DAWKINS, UM DELÍRIO

Digamos que apareça um barbudo de turbante falando que sua missão é converter as pessoas para Deus, generalizando que um “povo sem Deus” não tem moral e é corrupto. E convocando outros religiosos como ele a se unirem em sua luta contra esse estado de coisas. Esse homem seria visto como um louco, um fanático religioso e, considerando o momento em que vivemos, talvez você desejasse que ele estivesse preso.

richard dawkins

Mas, quando este homem tem a barba feita e tem título de cientista, falando exatamente o mesmo que o barbudo acima, mas trocando os lados, ele vende livros. Muito livros. E dá entrevistas nos melhores jornais do mundo. E é respeitado.

Não o conheço, não li seus livros. Mas, pelo teor de sua entrevista ao Estado de SP, pode-se ver claramente o tipo de pessoa que ele é. Richard Dawkins é, na mais lisonjeira expressão que posso usar, uma caricatura de Arnaldo Jabor. Se Jabor fosse um Alfa Romeo, Dawkins seria um Hummer. Ele nem parece britânico; está mais pra o estilo “assessor de George W. Bush”.

De suas obras, li apenas um resumo de O Gene Egoísta, na revista Superinteressante, e confesso que gostei da idéia. De fato, fazemos muitas coisas no automatismo, entregues ao nosso lado animal. Só não sei se ele tenta explicar TUDO com base nessa proposta que, ao meu ver, é apenas modesta. Agora o best seller da moda não é mais O Código da Vinci, e sim Deus, um Delírio, onde Dawkins defende que a fé religiosa (seja qual for a denominação) não é apenas uma ilusão inofensiva, mas um delírio nocivo do qual a sociedade precisa ser curada.

Pela entrevista que li (abaixo), dá pra perceber que esse homem não é alguém não-religioso (não há nada de errado nisso, as pessoas podem ter religião ou não): ele é ANTI-religioso. E passional. E a sociedade não parece achar isso nada demais.

Isso faz meu “sentido de aranha” pipocar. Só pra lembrar, foi a partir da indiferença da sociedade que a Alemanha nazista se tornou ANTI-Judia, porque UM GRUPO era anti-judeu e o povo alemão era, no MÍNIMO, omisso, indiferente, recalcado. Eu sempre uso esse exemplo extremo dos nazistas pra tudo, pois é o ápice do exemplo da maçã podre contaminando o cesto inteiro.

Cada resposta dele parece saída da boca de um Talibã. Dá pra encontrar erros grosseiros em cada uma delas!! Não sei se por falta de conhecimento da matéria que pretende criticar ou por pura maldade. Se o cara pretende meter o pau nas religiões, precisa ter um mínimo de estudo pra criticar. Como eu não li o livro (e, pelo que li abaixo, não fiquei com a MENOR vontade de fazê-lo), me utilizarei das palavras dele na entrevista como base pra escrever uma réplica logo abaixo de cada resposta dele:

Estadão: O sr. argumenta em seu livro que a religião é algo nocivo, que pode levar a guerras, terrorismo e preconceito. A maioria das pessoas religiosas, entretanto, não sai dirigindo carros-bomba por aí. Acreditam em Deus, vão à igreja aos domingos e seguem suas vidas sem problema. A religião é algo intrinsecamente ruim ou apenas quando levada ao extremo?

Dawkins: Nem tudo na religião é ruim, claro que não. A maioria das pessoas comuns, que vão à igreja todo domingo, não levam isso muito a sério – mas uma minoria leva, sim, extremamente a sério. O que eu quero dizer é que são essas pessoas comuns, do dia-a-dia religioso, que doutrinaram todos nós durante a infância de que a fé é uma coisa boa, e que a religião é algo que precisa ser respeitada. Isso cria um ambiente propício para o fundamentalismo, abre caminho para o extremismo.

Acid: Falácia. MUITAS pessoas que vão à igreja todo domingo levam a sério suas religiões, ou sequer iriam (como a maioria dos brasileiros que se dizem católicos mas só botam os pés na igreja quando vão a casamentos). Milhares de anos se passaram com pais ensinando a seus filhos que fé é uma coisa boa, e que a religião é algo que precisa ser respeitada, e não temos sequer um país extremista católico (ou homens-bomba da Sei-Cho-No-Ie, por exemplo). O que abre caminho pra o fundamentalismo é armar até os dentes uma facção de malucos (como os Talibãs) pra se defender de um inimigo em comum e esperar que ela seja dócil após subida ao poder. Parodiando a frase do Papa João Paulo II pra Bush quando de sua “Cruzada”, eu diria: “Deixe a religião fora disso“.

Estadão: Tivemos há pouco um evento trágico no Brasil: um acidente de avião no qual morreram 199 pessoas. Numa situação dessas, a religião, a fé, é o único consolo para muitos parentes das vítimas. Nesse caso, também, o senhor acredita que a religião é uma coisa ruim? Como o senhor lida com as tragédias da vida?

Dawkins: Se tivesse religião, me preocuparia com o Deus que deixou uma coisa dessas acontecer. Você não? Deus sempre leva o crédito pelas coisas boas, mas nunca a culpa pelas coisas ruins. Ele deixou que a tragédia acontecesse! É incrível. Não sei se alguém sobreviveu a esse acidente, mas se for o caso, seria capaz de apostar que alguém disse: “Vejam que maravilhoso, Deus salvou meu filho, minha filha, ou seja lá quem for”. Ninguém parece se dar conta de que esse mesmo Deus deixou todas as outras pessoas morrerem.

Acid: Que visão deturpada de mundo é essa, que o homem se recusa a responder uma pergunta óbvia dessas (do tipo que qualquer pessoa séria diria “sim, MAS…”) e prefere responder com uma visão estereotipada que nem tem relação com a pergunta original??! Que houve com você, Dawkins? Por acaso ocorreu alguma tragédia na sua família e você se revoltou com Deus, assim como Drácula? Esse homem se considera cientista? Espero que não.

Estadão: Não consigo pensar em nenhuma sociedade, do presente ou do passado, que não tenha venerado algum tipo de divindade – seja o Deus Sol, o Deus Vento ou qualquer outro tipo de deus. Será que a religião não faz parte do nosso DNA, que não é algo intrínseco à essência do ser humano?

Dawkins: Acho que você tem razão. Todas as sociedades humanas manifestam algum tipo de religião. Grande número de pessoas é religiosa, mas não todas. Não é algo, portanto, que esteja tão incorporado ao nosso DNA que não sejamos capazes de escapar disso. Muitos de nós escapam, especialmente as pessoas que têm uma educação melhor. Eu diria, sim, que há uma predisposição da mente humana que nos torna vulneráveis à religião, mas não acho que isso esteja embutido em nossos genes.

Acid: Vulneráveis? É uma doença? Isso é científico? “Lamento, mas você contraiu o vírus da religião“. Que palhaçada é essa?

Estadão: Por que contrariar esse instinto?

Dawkins: Bem, nós não fazemos tudo que é natural do ser humano, fazemos? Se fizéssemos, todos nós estaríamos andando pelados por aí. Nossos ancestrais selvagens eram caçadores-coletores, que provavelmente lutavam constantemente entre si, principalmente pelo controle das fêmeas. Não é exatamente o tipo de sociedade na qual gostaríamos de viver hoje. Nós evoluímos muito desde então, ao longo de vários séculos de civilização, e nossa emancipação dos deuses é mais um passo desse processo civilizatório.

Acid: Oh… então os religiosos estão defasados, como o videocassete, o LP, a TV preto-e-branco… E a associação “brilhante” entre a violência pré-histórica contra as fêmeas e a religiosidade? Nada sutil… Será que é mesmo “natural” do ser humano andar pelado por aí? Aqui no Brasil pode até ser, mas o que diria um esquimó? Ou um beduíno? Se cobrir de panos cumpre apenas uma função social ou é natural do ser humano (praticamente um macaco sem pêlos) que procuremos proteger nosso corpo? Esse cara é mesmo considerado um pensador?

Estadão: Charles Darwin não era ateu, era agnóstico (alguém que não crê em Deus, mas não descarta totalmente sua existência). O sr. acha que ele aprovaria seu livro?

Dawkins: Darwin era um homem muito gentil, que se preocupava muito em não ofender seus amigos religiosos. Chegou a dizer que as pessoas não estavam prontas para o ateísmo. Acho que Darwin não ficaria totalmente satisfeito com o meu livro. Acho até que ele concordaria comigo no fundo do seu coração, mas não concordaria em publicar o livro da maneira como eu publiquei.

Acid: Darwin era um cientista, ao contrário de Dawkins. Nota-se o cuidado que Darwin teve quando escreveu nos pés de páginas do manuscrito Origem das Espécies o seguinte: “Nunca escrever que um organismo é superior ou inferior”. Ou seja, ele sabia que cada organismo cumpre seu papel no planeta da melhor forma. Creio até que Darwin, se consultado, diria pra que os humanos se inspirassem na ilha de Galápagos (onde ele esteve para pesquisar precisamente a vida selvagem) e convivessem uns com os outros como os animais dali, que coabitam o lugar sem serem predadores uns dos outros.

Estadão: Quando o sr. prega o fim da religião e coloca a ciência como dona da verdade, essa não é uma posição tão radical quanto a dos fundamentalistas religiosos?

Dawkins: Não acho. Os fundamentalistas acreditam em algo simplesmente porque aquilo está escrito em um livro. Só acredito em alguma coisa com base em evidências, e isso é uma grande diferença. Admito ser passional, veemente, mas apenas sobre assuntos para os quais existem evidências. Não sou passional porque fui criado para acreditar em algo ou porque li aquilo em algum livro sagrado.

Acid: Não, não é uma grande diferença. A ciência já acreditou em muita besteira baseada em “evidências”. Dawkins e o fundamentalista religioso são dois idiotas que acreditam em coisas baseadas em “evidências”. O religioso sente a presença de Deus nas pequenas e grandes coisas e isso é evidência suficiente pra ele, assim como algumas teorias científicas são evidências suficiente pra você, Dawkins. Os maiores religiosos não foram “criados pra acreditar em algo” nem “leram em algum livro sagrado”. Eles são grandes justamente porque romperam com o sistema. Mais uma bola fora pra você, Dawkins, que pelo visto não sabe PN de religião. Em compensação, posso dizer que os norte-americanos são famosos por serem manipulados porque foram “criados para acreditar em algo” ou porque leram / viram na imprensa (o “Livro sagrado” deles).

Querem saber como são criados homens-bomba? Não é numa mesquita, aprendendo sobre o Alcorão, e sim sendo humilhados desde pequenos, sendo espancados ainda crianças (com sadismo) quando protestam contra a ocupação ILEGAL de seu país, sabendo de casos de estupro e morte de menores e de suas famílias, sendo abalroados pelos donos da rua (e donos do seu país), vendo pessoas que você ama sendo mortas a troco de nada, apenas por existirem… sim… Até que algum deles enlouqueça e literalmente exploda… e aí Dawkins vai poder dizer “Viu? Foi em nome de Deus!”

Estadão: Muitas vezes a doutrina religiosa é usada como referência moral, inclusive para impor limites éticos à ciência – como no caso da clonagem e das células-tronco embrionárias. Sem a religião, quem vai regular a ciência? Sem Deus para julgar nossas ações no fim do túnel, quem vai determinar o que é certo e o que é errado?

Dawkins: Jogar fora a religião não significa jogar fora a ética. Ética é algo completamente diferente. Qualquer um que disser que baseia sua ética na religião está quase certamente enganado. Ninguém tira seus conceitos morais da Bíblia, porque isso significaria ser a favor da escravidão, da opressão das mulheres, do apedrejamento de homossexuais etc. O que as pessoas fazem é selecionar versos da Bíblia que as agradam, mas a ética e a moral elas pegam de outro lugar. Muita gente também acredita que sem a religião todos se transformariam em pessoas más, que não haveria nada que lhes impedisse de praticar atos ruins. Se isso é verdade, essas pessoas não são realmente boas. Elas só são boas porque têm medo de serem punidas por Deus, e não acho que essa seja uma forma honrosa de bondade.

