAS VERDES

“No dia mais claro, na noite mais densa, o mal sucumbirá ante a minha presença. Aquele que segue o mal tudo perde diante do meu poder: a luz do Lanterna Verde”.

Juramento dos Lanternas Verdes

A origem

A origem dos Lanternas Verdes é tão antiga quanto o tempo. Começa com os Guardiões, seres que são os mantenedores da Harmonia Cósmica. Do Planeta OA (também conhecido por Bateria Central) parte a energia do Logos para todo o Universo. Cada Lanterna Verde é um canalizador e irradiador desta energia, concentrando-a no anel que carrega consigo em sua destra. Assim, o Lanterna irradia uma poderosa onda de luz na frequência verde, e pode então moldar as propriedades desta onda com o poder da intenção.

O primeiro representante dos Lanternas foi Alan Scott, em 1950. Quase nada se sabia a respeito deste poder. Foi só em 1960 que Hal Jordan foi contactado pelo Mestre Abin Sur e aprendeu sobre a origem desta energia. Descobriu também que nosso planeta – classificado como o Setor 2814 – é o que inspira mais cuidados por parte dos Guardiões, graças a sua terrível polarização de forças que, se mantida sem controle, poderá afetar o equilíbrio de outros Orbes.

O símbolo

O símbolo sagrado

Para os não-iniciados, o símbolo dos Lanternas tem a aparência de um inocente candeeiro antigo, do tipo que se usavam nas carruagens inglesas para iluminar o caminho. Assim, diz-se que ele ilumina o caminho espiritual do iniciado. Mas, para aquele que SABE, é fácil ver o significado oculto: Os traços horizontais acima e abaixo simbolizam o Céu e a Terra.

Tocando os dois está a roda, que simboliza o Samsara, o eterno ciclo da vida, a causalidade; também evoca o Uroboros (a serpente que come a própria cauda) e o círculo vazio do Zen (a perfeição e a transição da vida para a morte). Assim, cada Lanterna é o responsável pela manutenção do ciclo causal, um Senhor do Karma.

Um destemido Lanterna Verde

Por que verde?

A energia verde está sob a égide do Mestre Hilarion, da Fraternidade Branca. É o raio da cura e da verdade. Na cura prânica o verde tem propriedade desagregadora, para combater as energias densas. Não é à toa que é usado para o combate ao mal.

A TROPA DOS LANTERNAS VERDES

São mais de 3.600 Lanternas espalhados pelo Universo. Os requerimentos para ser um Lanterna Verde são coragem, dedicação e austeridade acima de tudo. É uma transformação interna necessária para ser um canal da poderosa energia esmeraldina.

Uma vez por ano é realizado secretamente o Torneio das Trevas, quando a Tropa dos Lanternas responsável por este setor se reúne para uma disputa mortal de boliche contra o temível Time Toguro, e onde entra em jogo o destino da humanidade. Os mortais nada sabem, mas devem sua liberdade aos valentes Lanternas Verdes!

Força, Lanternas! Defendam bravamente a Terra contra a ameaça do Time Toguro!!

Referência:
Saiba mais sobre os Lanternas Verdes

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.