INGLATERRA VAI ABRIR SEUS ARQUIVOS DE OVNIS

Seguindo os passos da França, o Ministério da Defesa em Londres pretende abrir seus arquivos secretos pela primeira vez na história para revelar documentos sobre a aparição de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) no país, segundo o jornal inglês The Guardian.

David Clarke, professor de jornalismo da Universidade de Sheffield Hallam (Inglaterra) e autor do livro Flying Saucerers: A Social History of Ufology, declarou que a abertura dos documentos secretos tornará mais difícil que continuem existindo acusações por conspiração do governo: “Quanto mais publicações existirem sobre esses documentos e seu acesso no Arquivo Nacional, pouparemos muito dinheiro, já que atualmente muitos britânicos escrevem às autoridades após ter supostamente visto OVNIs”, disse Clarke, referindo-se a pedidos sob a Lei de Liberdade de Informação.

Os documentos que serão desclassificados pelo Ministério de Defesa em Londres são testemunhos de pessoas que viram OVNIs. Alguns deles de pilotos militares e outros de civis. Uma das aparições foi em Rendlesham Forest, no condado de Suffolk, no verão de 1980, quando um grupo de pessoas avistou um OVNI na forma de um prato redondo.

Ainda de acordo com o The Guardian, esses documentos foram compilados por uma pequena unidade secreta do governo, pertencente aos serviços de Inteligência denominados DI55. Em alguns casos, as autoridades militares decidiram investigar sobre as aparições dos objetos, mas nunca informou publicamente os resultados das pesquisas.

O governo desclassificará de seus arquivos secretos 24 documentos, que incluem informações desde 1967, cada um deles contendo entre 200 e 300 testemunhos de avistamentos como também memorandos do Ministério da Defesa e correspondência militar.

Fonte:
Terra

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.