Acid: Eu li direito? “Ninguém tira seus conceitos morais da Bíblia (…) a ética e a moral elas pegam de outro lugar”. Pegam de onde, professor Tibúrcio? Dos episódios dos Simpsons? Da educação familiar dos pais ausentes? Onde foi mesmo que eu li que devemos perdoar nossos inimigos? Foi na Revista Caras ou foi na Veja? Essa foi a frase mais estúpida que eu li este ano!! O cara escreve um livro criticando Deus e nem sequer sabe (ou finge que não sabe) o que é a Bíblia! Ele mistura no mesmo saco a filosofia refinada de Jesus com as atrocidades cometidas pelos hebreus pra validar seu ponto de que não tem ética na bíblia. C@R@LHO! Tem alguém aqui que goste desse cara? Porque eu preciso que alguém me diga se ele fala isso a sério ou se ele usa esse argumento no livro!

Estadão: O sr. foi eleito mais de uma vez pela revista britânica Prospect como um do mais importantes intelectuais do planeta. O sr. acha que os cientistas são os novos pensadores, os novos filósofos do mundo moderno?

Dawkins: Acho que a ciência tem, sim, muito a dizer para o mundo, e acho que as pessoas se sentiriam muito mais completas em suas vidas se aprendessem com a ciência. Não só com o conhecimento da ciência, mas com a metodologia do descobrimento científico, que é algo que vale a pena ser seguido.

Acid: Li que a votação foi popular. E como a voz do povo é a voz de Deus… bem… Ok, Dawkins, você me convenceu: Deus não existe.

Estadão: A ciência tem resposta para tudo?

Dawkins: Ainda não, e talvez nunca tenha. Mas, se há algo que a ciência não pode responder, não há nenhuma razão para supor que a religião possa.

Acid: Que tal “qual o sentido da vida?” Ou “por que eu devo agir com solidariedade quando estiver num estado de sobrevivência, o famoso cada um por si?” O que será que os genes dos grandes mártires da fé diriam de seus feitos?

Sabe o que é pior? Dawkins não só é um completo ignorante em termos de religião como também não tem base científica nem pra sustentar seus próprios argumentos. Esse vídeo abaixo mostra bem a enrascada em que ele se mete ao ser questionado a dar algum exemplo de mutação genética ou processo evolucionário que mostre um aumento da informação no genoma:

Richard Dawkins stumped by creationists’ question (RAW FTGE)

Pra quem não sabe inglês: ele não responde. Enrola, enrola, mas não dá nenhum exemplo.
A argumentação dele é tão pífia que poderíamos revertê-la pra questionar a existência do próprio Dawkins! E alguém fez isso com boa dose de ironia:

The Dawkins Delusion (Dr. Terry Tommyrot)

Se quisermos falar um pouco mais sério, poderíamos questionar, com base na alegação de Dawkins de que as pessoas tiram sua ética de algum lugar que não a Bíblia, mas apenas escolhem as passagens que já refletem seu caráter ou escolha: Será que as pessoas que detestam religião não estão usando os argumentos furados de Dawkins apenas porque JÁ tinham essa posição definida de ser ateu e acaba dando um valor maior a Dawkins do que pela sua argumentação? Será que não transferem o mesmo grau de sacralidade que os religiosos dão a seus escritos ao livro de Dawkins? Pensem nisso.

Referência:
Franco-Atirador – O Evangelho segundo São Dawkins;
Réplica ao meu post, do blog “O enigma de Jade”

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
360 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Anônimo
Anônimo
4 março de 2008 10:46 pm

Coringa,

Concordo com vc e espero que o Rafael entenda as suas colocações!

…”faça isso com ‘coração leve’ sem raiva ou ódio”.. como esta

don paulo guakyto francis
don paulo guakyto francis
19 outubro de 2009 3:54 pm

Sempre o velho argumento de que “não leu não pode falar”.
——-
é! pode crer! eu não leio os posts do menino acido&amigos, e vivo dando pitaco nos comentários pois entendo o q os posts dizem só de abrir a pagina e consultar a pineal, ao modo erisiano da coisa! liberdade de expressão é isso ai! é ocmo diz um amigo imaginário na minha cabeça, telefonia e internet atrofiam a telepatia (ele lê muito mcluhan e leva a sério o canadense).

Juliano Costa
Juliano Costa
26 outubro de 2009 2:51 pm

É incrível a necessidade de julgar o ideal religioso baseado na ciência, percebe-se que a liberdade de expressão contra o que foi impetrado historicamente sem provas é coisa de lo”Deus, um delírio” é uma obra magnífica sobre biologia, cultura e religião.
Mas, quem tem orkut não é Cult hehehe.

Juliano Costa
Juliano Costa
26 outubro de 2009 2:56 pm

*louco.

Rafael C. Komatsu
Rafael C. Komatsu
3 novembro de 2009 11:29 pm

A parte boa foi a do “sentido aranha”, que é bom que dispare mesmo. Entretanto, Acid, você erra ao criticar as idéias de um homem sem nem lê-las, limitando-se a um resumo e uma entrevista do Estadão. Aposto que você foi doutrinado pela família (no cristianismo, sem dúvida) e ambiente social; acha que o certo seria opositores tentarem provar uma religião “impossível” ou algo do tipo. Está enganado, a lógica é que cabe aos seus defensores mostrá-la provável antes de tudo. E estamos esperando até hoje, faz uns 5 mil anos… O seu texto é mais um instinto de defesa… Read more »

Débora Reyes
25 maio de 2024 1:22 pm

Excelente respuesta.

Hrckkk
Hrckkk
4 novembro de 2009 2:26 am

Engraçado é ver vocês criticando RD sem nenhum argumento.
È CLARO que ele estudou pra fazer tal afirmações, a prova disso é o reconhecimento que ele tem hoje, tanto pelo povo, quanto pelos estudiosos.

“no god, no prophet, no profits, no leader, no masters
no book of lies…”

Acid
Acid
4 novembro de 2009 2:04 pm

Pois eu sou mais Lula, que não estudou e é muito mais importante que RD, com o reconhecimento de uma nação, de líderes mundiais, e até do Barack Obama… E ainda assim ele fala merda em cima de merda, como a última: a derrota da CPMF prejudicou o povo http://www.folhape.com.br/index.php/edicao-de-hoje/535232-lula-a-derrota-da-cpmf-prejudicou-o-povo Qualquer pessoa que acompanhe a política vai saber refutá-lo, argumentando que coisas como Mensalão, Valerioduto, Caixa 2 do PT e alianças espúrias com Sarney e Collor são as coisas que prejudicam o povo de verdade, mas sempre vão aparecer os babões do PT pra defendê-lo, enquanto boa parte da população… Read more »

Ricardo
Ricardo
4 dezembro de 2009 5:44 pm

É isso aí!!!!! Muuuuito inteligente acreditar numa mentira só por ser agregador social. Pq não ter atitudes inteligentes sem precisar de muletas??? Acid, acid…. vamos sustentar por mais um milênio uma mentira q já matou tanta gente. Sabe qtas pessoas morrem de AIDS na àfrica e não usam camisinha pq a igreja não permite… É isso aí vamos pensar através de uma mentira e não através do bom senso. Mulher só pode andar de saia comprida e não pode cortar o cabelo… Q coisa mais ridícula… e os seguidores desse absurdo nem pensam “será q isso é real??” Não podemos… Read more »

Acid
Acid
4 dezembro de 2009 6:18 pm

Até onde sei vivo num país com liberdade de religião (e nem tanto de expressão). Eu escolho pertencer a uma denominação e seguir suas regras. Crianças nascidas numa religião podem não ter escolha até certa idade, mas qual é a escolha que uma criança tem dentro da casa dos pais (sem falar de religião)? Mas no final das contas vão dar seu jeito, na adolescência. Acho deprimentemente engraçado como demonizam as religiões, culpando-as por todo o nosso fracasso como seres humanos, SE RECUSANDO a olhar os benefícios… Sendo assim, deviam demonizar o sistema financeiro e os partidos políticos, também, não… Read more »

Thiago
Thiago
19 outubro de 2009 3:06 pm

Assim, em primeiro lugar não sou nenhum grande fã do Dawkins… Conheço algumas ideias dele, e estou lendo esse livro Deus, um delírio. Foi como cheguei nesse post pelo google. Criticar o que os outros falam é sempre muito fácil, não importa o assunto que a entrevista fale, você ou qualquer articulado vai ser capaz de montar ‘ofensivas’, e criticar as ideias, com fundamento ou não. Não acho que você possa criticar os estudos do cara apenas por uma entrevista para uma revista. Não vou entrar no assunto de religião, tenho minha cabeça e critico quem queira enfiar goela abaixo… Read more »

Solius
Solius
11 outubro de 2009 2:21 am

O índio se referia aos protestantes, certo. Os outros dois comentários são pueris.

“Se Deus sabe que existe o mal, pode evitá-lo, mas decide não fazê-lo Ele não é ‘Onibondoso'”

É Bom, na medida em que o faz para preservar o livre-arbítrio, cuja existência é melhor do que a ausência do mal que dele pode resultar.

“Realmente… ainda não saiste do matrix.”

E você conseguiu pelo delírio de Dawkins… 🙂

Rafael
Rafael
5 março de 2008 8:02 am

Ok eu compreendo. O indice foi só pra ver a reação do pessoal, eu já sabia que não teria, até porque o site é SIM de cunho religioso, até mesmo no item ”ciencia”. E não vejo problema nisso, confesso que a idéia seria legal, porque gosto desse site, foi aqui que li e vi + ou – como é a kabala judaica entre outros assuntos, porque abrange varias religiões. Eu comentei este post, porque não gostei da AGRECIVIDADE de Acid com Dawkins, mas se é a opinião dele, eu respeito. no meu primeiro comentario eu deixei claro isso, quando disse… Read more »

Rafael
Rafael
5 março de 2008 8:27 am

só um detalhe que eu esqueci…

sem maldade, e sem agressão, é só um pedido…

Voce pode me dar algum exemplo de uma lógica que não é verdadeira?

Vlw

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
5 março de 2008 8:34 am

O amor é cego. Steve Wonder é cego. Logo, Steve Wonder é Deus.

Hoje em dia, os trabalhadores nao tem tempo para nada.
Ja os vagabundos… tem todo o tempo do mundo.
Tempo é dinheiro.
Logo, os vagabundos tem mais dinheiro do que os trabalhadores.

Olim
Olim
5 março de 2008 9:42 am

Beber uma cerveja ao longo de uma semana não te torna um alcoólatra, ENTÃO se vc der o rabo uma vez por semana não te torna um “gayzela” cor-de-rosa.

