EXPERIÊNCIAS NO CEPEC

Essa semana fui refazer os cursos do CEPEC (Centro de Pesquisa da Evolução da Consciência) com uns colegas. São palestras teóricas com parte prática de 20 minutos no final. Numa dessas eu quase me projetei, pela segunda vez (a primeira foi há 1 ano). Senti novamente todo o meu corpo balançar, como num terremoto, e minha cabeça ficou pulsando, e sentia alguma coisa passando por debaixo da pele do meu rosto, como se eu fosse o Manimal (ou estivesse contaminado pelo óleo negro de Arquivo X). Fiquei assim uns 5 minutos, mas infelizmente não descolei do corpo. Eu sou desconfiado e fico achando que pode ser indução minha ou de terceiros, já que as técnicas de relaxamento são ministradas pelos coordenadores do curso. Mas aí ontem, último dia do módulo 1, tive uma experiência singular:

No final de uma prática de limpeza dos chakras, a orientadora pediu para a gente imaginar um Sol nos iluminando e revitalizando nossos corpos com seus raios. Ora, o Sol pra mim (e pro resto do mundo, creio eu) tem seus raios amarelos. Eu até fiz um esforcinho para imaginá-lo, com os olhos fechados, mas aí uma luz azulada atravessou minhas pálpebras. Eu sabia que não havia qualquer luz azul na sala, mas, como eu sou desconfiado por natureza, fui abrindo o olho bem devagar. Foi incrível a transição do azul da minha pálpebra para o amarelo-âmbar da sala. Voltei a fechar os olhos e ainda curti a sensação de paz que aquele azul proporcionava. Depois passou. A iluminação continuou a mesma, mas já não era possível ver azul algum. A sensação era a de estar apaixonado, feliz e relaxado. Mas durou por pouco tempo, infelizmente…

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.