Ver:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Silogismo

😮

Anônimo
Anônimo
5 março de 2008 1:03 pm

😆

Coringa
Coringa
5 março de 2008 2:38 pm

(…) Já que o pensamento é a manifestação do conhecimento, e que o conhecimento busca a verdade, é preciso estabelecer algumas regras para que essa meta possa ser atingida. Assim, a lógica é o ramo da filosofia que cuida das regras do bem pensar, ou do pensar correto, sendo, portanto, um INSTRUMENTO DO PENSAR. A aprendizagem da lógica não constitui um fim em si. Ela só tem sentido enquanto meio de garantir que nosso pensamento proceda corretamente a fim de chegar a conhecimentos verdadeiros. Podemos, então, dizer que a lógica trata dos ARGUMENTOS, isto é, das conclusões a que chegamos… Read more »

Rafael
Rafael
6 março de 2008 1:29 pm

Ok, só um conselho, cuidado com Wikipedia, qualquer um pode modificar o texto, porque ele não passa por nenhuma fiscalização, eu mesmo posso ir lá e editar, o assunto lógica e colocar que só o eu sei o que é lógica,… Agente tem que conhecer a origem da informação, assim como em qualquer religião, por isso sou a favor do questionamento. Agora eles acertaram mas uma vez eu fui ver a biografia da banda Silver Chair no Wikipedia e estava escrito que a banda é de Seattle sendo que é da Australia…. mas essas lógicas citadas acima não tem evidencias,… Read more »

Coringa
Coringa
6 março de 2008 2:22 pm

Sobre o erro no ensino da pesquisa científica: http://www.espacoacademico.com.br/076/76lima.htm “Todo conhecimento comporta o risco do erro e da ilusão” (Edgard MORIN ) Obs: Prezado Rafael…até a ENCICLOPÉDIA BRITÂNCIA CONTÉM ERROS. E, ao contrário do que vc informou, a Wikipédia possui sim fiscalização. Isto não significa que seja 100% confiável, é óbvio! —– Rafael, vc deveria ter ido nesta palestra. =================================== OS GRANDES ERROS DA CIÊNCIA Esta palestra é uma parceria entre a Livraria Cultura e a revista Scientific American Brasil ( Duetto Editorial), e refere-se a seu número especial – História da Ciência – n° 6 Na atividade científica, errar… Read more »

Acordado
Acordado
11 outubro de 2009 1:45 am

É por isto que o Brasil nao saem do 3º mundo… Como um compatriota vosso diz: ”É inutil tentarmos abrir os olhos do povo Pois se um abre os olhos mil olhos fecham de novo ” Vou so deixar aqui mais algumas frases para vc’s pensarem: “Eles vieram com uma Bíblia e sua religião – roubaram nossa terra, esmagaram nosso espírito… e agora nos dizem que devemos ser agradecidos ao ‘Senhor’ por sermos salvos.” Chefe Pontiac, Chefe Indígena Americano “A ciência está aberta à crítica, que é o oposto da religião. A ciência implora para que você prove que ela… Read more »

Ricardo
Ricardo
4 dezembro de 2009 8:15 am

Pois acho o que ele fala totalmente relevante. Se vc nascesse em um país mulçumano, num bairro mulçumano, em uma família mulçumana, a qual religião vc pertenceria? Se nascesse no meio de uma tribo isolada na selva amazônica, acreditaria que Jesus é filho de Deus, sem nem saber quem é Jesus? Se vc nascesse no Brasil no meio de uma família católica praticante (o q hj em dia é quase uma raridade) vc seria batizado, faria crisma, mas nem saberia o porquê de ser católico. Então religião não passa de costume, senão qual a religião correta (não, não podem estar… Read more »

Acid
Acid
4 dezembro de 2009 10:44 am

É tão, mas tão irônico, que alguém que diga “pense por si só” está tão bitolado no papinho do Dawkins que não consegue perceber que nossas vidas estão IMERSAS em costumes o tempo todo. E que estamos ligados no automático praticamente o tempo todo. Costume de lavar as mãos, tomar banho, escovar os dentes, ir pra escola, pro trabalho. Quantas vezes paramos pra pensar o quanto isso é válido, se é o que queremos, quais as consequências disso? E ainda assim não deixam de ser coisas “boas”, certo? Que há de mal nos costumes como um todo? Que há de… Read more »

Thiago
Thiago
10 março de 2010 5:47 pm

Hã, só ara finalizar…
Quando disse educação quis dizer ir além do português/matemática/ciências. O que chamaria de educação chega até a ética, arte, filosofia pura, música etc…
Nosso modelo de educação é completamente incapaz de formar um cidadão completo.
Hoje vejo o quanto potencial já perdi pelo sistema educacional deturpado ao qual somos expostos.

Quanto ao tal chikung, não faço a mínima idéia do que é. Vou ver se arrumo um tempo para descobrir. De qualquer modo, imagino que não precise necessariamente acreditar nos campos morfológicos de Sheldrake para praticar, nem em Deus do papa Bento…

Thiago
Thiago
10 março de 2010 5:55 pm

À propósito, antes que me sacaneiem muito… Como não achei tradução, coloquei “morphic fields” como “campo morfológico”… não sei se é apropriado…

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
10 março de 2010 6:00 pm

O que falta são trabalhos de outros grupos, dados reprodutíveis e ai passamos a conversar. ——— opa! a autoridade se retira da conversa! 😀 tá vendo thiago, vc é igual ao dawkins. 😀 😀 😀 oq não falta são trabalhos de outros grupos, com grupos de controle e tudo mais. Um pesquisador HONESTO e SÉRIO sabia disso, certo? Na real o q falta é deixar a máscara de ser “aberto” e assumir-se como se realmente é e o verdadeiro objetivo por tras da cortina do discurso. há q veja além do discurso, saca? 😀 só passa a conversar SE tudo… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
10 março de 2010 6:10 pm

O que não quer dizer que acredite no “campo morfológico”, uma vez que não é medido ou avaliado de modo quantitativo. ———- outro exemplo da ação dogmática dos padrecos da ciência comutativa. filho da ciência dos outros, faz assim, vai lá no site de matemática do wolfram, procura pela sessÃo de geometria não comutativa, e começa a estudar oq tem lá (nada). 😀 pega uma garrafinha de klein e tenta dar forma a ela (não tem forma, muito menos de garrafinha). agora para pra entender q toda analise quantitativa passa pela necessidade de convergência, e simetria, e q boa, se… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
10 março de 2010 6:33 pm

O que chamaria de educação chega até a ética, arte, filosofia pura, música etc.. ———- pois é, thiago, os banqueiros, os grandes homens das oligarquias globais tiveram tudo isso, e tão nem ai quando financiam mortes, assassinatos, destruição ecológica, etc pra manter seu bem estar e lucro. só não ve quem tá preso a dogmas. nesse ponto seu argumento de q educação é melhor q religiÃo é prá lá de falho. não? ou é mais um exemplo do povo da “ciência” q só olha pra onde quer, pois seu sistema e crença é maior e mais importante do q os… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
10 março de 2010 6:34 pm

acid acid acid!
vc esqueceu de me avisar q só se pode incorporar um objeto (video) por comentário.
magoei! 😀 😀

Thiago
Thiago
11 março de 2010 9:53 am

1) Sheldrake realmente é verdadeiro e é um estudioso sério. Conferi ontem à noite. Ao contrário do que vc argumenta, fico muito feliz que o seja. É ótimo ver que ainda existe pessoas que trabalham em áreas mal vistas e desprivilegiadas. Real e ótimo que existam estudos nesse sentido. Devemos manter a mente aberta… 2) A minha desconfiança era natural, pois quando ontem disse que “havia descoberto Sheldrake ontem”, não era exagero. De fato, o descobri anteontem! 3) Quanto aos seus argumentos, não vejo sentido neles! Vc está usando uma série de palavreados jogados e usando a ciência para segar…… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 10:02 am

Por fim, a ciência não é dogmática. Ela parte de princípios que podem ser revistos. Algo bem diferente da religão. Quanto aos princípios, sempre temos que partir de algum lugar, mas a revião dos conceitos, consequencoias e príncipios é que constituem a formação de conhecimento.
Até mais pessoas…

Thiago
Thiago
11 março de 2010 10:21 am

Aliás, não sei por que vc colocou tanta coisa por ai… O assunto desviou totalmente do foco, que era o livro “Deus: um delírio” e passou a tratar de todas as opiniões pessoais de Dawkins e sua tendência natural a arrogância e a achar que está sempre certo. Saiu das críticas às loucuras religiosas e foi tratar do metabolismo e dos “morph fields”, coisas que desde o início deixei claro que não entendia. Saiu das críticas ao livro de Dawkins e sua importância e passou a alimentar questionamentos individuais. Mais importante, passou a não mais destacar a importância em conhecer… Read more »

Thiago
Thiago
10 março de 2010 5:36 pm

OK. Como disse, Dawkins é mais agressivo do que eu mesmo gostaria. Mas essa história de idolatrar um cara é pura idiotice. Esse não era meu objetivo no texto. O fato é que o livro dele é sim muito bom, ele é um pensador sério, é corajoso por “sair do armário” e não acho que é demagogia, uma vez que não acho que ele faça para si promover. O livro trata muito bem temas religiosos sob os olhos inexoráveis da ciência. Agora, o Dawkins em entrevistas e etc é outra coisa. O fato é que a posição cética é a… Read more »

timóteo pinto - o papa pateta
timóteo pinto - o papa pateta
10 março de 2010 12:03 pm

thiago: Ele poderia se recuperar com educação, emprego e oportunidades. —— thiago, vc tá sendo utópico ai, vá ver as estatisticas pra ver q isso ai é mínimo, mas, como budismo num é religião “per se” :D, experimenta esse texto q mostra o efeito pratico e biológico q uma técnica oriental pode ter dentro de um serzinho cheio de criminalidade: h t t p : / / anoitan.wordpress.com/2010/03/04/tempo-de-espera-tempo-de-vipassana-–-by-“zanofu”/ —— thiago: Além disso, vamos ser sinceros, está cheio de ladrões em muitas igrejas, então não sei até quanto ela realmente tem chances de recuperar alguém sem os demais fatores: educação, oportunidades… Read more »

Tchelo
Tchelo
13 janeiro de 2010 12:32 pm

O SR dono deste blog é um completo imbecil que tomaria uma lição de Richard Dawkins em qualquer debate com ele. Assim como o jornalista do Estadão tomou.

Cristiani
Cristiani
19 fevereiro de 2010 4:11 pm

Esse cara é um idiota completo, e realmente como disse nosso amigo aqui em cima, ia tomar um surra de argumentos numa discussão cara a cara.. Realmente ele é o maior cientista da atualidade, o dono desse blog deveria ler o livro, e iria perceber que ele tem mais conhecimento sobre sua religião do que ele próprio..
Ah, “a mulher dele foi partida ao meio por um urso no cio”….
depois disso ele ainda quer ter razão?

neutrinos sonolentos
neutrinos sonolentos
19 fevereiro de 2010 5:32 pm

Os que defendem esse vigarista deveriam guardar esses adjetivos e comentários aparvalhados para si. Dawkins já está enterrado neste espaço.

Acid, você viu esse lamentável e vergonhoso comportamento do Dawkins diante do Sheldrake? Veja a atitude “científica” do “maior cientista da atualidade” (atributo que, vale dizer, é uma baita ofensa à comunidade) por trás das câmeras:

http://neoateismodelirio.wordpress.com/2009/12/13/dawkins-foge-de-falar-em-evidencias-ao-se-encontrar-com-rupert-sheldrake/

José
José
6 março de 2010 1:57 pm

Você não leu Dawkins, seus argumentos são inválidos.

Você diz coisas que não fazem sentido nenhum.

Você Dawkins sabe como você pensa e você não tem idéia de como ele pensa.

Cada comentário seu após as respostas de Dawkins são, com todo respeito, fraquíssimos.

E uma pergunta ao senhor, você já leu a bíblia?

Thiago
Thiago
10 março de 2010 11:04 am

Deve fazer tempo que vc escreveu isso, mas só vi agora, então ai vai… Vc argumenta que se deve conhecer para criticar, então leia “Deus, um delírio”. Está fazendo o que diz para as pessoas não fazerem. O que ele fala em somos ensinados a “respeitar a religião” não quer dizer que devemos desrespeitar religiosos, mas que religião é sim algo para ser discutido, como fazemos com política, sociedade, comportamento etc… O que ele se refere é ao que poderíamos chamar de “respeito demasiado”. A posição dele não é radical, é a posição de alguém racional que defende a não… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
10 março de 2010 7:07 pm

Afinal, nisso concordo com Dawkins: “afirmações extraordinárias exigem evidências extraordinárias”. ———- e quem MEDE as evidências, thiago? sua ciência presa ao anel comutativo e a convergencia de tudo à paridade dogmática? não é tão simplista assim. Mas mesmo assim a frase vale pros dois lados. e, bom, o sheldrake não é fake, vá lá estuda-lo, por mais q talvez, em defesa de dawkins, vc precise desejar q fosse. 🙂 e dawkins é demagogo e se ele é “outra pessoa” nas entrevistas, então pior ainda, tá se auto-promovendo. pesquise pelo “quantum jazz” da dra. mae-wan ho tb. O instituto isis dela… Read more »

Thiago
Thiago
10 março de 2010 11:26 am

Vc disse: “Acho deprimentemente engraçado como demonizam as religiões, culpando-as por todo o nosso fracasso como seres humanos, SE RECUSANDO a olhar os benefícios… Sendo assim, deviam demonizar o sistema financeiro e os partidos políticos,…” Não acho que ninguém culpe a religião por tudo, nem mesmo Dawkins. Ela apenas é um forte fator… Obviamente existem muitas outras coisas na estrutura social, política e econômica. Sinceramente, não sei dos benefícios tão grandiosos da religião. Quanto ao bandido… Ele poderia se recuperar com educação, emprego e oportunidades. Além disso, vamos ser sinceros, está cheio de ladrões em muitas igrejas, então não sei… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
11 março de 2010 12:25 pm

3) Quanto aos seus argumentos, não vejo sentido neles! Vc está usando uma série de palavreados jogados e usando a ciência para segar… É similar a jogar uma integral complexa em um quadro negro e dizer: “está ai a minha prova, se vc não sabe resolver vc está errado! Nem brinco mais até vc estudar, menino levado!” O mínimo necessário era vc usar o mesmo tom educado que usou antes. ——- hey thiago, não tem problema vc não entender. comece por aqui: http://www.alainconnes.org/en/ mas simplificando mais uma vez. 1.qual é o principal “dogma” matemático? anel comutativo. 2.o q é o… Read more »

Aleixo
Aleixo
27 novembro de 2007 2:05 pm

Legal a atitude do papa. Mostrou que ele não é esse fundamentalista que certas pessoas falam. Acertou nessa. Sobre o criacionismo, é forçado, cara, vc já viu o que eles acreditam? Que o mundo foi criado em 6 dias (literalmente) e tal…

guto
guto
2 dezembro de 2007 5:07 pm

Os comentarios sobre a entrevista sao a a coisa mais sem noção que ja li na minha vida, o RD é um ignorante? isso nossa tão por fora mesmo…
elf – novembro 30, 2007 10:56 PM
===================
talvez não tanto assim:

Expelled: No Intelligence Allowed
http://www.youtube.com/watch?v=iV8sN1UngFY

video.google.com/videoplay?docid=-6485580088897217945
BBC – Horizon – A War On Science (God vs Science) [2006]

Michael Cremo – ‘arqueologia proibida’
http://video.google.com/videoplay?docid=-2895087993533041198&q=michael+cremo&total=42&start=0&num=10&so=0&type=search&plindex=0

Pastor Claudio dos Santos
Pastor Claudio dos Santos
28 dezembro de 2007 10:58 am

Eu acredito no Bule Sagrado…. ele é um Deus para mim…. Amém meu grande senhor…. Eu devo minha vida á voce meu adorado… Vou rezar até o senhor me dar o seu café sagrado… Beberei dele e viverei liberto das maldades… Aleluia… Ele é real! Igreja de adoração ao Bule Sagrado. Estamos na rua Minas Gerais, 432 – Bairro Itaubinha, Caciúna – Pernambuco. Cultos de segunda a Domingo 19:00hrs Lema de nossa congregação! Se eu sugerisse que entre Terra e Marte há um bule de chá da China a rodar à volta do Sol viajando numa órbita elíptica, ninguém o… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
28 dezembro de 2007 11:32 am

Eu posso conviver muito bem com a idéia de um bule sagrado no espaço. Desde que ele não ensine seus seguidores que só deve haver um bule e todos os outros devem ser destruídos/perseguidos. E você? Como encara a diversidade de crenças e pensamentos?

tiza
tiza
28 dezembro de 2007 12:01 pm

“31/8/2007 ” e amigos outros (fica difícil colocar o nome de todos ….);
_Por que estão saindo da matrix , se tudo em que acreditam tem que ter por base suas confirmações e provas científicas no limitado CONHECER da mesma ?

Coringa
Coringa
28 dezembro de 2007 1:21 pm

Prezado ‘Pastor’…o que Bertrand Russell quis dizer é o seguinte: não acredite em tudo que lhe SUGEREM ou em qualquer LIVRO que lhe apresentem como ‘sagrado’….
O mesmo vale para os BULES (seja de café ou de chá), ok? rs
___________________________________

…mas Tiza, o que vc sugere então?

Coringa
Coringa
28 dezembro de 2007 1:27 pm

…mas o incrível, é que esta seita do BULE, existe mesmo!

http://www.picarelli.com.br/fotolegendas/fotolegenda072005i.htm

tiza
tiza
28 dezembro de 2007 3:34 pm

cORINGA ,Acabei de deletar minha longa continuação COM UMA SÓ TECLADINHA ERRADA.. Paciência! Havia colocado várias afirmações de grandes mentes mundiais ,valorizando a intuição , a fé, a imaginação a percepção , o insight, a inspiração , o vislumbre do infinito no momento de uma descoberta ; todas bem cientes do DIVINO, para que não parecesse posição pessoal ignorante. No fundo e no raso ,o que queria dizer é que cada um deve crer naquilo que se mostra claro e eficaz, a sua carta coringa personalizada para seu crescimento espiritual para o BEM (abandono do ego ), sintonizado com a… Read more »

Rafael
Rafael
28 fevereiro de 2008 1:03 pm

Hoje chegou o fim desse site pra mim, não acredito que em um site que encontramos tantas coisas racionais e justas encontramos alguem como Acid, que não leu as obras de Dawkins, se basiou numa entrevista e concluiu tanta bosta, fico triste por isso, sei que é um problema meu, mas a partir de hoje 28/02/2008, não entro mais nesse site, sou agnostico mas sei o preconceito que os ateus sofrem, e ainda Acid diz ”não tenho nada contra ateus” e pensa que ateus aceita tudo que ouvem igual os religiosos. Amigos, cuidado, a religião não existe só no Brasil,… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
28 fevereiro de 2008 1:15 pm

Como vc não vai ler, eu nem deveria responder, mas fica aqui pra outros: Ora, se na entrevista em que defende o livro Dawkins só consegue passar a imagem de um “Talibã da ciência” (apropriando-se de uma visão particular da ciência como os radicais muçulmanos o fazem com sua visão particular do islã) então o que devo pensar do livro? Pra sua infelicidade, eu folheei o livro e não encontrei nada melhor do que a entrevista. E li várias críticas ao livro, de quem o leu. Ou seja, a teoria de que “eu não li e não posso julgar” vai… Read more »

elf
elf
30 novembro de 2007 10:56 pm

Os comentarios sobre a entrevista sao a a coisa mais sem noção que ja li na minha vida, o RD é um ignorante? isso nossa tão por fora mesmo…

Mcnaught
Mcnaught
29 novembro de 2007 8:14 am

Para as pessoas que acham ruim falar do Dawkins. Canalizem suas forças e revolta, criem sites e comunidades no orkut contra esse livro: O delírio de Dawkins.

“Alister McGrath (Universidade de Oxford) analisa as conclusões do livro Deus, um delírio e desmantela o argumento de que a ciência deve levar ao ateísmo. McGrath demonstra como Richard Dawkins abandonou sua usual racionalidade para abraçar o amargo e dogmático manifesto do ateísmo fundamentalista.´´
— Francis Collins, Diretor do Projeto Genoma

Fórum com opiniões. O livro. O primeiro capitulo para quem quiser ler. Os autores e etc…

http://www.mundocristao.com.br/odelirio/

Olim
Olim
27 novembro de 2007 2:27 pm

Acho que a teoria da evolução das espécies tem uma certa lógica durante alguns certos períodos de tempo de nossa cronologia, bem como da mesma forma a da origem de universo MATERIAL…Mas que ela seja a única aceitável é muito forte. Acho, ainda, que existiram/existem outras intervenções no nosso processo evolutivo. Intervenções essas alheias ao nosso planeta, não somente materiais(evolução e adaptação físicas), como também espirituais. O interessante é que a Fé pode ser manipulada deste modo, principalmente se estiver “orientada” à fé católica. Porque a dita fé católica, através de seu fabricador de fé, o papa, não ampara em… Read more »

Coringa
Coringa
27 novembro de 2007 3:32 pm

Colin Patterson é o paleontólogo “sênior” do Museu Americano de História Natural (American Museum of Natural History) e é também o autor dos textos gerais a respeito da evolução, segundo Darwin, para o dito museu. Este estabelecimento o encarregou de dar uma palestra tendo como tema o criacionismo e a evolução comparados. O paleontólogo caracterizou em ambos uma “vacuidade de conceitos científicos”. “Todos os conceitos, segundo ele, se estruturam primariamente, apenas baseados na fé” Patterson sugeriu que ambas, tanto a evolução quanto a criação são formas de pseudo conhecimento, conceitos que parecem fornecer informação, mas nada fornecem. Um ponto da… Read more »

Coringa
Coringa
27 novembro de 2007 3:20 pm

“Cientista questiona teoria da criação da vida de Darwin”
“Apesar dos avanços da ciência, a explicação para o surgimento da vida ainda não foi encontrada.”

Fonte:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2006/02/060213_darwinpondtp.shtml

Coringa
Coringa
27 novembro de 2007 3:27 pm

Indicação de livro:

” Arqueologia Proibida: A História Secreta Da Raça Humana”

By Michael A. Cremo and Richard L. Thompson Published by BBT Science Books, 1996. ISBN: 0-89213-294-9. Hardbound, 952 pages.

Comentário:
http://www.jornalinfinito.com.br/series.asp?cod=95

wuming bey
wuming bey
27 novembro de 2007 4:29 pm

Indicação de livro: ” Arqueologia Proibida: A História Secreta Da Raça Humana” ————— excelente livro. nem sabia q tinha em portugues já! o cremo é devoto de krshna e prega o oposto da evolução! 😀 a involução… e MOSTRA FATOS pra demonstrar sua teoria… não creio, como bom taoísta e amante dos taoístas gregos (os pré-socráticos descritos pelo Peter Kingsley) nem em evolução ou involução, mas os fatos que ele joga mostra realmente q não sabemos nada enquanto não paramos pra sentir os cinco sentidos ao mesmo tempo e ouvir a voz da deusa afrodite (yang) e persefone (yin’g) no… Read more »

Bono
Bono
28 novembro de 2007 2:18 pm

O interessante é que a Fé pode ser manipulada deste modo, principalmente se estiver “orientada” à fé católica. Você não está falando de fé, está falando de acreditar. Existe um diferença grande entre ter fé e acreditar. Fé parece mais com coragem doque com acreditar. De maneira nenhuma oque as pessoas chamam de fé é fé, porque elas são motivadas pelo medo, todas as bases dessa fé estão no medo, ou no melhor caso a pessoa simplesmente finge acreditar, com um pensamento do tipo: Se tanta gente acredita devem estar certos, por via das dúvidas vou começar a acreditar também;… Read more »

Matheus
Matheus
28 novembro de 2007 5:19 pm

Nossa, nem li todos comentários, mas gostaria de expor minha opinião… Esse artigo é simplesmente pífio, criticar Dawkins (que conhece a Biblia de trás pra frente) por não ter embasamento no que defende, é no minimo manchar a reputação como colunista. Pior, criticar veementemente do jeito que criticou, sem ao menos ler um livro do autor é prova de que é um artigo tendencioso, ou ignorante, pois os contra-argumentos são fraquissimos. Lamentavel!

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
28 novembro de 2007 5:33 pm

Uma pessoa que critica a falta de leitura prévia antes de criticar e inicia um comentário dizendo que não leu os comentários anteriores… tsc tsc

Ao menos eu li a entrevista do Dawkins, e nela transparece como água que ele não CONHECE a Bíblia e não a conheceria mesmo que ele fosse obrigado a decorá-la de trás pra frente.

Olim
Olim
28 novembro de 2007 9:12 pm

Isso mostra claramente que o conhecimento elocubrado pode estar muito afastado da essência.

Conhecer bem a Bíblia de trás para a frente não é condição única para se viver e compreender a essência da mensagem nela contida.

Tanto estudo, tanto conhecimento… Um mar de conhecimento com um centímetro de profundidade.

Não é preciso ter tantos diplomas e “conhecimento de causa”(phD, mestrado, doutorado, inúmeras obras escritas…) para se poder afirmar o que algo seja ou deixe de ser.

Coringa
Coringa
28 fevereiro de 2008 2:41 pm

A revista Superinteressante classificou bem o cara:

“O AIATOLÁ DOS ATEUS”
=====================================
Tenta suprimir a ‘ÁGUA’ da vida das pessoas, achando que somente o ‘AR’ será suficiente para mantê-las ‘vivas’!

Fausto
Fausto
28 fevereiro de 2008 2:58 pm

Muitos dos ateus são muito mais cristãos do que aqueles que se dizem, pois a sua religiosidade não depende de mitos, imagens e regras das igrejas.

Coringa
Coringa
28 fevereiro de 2008 3:51 pm

Concordo com vc Fausto!

Alexandre Anello
Alexandre Anello
1 março de 2008 12:56 am

Cara, como você tem coragem de dizer que “foi a partir da indiferença da sociedade que a Alemanha nazista se tornou ANTI-Judia, porque UM GRUPO era anti-judeu e o povo alemão era, no máximo, omisso, indiferente, recalcado. Eu sempre uso esse exemplo extremo dos nazistas pra tudo, pois é o ápice do exemplo da maçã podre contaminando o cesto inteiro.”? Só se o nome desse “GRUPO” for “TODOS OS CRISTÃOS”, já que é público e notório que os nazistas eram cristãos. Você faltou a essa aula de História? Sugiro que você tente controlar sua fúria religiosa antes que te acusem… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
1 março de 2008 1:19 am

Seu professor de história foi o Dawkins? Quer dizer que ser batizado e usar um cinto com a inscrição “Deus é por nós” faz automaticamente dos nazistas cristãos? Hitler era declaradamente (externamente, em discursos) cristão, mas alimentava o sonho de enforcar o Papa na Praça de São Pedro, no Vaticano. Seria ele cristão, mesmo? Você acredita em Papai Noel? Já foi na wikipedia? Tem lá uma frase de Hitler onde ele diz que o islamismo seria mais compativel com o nazismo do que o cristianismo. Isso faz dele um “Terrorista Islâmico” enrustido? Na sua lógica, talvez. Eixo do maaaaal!! É… Read more »

Coringa
Coringa
1 março de 2008 1:52 pm

Quando o sujeito é mal intencionado e ainda radical não tem jeito. É um tipo de ‘vandalismo’. O primeiro usa a ridícula ‘lógica da negação’ para tentar impor suas particularíssimas “crenças”, o segundo usa a ‘lógica da generalização’ com o mesmo intuito. E como foi dito anteriormente, isto depõe contra a própria pessoa que fez a postagem. Descobri até que este grupelho tem ‘aulinhas’ de lógica (na própria internet) pra tentar influenciar outros às suas ‘crenças’. Quanto ao caráter desta turma, nem precisa dizer nada, de tão óbvio. E olha Acid, se encher o saco, tira o texto mesmo, vc… Read more »

Rafael
Rafael
3 março de 2008 10:48 am

Eu já sabia que iriam apelar, me falaram da falta de respeito, e eu respeitei, fui bem educado mas não foi isso que recebi em troca, falaram até do meu carater. Por isso não acredito na biblia, como Deus pode ser feito da imagem e semelhança do homem sendo que o homem é assim tão hipócrita, apela para impor suas idéias, e quem não tem a mesma opinião não tem carater. Coitado de Deus, se eu fosse ele teria vergonha de ser a imagem e semelhança o homem… Bom Acid, espero que pelo menos voce, que eu sempre achei um… Read more »

Coringa
Coringa
3 março de 2008 3:05 pm

Rafael, POR FAVOR(!), não se faça de ‘vítima’, e tenha mais CUIDADO com a ‘lógica’ que usa em seus comentários e com as próprias palavras que utiliza, porque estão um pouco aquém da ‘educação’ que vc mesmo exige para si. Aliás, foi nítida a forma ‘induzida’ com que vc direcionou o diálogo para – conforme agora confirmado – vc chegar à ‘conclusão’ de que ‘de fato’ existe preconceito…ora meu amigo, não subestime a inteligência alheia nem superestime a sua própria. E como é que vc conclui, que aqueles que fizeram ‘outros’ comentários são vinculado ou tem alguma religião?? Sinceramente, acho… Read more »

Rafael
Rafael
4 março de 2008 7:36 am

Ok e como posso saber, ou melhor, que lógica eu uso, Sr. maturidade, para saber que essas pessoas que comentaram são atéias?? a lógica não está errada, até agora ninguem mais falou sobre o indice agnostico ou ateu, fico triste em saber que passei quatro anos numa faculdade estudando filosofia, para chegar aki, falar o que eu penso, daí me chamam de mau educado, então manero nas palavras e sou chamado de louco, e quando EU reclamo me chamam de vítima. Por isso penso que são pessoas religiosas, porque é exatamente o que pessoas fanaticas faz com outras religiões. Para… Read more »

Lucas
Lucas
4 março de 2008 7:56 am

o que faz voce pensar que voces não tem preconceito?? um bom assunto…
quem nao tem um pouco?

Mcnaught
Mcnaught
4 março de 2008 8:06 am

Olá Rafael. São mais de 220 comentarios nesse post. O que ocorreu por aqui, e, ocorre em outros blogs com o assunto “Dawkins´´ são “birras´´ que uma pessoa pega com a outra. Aham, apenas isso “birra.´´ Culpa do ego, talvez. Mas, no fim meu camarada, são pessoas defendendo com unhas e dentes “o seu ponto de vista.´´ E é muito difícil alguém dar o braço a torcer quando faz tal defesa. Por isso, digo ego talvez, ou apenas birra, o que não deixa de dar no mesmo rs. Dizem que eu sou uma pessoa que não contribui pra nada rs.… Read more »

Rafael
Rafael
4 março de 2008 3:33 pm

Concordo com voce meu caro Mcnaught, eu só não gosto de conformismo e nem dogmatismo, são duas coisas interligadas que me arrepia só de pensar, mas eu preciso a aprender a respeitar isso nos outros, acima do seu post o Lucas diz que todo mundo tem um pouco de preconceito, isso é conformismo, podemos deixar pra lá e continuar a ter preconceito, ou podemos conhecer melhor os outros e saná-los, eu descuto com outras pessoas afim de que elas me fassam entender porque é melhor se conformar, ao invés de questionar, já que nós nos consideramos racionais devemos ser racionais,… Read more »

Coringa
Coringa
1 março de 2008 12:28 am

não sei dizer se é ‘off topic’ ou não =================================== “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada… Read more »

Marcos
Marcos
29 fevereiro de 2008 7:36 pm

ah tá…agora o cara vai ter que fazer um índice de A a Z só pra agradar os paranóicos e pentelhos de plantão??

Então, se NÃO houver no índice algo sobre judaísmo o cara é anti-semita….se NÃO houver sobre cristianismo o cara é anti-cristão, se não não se falar sobre a África o cara é racista, etc, etc, etc, etc…

Cara, vai procurar tua praia, e para de falar bobagens, pq essa “lógica” SAFADA que vc utiliza depõe CONTRA VOCÊ, TUA INTENÇÃO e TEU CARÁTER!

Coringa
Coringa
28 fevereiro de 2008 3:58 pm

A fé não é a hipocrisia em adoração a rituais vazios ou a credulidade estúpida da ignorância maravilhada.
A fé é a consciência e a confiança do amor.

A fé não é o isolamento de todo o amor humano para servir a Deus, pois diz o apóstolo João: “Se ele não ama ao próximo que vê, como amará a Deus que não vê?”

A fé é um sentimento comum a toda humanidade…a Sagrada HUMANIDADE!

Anônimo
Anônimo
28 fevereiro de 2008 4:54 pm

Rafael, que agressividade e arrogância a sua!
Não é todo livro que precisa ser totalmente lido para que se tenha uma boa idéia do seu conteúdo, principalmente, quando se trata de um leitor inteligente!
Não gostei do seu modo de escrever. Existem palavras mais suaves …” que não leu as obras de Dawkins, se basiou numa entrevista e concluiu tanta BOSTA, …”

Rafael
Rafael
28 fevereiro de 2008 11:05 pm

Pessoal, não é arrogancia, eu recomendo que voces leiam o livro Auto-Engano de Eduardo Gianetti, ou como disseram que entendem o livro apenas folheando, leiam a parte que diz ”conhecimento por familiaridade e conhecimento por objetividade” eu conheço Dawkins por objetividade porque alem de ter lido o livro e outros artigos e entrevista dele, eu pesquisei sua biografia, assim como fiz com Gianetti quando li auto-engano, lendo a Historia, a experiencia e o ambiente em que a pessoal foi criada, podemos entende-la esse é o conhecimento por objetividade, o que voces conhecem Dawkins e por familiaridade, tomem cuidado com a… Read more »

Coringa
Coringa
29 fevereiro de 2008 1:55 am

A impressão que me passa, pelo que li até agora sobre Dawkins, é que lhe falta, no mínimo, uma certa ‘RESPONSABILIDADE’ no falar. Achei este texto muito ‘representativo’ das ‘confusões’ em que Dawkins costuma se meter, quando envolve o tema ‘religião’: =================================== “(…) o autor da teoria da relatividade formulava assim seu conceito de Deus: “Acredito no Deus de Espinosa, que se revela na harmonia bem-ordenada de tudo o que existe; mas não acredito num Deus que se ocupe com o destino e as ações da humanidade” (p. 399). Dawkins cita esta última frase e relativiza as afirmações mais religiosas… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
29 fevereiro de 2008 9:16 am

Veja bem, Rafael, é bastante representativo da “visão Dawkins” o fato de que vc critica o preconceito contra ateus mas cai, na mesma senteça, no preconceito contra religiosos: …”pesquiso pessoas religiosas e vejo que sua vida levou a ter uma religião, por varios motivos diversos, perca de um ente querido, falta de espectativa, por isso eu entendo e respeito as religiões”… Jung explica. Aliás, falando nele, vemos que a religiosidade E racionalidade equilibram o consciente e inconsciente, desde que sua função psíquica não ceda demais pra um desses lados. As pessoas não são religiosas por conta de traumas, assim como… Read more »

Anônimo
Anônimo
29 fevereiro de 2008 11:48 am

Ok Rafael, desculpas aceitas! É bem melhor se comunicar assim, com mais gentileza.

Concordo que a fé cega em determinado dogma, o preconceito e a intolerância religiosa causam até mesmo grandes guerras.

Rafael
Rafael
29 fevereiro de 2008 12:52 pm

Ok eu ainda não concordo quando dizem que eu que tenho preconceito, não tenho, nasci filho de familia cristã, meus pais eram catolicos, fui católico até os 12 anos, mas já questionava alguns dogmas da igreja e até sua historia, depois passei a ser espírita, que acompanhava a ciência (até certo ponto) e eu aceitava, até um dia aos 17 anos resolvi questionar o espiritismo tambem, fui a té o centro que frequentava e marquei uma entrevista com o dono do centro, conversamos mais de 2 horas, e depois disso me tornei agnóstico, então eu só não estudei pessoas religiosas… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
29 fevereiro de 2008 1:49 pm

PRÉ-conceito é um conceito estabelecido previamente, nada mais. O seu foi baseado em experiências que não englobam a totalidade do “objeto” de análise, ou seja, da gama de religiosos. Homo-sapiens significa homem sábio, que é diferente de racional. Sabedoria pode ser qualificada tanto de forma humana como divina. Envolve intuição, como nos Koans Zen. Nossa limitada percepção não dá conta da nossa capacidade mental, tanto é que um cientistas como Stephen Hawkin, preso numa cadeira, pode “visitar” buracos-negros e teorizar a respeito deles, com boa margem de acerto. De onde vem a intuição? De que consiste nosso inconsciente? Qual a… Read more »

Rafael
Rafael
29 fevereiro de 2008 6:23 pm

Ok vc não é ateu nem agnostico, então voce é tudo aquilo que está lá? Judeu, Espirita, catolico budista… menos ateu e agnostico.. Isso fica claro que existe preconceito sim… não é voce que escreve todos os post, sendo assim, voce poderia colocar post de outrem. Mas vou respeitar sua colocação… Intuição… vou respeitar seu conceito de intuição, mas a intuição não passa de conceitos lógicos formados em nossa mente, a logica pode chegar a varias conclusões exatas, a matematica é lógica e exata, consigo fazer contas de cabeça, e até pensar em outros modos de fazer a conta… isso… Read more »

Coringa
Coringa
4 março de 2008 7:29 pm

Rafael, A questão é que vc está tirando CONCLUSÕES precipitadas. O fato de você NÃO SABER SE alguém tem ou não religião, não serve com base para CONCLUIR que esta(s) pessoa(s) TEM religião. Ou seja, o máximo possível é permanecer a DÚVIDA. P.ex…EU NÃO TENHO RELIGIÃO!! TB NÃO SOU CONTRA OS AGNÓSTICOS OU ATEUS!! ISTO É FATO…E É VERDADEIRO! A questão do ÍNDICE tb não serve de base para CONCLUSÕES do tipo… ‘ah, se não tem índice sobre ateísmo, significa que TODOS são preconceituosos’… É sobre ESTE tipo de lógica que me refiro. Não se pode INFERIR conclusões com base… Read more »

Lotus Eater
Lotus Eater
27 julho de 2011 8:56 pm

Acho que o mais curioso desse “causo” foram as feministas atéias que ficaram surpreendidas que um ateu racional e cético pudesse ser um bundão misógino.

O condicionamento social de “todos os X são assim, todos os Y são assim”, aparentemente, é mais forte que todos os deuses e sua equivalência em não-existência combinados =P

o.que.nada.sabe
o.que.nada.sabe
30 setembro de 2011 4:52 pm

Oi Fy >>>E eu espero que algum outro gênio vá mais longe ainda, tornando obsoletas algumas de suas conclusões…e nem Bohr nem Lipton foram pra fogueira e nem excomungados da comunidade científica.>O grande problema gira em torno do promocionismo produzido pelos religiosos em torno de Dawkins.[sorte dele]>Mas qdo alguem fala em evangelho segundo são Dawkins me parece tão bárbaro como o que o Islã fez com o Indiano Salman Bushdie.>Vários cientistas tb ateus foram contra a atitude dele, ou contra a repercursão: não há interesse científico em roubar o deus de ninguem. A não ser em ciencias políticas.>Eu, sinceramente continuo… Read more »

Fellini
Fellini
30 setembro de 2011 7:03 pm

Fy:
E ascendeu aos céus todinho: corpo e alma , conduzido por sparkling – angels. [ não lembro direito desta parte, acho q foi assim ].

Resp:

Tem anjo não.
Flutuou para o céu feito um balão de gás e sumiu atrás de uma nuvem.
São os fatos.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ascens%C3%A3o_de_Jesus

Os anjos foram acrescentados posteriormente pela imaginação dos artistas.

E por falar nisso, vou flutuar para o Happy Hour pois o clima está agradável aqui na praia de cimento paulistana.

Bj

Andre
Andre
1 outubro de 2011 10:45 am

Você é um babaca preconceituoso. Por que ao invés de tacar o pau em uma pessoa você não aponta falhas em seus argumentos e encoraja a discussão imparcial? Não precisa ser contra nem a favor. “Sair da Matrix” é engolir toda essa merda que você escreve ou é discutir com base em argumentos racionais, correndo o risco de estar errado para ser corrigido e crescer como ser humano? Esse artigo não me pareceu uma reflexão séria. Parece uma criança de 12 anos que viu a primeira entrevista na vida e não concorda com alguns pontos, ai chacoalha o tabuleiro do… Read more »

Fellini
Fellini
1 outubro de 2011 5:48 pm

Mas não é que ficou um mimo esse Dawkins…rsss….

Aproveito para convidar os novos comentaristas Andre e Fernanda, para juntos, irmanados com todos os comentaristas do SDM, possamos através da emanação de amor, desviar o grande peido solar vindouro para longe da face da terra, pois caso isso aconteça, seremos arremessados para a idade das trevas para a alegria de um certo comentarista.

É fácil, vamos lá, emanando amor:

3
2
1

Ommmmmmmmmmmmmmmmm

Martyn
Martyn
2 outubro de 2011 12:58 pm

novos???

pessoas q nuam sabem o q falar já tem um tempo em muitos foruns

Fellini
Fellini
3 outubro de 2011 7:47 pm

Martyn novos??? pessoas q nuam sabem o q falar já tem um tempo em muitos fóruns Resp: Oras, pode ser que eles não tenham nada a falar sobre esse assunto mas tenham maravilhas e delicias para relatar sobre outros assuntos alem de poderem emanar amor conosco. Martyn, temos que ser amorosos e …cof..cof… tolerantes para com os heréticos que trilham o caminho da heresia construido pelo Dawkins. Sim, Dawkins é um herético. Quer tomar o lugar de deus. Quer ser deus. E só há um único deus: Carl Sagan, décimo e aguardado avatar de Vishnu que veio e voltou para… Read more »

Martyn
Martyn
3 outubro de 2011 10:37 pm

naum são novos

Anônimo
Anônimo
30 setembro de 2011 3:12 pm

Gostei muito desse diálogo entre a Fy e o o.q.nada.sabe! Se rolar mais, oba! :))

valeu 🙂

Fy
Fy
30 setembro de 2011 2:42 pm

Oqnadasabe,

sorry > *acabei com o garanhão do Maomé. Stallion : corrigindo.

Fy

Martyn
Martyn
27 julho de 2011 9:48 pm

[..]O condicionamento social de “todos os X são assim, todos os Y são assim”, aparentemente, é mais forte que todos os deuses e sua equivalência em não-existência combinados[..]

só pra quem é cético e bundão misógino.

Augusto
Augusto
24 setembro de 2011 10:02 pm

kkkkkkk… o engraçado é q justamente as maioria das ideias q permeiam essa lista é q justificam as palavras do Dawkins.. rsrsrs risível

Augusto
Augusto
24 setembro de 2011 10:04 pm

bicho.. rsrsrs to rindo até agora… qta insolênica!

Mcnaught
Mcnaught
26 setembro de 2011 9:24 am

O que é insolênica ??

Fernanda
Fernanda
29 setembro de 2011 5:22 pm

Primeiramente antes de criticar você deve conhecer e como você mesmo relata em seu texto inúmeras vezes não leu nada a respeito do cara. Ainda bem que essa merda é pouco lida, imagine só se um monte de adolescentes em fase de formação intelectual lessem este tipo de crítica vazia, unilateral e preconceituosa, que não aceita a opinião de outros, especialmente se este outro estudou para estar lá. Em minha opinião você é um pseudo-intelectual recalcado que não tem a capacidade de criar e nem de aceitar nada que seja contrário à suas “crenças”, sei que posso provar isso porque… Read more »

Fy
Fy
30 setembro de 2011 7:46 am

Acid, eu nunca lí este livro do Dawkins porque não vejo nada de extraordinário ou de bombástico no fato dele não crer em nenhum deus. Lí alguma coisa aqui e alí. Mas pensando bem, todo o sucesso, glamour e mta grana no bolso dele, foram promovidos justamente pelos religiosos. Ahhhhh ! ele não acredita em deus! – Caso contrário ele seria apenas mais alguem, exercendo seu direito de escrever sobre qualquer opinião que tenha. Eu jamais conheci alguma religião que não fosse preconceituosa, unilateral e não considerasse vazia qualquer outra. Mas Dawkins não escreveu sómente sobre isto e tem um… Read more »

o.que.nada.sabe
o.que.nada.sabe
30 setembro de 2011 9:39 am

Tudo bem que o Dawkins teve uma outra idéia boa, pelo menos a de traduzir para visão ocidental alguns conceitos de religiões orientais, como chamar as predisposições kármicas de memes e traduzir interdependência de todos os seres e a natureza como fenótipo estendido, idéias boas mais não são novidades nenhuma. Já o gene “egoísta” não cola mais, a epigenética que o Bruce Lipton (dentre outros) defende, já demonstrou que o “comportamento” do gene não é bem o que Dawkins pensou. Daí que, ou ele se tornava mais um evolucionista, mais um cachorrinho do Darwin, ou dava um passo além e… Read more »

Fy
Fy
30 setembro de 2011 2:21 pm

Ô que nada sabe, – grande : Bruce Lipton. E eu espero que algum outro gênio vá mais longe ainda, tornando obsoletas algumas de suas conclusões. Afinal Bohr polemizou tanto com Einstein , e nem Bohr nem Lipton foram pra fogueira e nem excomungados da comunidade científica. Mas, entre memes e karmas, deuses e deusas , em matéria de “groupies” o inverso não é idêntico ? Temos cachorinhos de Darwin, de Aquino, de Paley, do Sem Começo e Nem Fim , de Oxalá, Nanã , de Mary Shelley, etcs, se pensarmos assim. O grande problema gira em torno do promocionismo… Read more »

Fellini
Fellini
4 outubro de 2011 6:08 am

Martyn:
naum são novos

Resp:
Sim? E daí?
Eles podem emanar amor. (Ommmmmmmm, lembra?)

Pelo jeito você não acredita na alquimia mística cética filosofal.

Mas analisando a questão:

“É intolerável ser tolerado”.(Pasolini em Teorema)

É, pensando bem não é nada agradável ser tolerado. Eu prefiro ser odiado. Mas até nisso o Solius roubou minha glória e meus regalos para tentar provar que a bíbra esta certa.
Bah!.

😀

alguem
alguem
2 janeiro de 2013 10:31 pm

olha cara, sem querer puxar briga aqui mas o unico intelectual vazio q eu vejo aqui é você mesmo, que não parece nem ter lido o que o dawkins respondeu ou se leu não entendeu porra nenhuma e ficou falando que era sem noção hehe não sabe interpretar texto meu caro religiosos fanáticos são muito engraçados, o seu desespero de colocar o cara pra baixo tá explicito no texto todo mais engraçado ainda é esse monte de gente te apoiando ae, ficam cegos com a religião é incrivel isso quando o ser humano nao tinha como explicar as coisas de… Read more »

alguem
alguem
2 janeiro de 2013 10:44 pm

e sobre um comentario la em cima
como assim ateus e gays saindo do armario
ser ateu, gay, judeu, negro, loiro, lesbica, bi e todo resto que a população por algum motivo despresa não é vergonha nenhuma não, esse tipo de pensamento futil e preconceituoso que causa guerras, brigas, mortes
chove ignorante aqui o.o’

Mcnaught
Mcnaught
3 janeiro de 2013 11:01 am

a)Parece que você tropeça bastante nas suas projeções rs, pois ao mencionar que “os outros´´ não entenderam, você também não entendeu que a pessoa que escreveu o post não é nenhum fanático religioso. Pesquise a respeito de fanatismo religioso porque você esta por fora rs. E quando se refere aos diversos comentários, outro tropeção, pois houve pessoas que não possuem religião e que mesmo assim simpatizaram (ou entenderam) com o texto do post o qual é a resposta (opinião) baseada em uma entrevista. O qual foi deixado bem claro. Esta generalizando ao mencionar que houve apoio de religiosos apenas para… Read more »

Mcnaught
Mcnaught
4 janeiro de 2013 12:53 pm

Posicionamento da comunidade científica. A comunidade científica tende a distanciar-se de uma corroboração ou refutação de Deus. Atualmente não existe nenhuma prova científica conclusiva de existência ou inexistência de Deus, o que é perfeitamente coerente com a declaração de que Deus não faz parte do escopo analítico da Ciência. Por outro lado, individualmente, cientistas não deixam de expressar suas convicções em relação ao tema. Richard Dawkins, no seu livro “The God Delusion”, discute e defende a improbabilidade de Deus existir, enquanto o diretor do Projeto Genoma Humano, Francis Collins, em seu livro “A Linguagem de Deus”, defende evidências da existência… Read more »

Olim
Olim
5 janeiro de 2013 12:27 pm

…burrice isso, pode apostar que o ser humano ia viver muito bem sem religiao nenhuma …

Concordo plenamente com o Alguèm. Sò acresceria que o ser humano ia viver bem somente com a Religiao, independentemnet de alguma religiao.

Abcs!

Mcnaught
Mcnaught
6 janeiro de 2013 11:02 am

Os Chineses que mataram monges Tibetanos com a intenção de invadir o Tibet disseram que a religião é um veneno. Assim é a espécie humana, que vive com arrogancia, egoismo e tantans outras péssimas qualidades. O homem religioso crê no próximo. E espalha uma mensagem de paz e amor. O fanatismo religioso é igual o fanatismo por futebol. Alguns desses seres humanos estragam toda a “coisa´´ quando perdem a noção de seus atos. Mas, o interessante é que eles ainda são a minoria. A religião não é causa (culpa) de tantos problemas na humanidade. O problema em si é o… Read more »

S. Leone
S. Leone
6 janeiro de 2013 6:02 pm

Mcnaught, o gracioso: Você acha que o mundo funcionaria bem sem religião. Eu ja acho que não. Tranquilo rs, opiniões diferentes. Quem quiser ir adiante jogue no Google: Resp: Bom, eu fui adiante, mas ao invés do Google joguei no I Ching por engano. Saiu isso: “O fogo na base da montanha: a imagem da GRACIOSIDADE. Assim procede o homem superior esclarecendo assuntos correntes. Mas ele não ousa decidir questões controvertidas dessa maneira. O fogo, cuja luz ilumina e embeleza a montanha, não brilha a grande distância. Assim também, a forma graciosa é suficiente para alegrar e para aclarar assuntos… Read more »

Subsumer
Subsumer
19 fevereiro de 2013 4:42 am
Olim
Olim
6 março de 2013 3:14 pm

Para que se tenha um discernimento mais aprofundado, aí vai uma imperdível dica:

” O Cérebro Espiritual”, de Mario Beauregard, Ph.D, & Denyse O’Leary, Ed. BestSeller, 2010.

Espero que o delirante-materialista Dawrkins tenha a mesma iniciativa…:)

Abraços!

Anônimo
Anônimo
17 novembro de 2012 3:42 am

Depois de ler “Por que a Ciência não Consegue Enterrar Deus”, de John Lennox , não dá mais pra levar a sério esses ateus militantes. Resta nítido que eles sequer têm honestidade intelectual.

Alguns números apresentados no livro são estarrecedores !

Mariana
Mariana
3 junho de 2012 11:03 am

Bom quando discordo da teoria de alguém busco pelo menos saber o que a pessoa falou. Entrevistas na televisão, jornais e revistas normalmente ilustram a opinião do repórter e não a do entrevistado, pois as informações são manipuláveis. Antes de criticar leia os livros deste senhor, não replique as informações que os outros te dão, vá atras da fonte, saia da caixa. Não seja um defensor sem fundamento.
Atenciosamente

Anônimo
Anônimo
21 novembro de 2011 5:23 am

Se um dia você mudar de idéia em relação a ler o livro, pode ter certeza que os seus comentários sobre a entrevista irá mudar. Vai ver que o raciocínio dele não é exatamente como você percebeu. Vale a pena ler.

Abraço!

Pablo
Pablo
15 dezembro de 2011 2:00 pm

É triste ver como a maioria das pessoas sequer leram o livro, isso inclui o autor do post. Meu caro, você só está nessa porque você tem medo da morte. A partir do momento que você sair um pouco da sua condição de primata vai perceber que a existência não precisa ser justificada. ainda mais com a invenção de um ser superior que rege tudo. A chave para um mundo melhor é o amor ao próximo e a busca pelo conhecimento. Como alcançar isso crendo em um ser que castiga quem questiona sua autoridade? Enfim, o medo, o medo.

mestre chii xi ien kookoo
mestre chii xi ien kookoo
15 dezembro de 2011 4:21 pm

“A partir do momento que você sair um pouco da sua condição de primata vai perceber que a existência não precisa ser justificada.” pablo sabia que até gente mais inteligente que você, mas que não crê em “dEUS”, como Stephen Wolfram, diz que a existência, ao menos do universo, não pode ser classificada como aleatórea ou injustificada, por o universo ter um pequeno grupo de leis que o tornam coeso? A idéia de que “dEUs” não existe por tudo ser niilisticamente aleatóreo, sem propósito (sem design? 😀 :D) que muitos ateus usam tirando de uma interpretação neo-darwinista da teoria de… Read more »

Paulo H.
Paulo H.
23 dezembro de 2011 8:02 am

Bom, eu só queria deixar registrado aqui que achei nessas suas “réplicas” às repostas de Dawkins, os argumentos mais idiotas que já li. Uma dica, se você quer levantar uma opinião sobre Richard Dawkins, primeiro conheça o seu trabalho, pois ele é sim um cientista renomado e não sai falando “abobrinhas” por aí sem ter base e fundamento. Se você estiver com preguiça de ler seu livro, procure no youtube sobre o documentário “The Root of All Evil” que foi exibido na tv britânica e depois me diga se o que ele diz, tem fundamento, se ele conhece ou não… Read more »

o.que.nada.sabe
o.que.nada.sabe
23 dezembro de 2011 8:40 am

O que é mais engraçado nesses groupies é que eles acusam os críticos do Dawkins de o criticarem por não conhecerem a “profundida” (puff) de sua obra, sendo que eles não conhecem nada de religião, tem uma visão tipicamente de adolescente revoltado que se espelham no adolescente giriátrico do Dawkins. Esse lance de combater a religião é uma piada. É só estudar um pouco de linguística que já da pra sacar que religião é um signo aberto, pois utiliza linguagem polissêmica, e chegar na mesma conclusão que qualquer imbecil já sabe: religião é igual chantilly, quando mais se bate mais… Read more »

mestre chii xi ien kookoo
mestre chii xi ien kookoo
23 dezembro de 2011 9:01 am

PAULO H SAPIENS: “Bom, eu só queria deixar registrado aqui que achei nessas suas “réplicas” às repostas de Dawkins, os argumentos mais idiotas que já li. “ MESTRE chii xi ien kookoo: Oq é idiota, caro fanboy de Dawkins? 1.O fato de um físico que se formou aos 16 anos, gênio absoluto, criador do apps Mathematica, que recompilou os autômatos celulares em “um novo tido de ciência”, Stephen Wolfran, dizer que o universo não pode ser de origem aleatórea devido suas leis iniciais coesas, oq é de se esperar vindo de quem compilou os autômatos celulares em “um novo tipo… Read more »

Mariana
Mariana
26 fevereiro de 2012 7:29 am

Você está falando mal do Dawkins, que ele não leu a Bíblia e não conhece nada de religião pra poder falar disso e tal, e no entanto você também não leu o livro dele e está criticando.. Confere?

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:28 pm

“Eu uso a ciência como forma de descobrir e ampliar meu conhecimento da natureza, e me desculpe, se a pessoa não entende o básico de matemática, ela é sim ignorante e escrava dos dogmas científicos que mais lhe agradam o ego. eis nossa diferença, eu não espero agradar ou ser agradado, eu busco a Verdade, e quero mais e mais, e q a Verdade me machuque se preciso, como sei q perceber q a ciência é um corpo limitado à imposição e busca por simetria machuca os recalcados q usam ciência como autoridade sobre os outros.” Então não somos diferentes… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
11 março de 2010 12:53 pm

Por fim, a ciência não é dogmática. Ela parte de princípios que podem ser revistos. Algo bem diferente da religão. Quanto aos princípios, sempre temos que partir de algum lugar, mas a revião dos conceitos, consequencoias e príncipios é que constituem a formação de conhecimento. Até mais pessoas… ——– fujão dogmático. 😀 não são sempre assim? chegam todos cheios de si, defendendo dawkins, questionando a REPRESENTAÇÃO dentro da LINGUAGEM RELIGIOSA do real incomensurável (q não é a raiz de dois! :D) q nos dá movimento, e quando eles têm de ouvir q todo o corpo científico nasceu e está preso… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 5:04 pm

E agora responde:
– Vc leu o livro que estamos discutindo????
Se não leu, acho que chegamos o mais longe que podíamos na discussão, ou daq a pouco eu teria que transcrever o livro aqui, para podermos discutir. De quebra teria que colocar uma série de argumentações do Popper sobre ciência. Melhor vc ler Dawkins e Popper, enquanto eu leio Sheldrake e Borzacchini.
Sem novos pontos para colocar, não vejo porque prosseguir. Vamos ficar na mesma argumentação até a revolução da matemática sobre o anel comutativo!

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
11 março de 2010 5:21 pm

O livro é sobre a postura do ser humano frente à religião, ao status invencível e inatingível que ela toma. Lembre-se nunca atacar os indivíduos, apenas os argumentos. ——— li o livro sim, thiago. 😀 mas minha postura frente a religião não é a q ele apresenta, a q ele apresenta é muito tacanha e simplista e com o objetivo de demonizar todo e qualquer sistema religioso. E a caricatura q Dawkins faz não é a postura dos realmente entregues aos sistemas q praticam, tipo os, raros, mas santos cristÃos! 😀 e esse papo de separar “ataques” ao argumento e… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 5:39 pm

“então seguirmos com oq nos agrada mutualmente? filosofia da ciencia, novos paradigmas, questionamentos dentro de sistemas democráticos de saber (ciencia)?”

Pois é…
Morreremos esperando a verdade e só chegaremos à paradigmas e dúvidas.
Nada otimista, mas acho que talvez seja uma das poucas coisas que realmente tomo com verdades: as incertezas!
😀 😀

Bye e abraço

Fellini
Fellini
11 março de 2010 5:40 pm

Não sei se acabou mas parabens ao Guakito e ao Thiago pelo bate-bola de vcs.

Apreciei muitissimo.

Vini
Vini
2 abril de 2010 1:39 am

Francamente, entrei nesse site pq achei q seu dono (ou quem publicou essa matéria) julgava realmente estar saindo da Matrix. Vejo que não. Meu caro, vc está até o pescoço na Matrix! Aliás, já afundou. Não tem mais volta. Concordo com muitas coisas q Dawkins diz, mas não o idolatro, aliás, não faço isso a ninguém. Deixo isso pra vcs, crentes insanos e fanáticos. Acreditam em algo q não existe e querem fazer com q todos acreditem tb. Os que não acreditam, são por vcs ridicularizados. A religião é algo TOTALMENTE dispensável e citar alguns possíveis benefícios da mesma, ham…… Read more »

Vini
Vini
2 abril de 2010 1:49 am

Dizer coisas (muito imbecis, por sinal) ao Dawkins sem estar na presença do mesmo é algo não só ridículo como baixo. Pois, se estivesse na frente dele, primeiro que iria ficar nervoso e não conseguiria falar nada, nem sequer ter o tempo e tranquilidade necessários para usar de seus “conhecimentos”… de Wikipédia.

Trinity
Trinity
3 agosto de 2010 8:20 pm

AAAAAAAAAAAAAAAAAAH, até que enfim alguém diz alguma coisa que faz sentido aqui! VINI! Você tirou as palavras da minha boca!

SEM PREÇO!

Chico
Chico
6 agosto de 2010 4:51 am

don guakyto (e seus os outros mil pseudonimos), De onde vc tirou essa viagem de dogma matemático, cara? Usa pra intimidar os outros? A teoria dos aneis comutativos é só um pedaço da álgebra cara… e o resto das estruturas comutativas também! teoria dos grupos? Usada pra caraleo em quântica? Nunca ouviu falar? Quaternions? (e o resto das estruturas deles pra frente?) Produto exterior? Tensores? E por aí vai… A linguagem matemática tá longe de ser limitada nesse sentido! E a parte não-comutativa da matemática é sim muito usada na ciência. Seus argumentos são muito redondos. Música e matemática têm… Read more »

Chico
Chico
6 agosto de 2010 4:58 am

E o post, a propósito, sem querer defender o dawkins nem porra nenhuma, é deplorável.

Thiago
Thiago
11 março de 2010 5:03 pm

Quanto aos princípios científicos, sim os assumimos. Não temos escolha! Como já falei. Assumimos a metodologia de experimentação, a estatística e distribuição normal (hipótese mais comum) dos erros etc. Afinal, como já disse, temos que partir de algum lugar, pois não podemos contar com o Deus onisciente cristão (pelo menos não até agora) para nos dizer: “isso é certo, segue!” NADA É ABSOLUTO PARA NÓS. Mas o método científico já nos trouxe tanto, não? Tantas comprovações experimentais! Não é de se esperar que tenha muita coisa certa com ele? Por mais que ele seja mutável e questionável. Afinal: “A nossa… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 5:00 pm

O livro é sobre a postura do ser humano frente à religião, ao status invencível e inatingível que ela toma. Lembre-se nunca atacar os indivíduos, apenas os argumentos. Não estou falando de banir religiões, ou tratar com preconceito os religiosos, apenas digo que podemos argumentar. A pregação individual de Dawkins é outra história! Para ser sincero, quando vejo algumas entrevistas sinto como se não fosse ele que escreveu o livro. Eu mesmo tenho muitos amigos religiosos e para ser sincero conheço pouquíssimos ateus, que nem são muito próximos. A liberdade religiosa para mim faz parte da liberdade de expressão e… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:29 pm

Eu não estou usando a ciência como autoridade! Só estou defendendo a discussão aberta e as idéias interessantes sobre o pensamento da religião colocadas em um livro. Vc desde o início está pondo palavras na minha boca! Supondo coisas sobre minha personalidade e conhecimentos pessoais. E acredito que esteve desviando-se do foco. Na minha opinião, com o objetivo de “ganhar a discussão”, mesmo não estando consciente disso. A verdade é que a composição do livro em questão mostra como a argumentação religiosa não encontra amarras para se firmar frente aos questionamentos científicos que naturalmente faríamos sobre qualquer questão! Mas a… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:31 pm

No futuro, com certeza verão que acreditávamos em muitas incoerências, mas saberão, que com as ferramentas e experimentações que tínhamos, era aonde pudemos chegar e que eles só chegaram mais longe ao partir de onde paramos. Em outras palavras, eu contínuo discutindo o mundo e o universo com as ferramentas que já tenho e vc espera uns 200 anos pela revolução na matemática. Mas aviso que até lá vai precisar esperar mais alguns séculos por outras revoluções e depois quem sabe uns 1000 anos pelas demais… Voltando ao livro, que era inicialmente o foco da discussão, vc faz exatamente o… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:36 pm

A lacuna apenas nos mostra para onde ir… podemos e devemos formular hipóteses e teorias, mas precisamos tomar cuidado com o que acreditamos e trazemos para nossa vida. Devemos ter dúvidas, mas não estamos impedidos de formar opinião e discutir com base no que temos em mãos.
Creio também que vc, como o Acid, não leu o livro. Estou certo? Vc não parece conhecer o que tem nele…
Assim não acho que ainda tenhamos o que discutir. Ou existe algum ponto diferente?

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:41 pm

Por fim, não me parece que Sheldrake seja um crente em lacunas. Me parece ter uma postura científica. Por mais que eu ainda seja um cético em relação aos trabalhos dele, que com certeza precisa studar mais o que ele diz… Que por sinal, até onde vi, não tem nada haver com “Deus: um delírio”.
As minhas críticas não estão sendo sobre os trabalhos que vc citou, mas sim sobre a sua postura em relação a eles.

Thiago
Thiago
11 março de 2010 3:46 pm

“e não fique chateado, sou caipira do interior (mas cosmopolita), grandão, lutador, bonachão, safado, cafajeste, daoísta E principalmente erisiano crazy zen sufi rinzai, mas amo música e matemática, saca? 😀 😀 ”

NÃo ache que não gostei da discussão…
;D ;D ;D 😉

Tirei muita coisa interessante e muito o que estudar…

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
11 março de 2010 3:52 pm

As questões de comprovação experimental, por exemplo, apesar de usarmos a matemática em sua análise, não incluem apenas o mundo abstrato. Muito pelo contrário, a ciência também agrega a experimentação, para procurar justificar a ligação entre a abstração e a realidade. ——- sim! é o mínimo de se esperar da ciência, não é? 😉 MAAAS ainda sim, busca essa justificativa, essa ligação entre o abstrato e a realidade usando-se como base uma linguagem q não compreende a assimetria e não-comutatividade, sem altera-la, sem criar convergência. ou tb é difícil pra vc aceitar essa limitação? Eis o atual beco sem saída… Read more »

don guakyto -alive and kicking!
don guakyto -alive and kicking!
11 março de 2010 4:00 pm

Tirei muita coisa interessante e muito o que estudar… —— 😀 e eu fico feliz de vc ser civilizado com o incivilizado aqui! 🙂 sério, a analise do prof. de matemática borzacchini sobre a “sintaxe” de nossa “percepção” é federal! assim como o fode cérebro q é a pesquisa e matemática do Alain Connes, e o trabalho do Strogatz sobre sincronias, e sistemas caóticos e fractais “orgãnicos” é lindo, assim como os experimentos e resultados surreais do trabalho do sheldrake, véio!!! na boa, o dawkins é do velho paradigma, dai a histeria dele. por exemplo, a dra. mae-wan ho é… Read more »

Thiago
Thiago
11 março de 2010 4:58 pm

Como disse: nada de novo. Por isso acredito que a discussão se encerrou. Não sei se vc leu todos os tópicos. Talvez eu tenha postado algum enquanto vc escrevia… Coloquei vários em sequencia. Sério, dê uma olhada…

Thiago
Thiago
11 março de 2010 4:59 pm

Não sou “Dawkiano” como vc diz, só assumo que ele tem muitos méritos com o livro (único dele que li). Não sei das outras opiniões dele e vi pouquíssimo dos documentários. Não sou voluntário, nem dou dinheiro para ele. As posições pessoais dele em entravistas, por exemplo, que acabam trazendo críticas assim como a sua. Por isso que acho ele até arrogante e incisivo demais. Mas só para lembrar (nunca é demais), estamos falando sobre um livro em específico! As lacunas não querem dizer para aceitarmos tudo, só diz para estarmos abertos a tudo e a qualquer discussão, como a… Read more »

Rbio
Rbio
8 fevereiro de 2011 12:57 pm

Realmente uma das piores coisas que já li. As pessoas, inclusive o autor, já começam dizendo que não conhecem Dawkins e que não leram nada sobre ele. Não entendo então por que se prestaram a publicar uma matéria sobre um livro que não leram. Vcs já se perguntaram por que ele é tão idolatrado? Serão os cientistas que o respeitam tão inocentes como quem acredita em algo só por que aprendeu da mamãe ou do papai? Não esqueçam que essa ferramenta chamada internet foi criada por cientistas e não por padres.. portanto não falem sobre o que não entendem.

Rbio
Rbio
8 fevereiro de 2011 1:05 pm

Aliás.. aqui mesmo está a resposta do porquê ele é tão respeitado, por que incomoda, tanto que mesmo quem nunca leu nada se presta a tentar difama-lo, perdendo o tempo que poderia estar rezando para publicar essa matéria.

...
...
10 fevereiro de 2011 7:50 am

“Já meus “ídolos”, bom, vc nega que a matemática…” Mais uma enrolação barata. Faço menção à aplicação das interpretações na sua visão pseudo-espiritualista e você vem perguntar se eu concordo com o objeto destas mesmas interpretações. É de propósito ou sua negação da realidade confunde sua cachola a este ponto? ———- viu como vc é desonesto, e puxa o carro quando o assunto não vai de encontro com suas verdades absolutas e totalitárias! 😀 to nem ai pro seu blablabla, e se vc for esperto verá q sou espelho, mas sem o verniz, do seu comportamento geral. 😀 mas já… Read more »

E ainda um outro neutrino
E ainda um outro neutrino
10 fevereiro de 2011 3:27 pm

…, um delírio (digo, muitos), “viu como vc é desonesto, e puxa o carro quando o assunto não vai de encontro com suas verdades absolutas e totalitárias!” Esperneio de sua parte e mais uma cria de espantalho. Errado. Eu demonstrei que você é o desonesto, e tentou dar outro enfoque ao que está sendo dito. E já que insiste, vamos expor a vigarice. Eis a minha afirmação inicial: “o que você e seus ídolos… tentam fazer com a matemática não-comutativa… os espíritas…fizeram com o evolucionismo no século retrasado.” Ou seja, tentar “aprimorar” a crendice pseudo-espiritual com pressupostos e demais idéias… Read more »

...
...
10 fevereiro de 2011 4:37 pm

SOLIUS: “Esperneio de sua parte e mais uma cria de espantalho. Errado. Eu demonstrei que você é o desonesto, e tentou dar outro enfoque ao que está sendo dito. E já que insiste, vamos expor a vigarice.” SR.RETICENCIAS: Não solius, vc é desonesto até o talo, vc é tão desonesto que em vez de admitir que sua instituição erra, assassina, mata Giordano brunos, mata gnósticos, nada em dinheiro, etc, vc vai lá e inventa desculpas para cada um dos atos destrutivos de sua fé. Na boa, vc é patético, e qualquer um com um pouco de humanidade percebe o quão… Read more »

E ainda um outro neutrino
E ainda um outro neutrino
11 fevereiro de 2011 12:28 pm

“Não solius, vc é desonesto até o talo, vc é tão desonesto que em vez de admitir que sua instituição erra” Não é uma graça? :)) Eu demonstro exatamente o contrário e você responde com outra acusação gratuita e em seguida parte para o desvio de número dois: após ser novamente exposto, passa a atacar a crença alheia. Pateta não é o papa, é você. 😀 E quando eu deixei de admitir que minha instituição erra, desonesto? Só no seu mundinho de espantalhos. Acorde, rapaz, ou vai ficar aí fazendo papel de trouxa e se lamentando por invencionices anti-clericais, pelo… Read more »

maddy32
maddy32
13 junho de 2011 8:38 am

Você é religioso? só esse facto* explica o seu estado de nervos… num caso como o seu posso dar uma ajuda… tome 1 comprimido valium e verá que se sente melhor. E já agora, nunca Leu nenhum* livro de Richard Dawkins edecide fazer este post baseado numa única entrevista? Fica uma sugestão: cultive-se, depois discuta com base em argumentos reais e certamente pessoas com 1 pouco mais de nível passarão a dar-lhe alguma credibilidade (tanta quanto for possível).

Victor Hoff
Victor Hoff
7 julho de 2011 4:25 pm

Patética essa matéria, você realmente não o conhece, essa materia é tão inútil quanto as de fofocas que vemos por ai.
É ridículo você o julgar falando que, pelo o que VOCÊ entendeu, ele quer perseguir os religiosos.
Vai se informar antes de escrever uma matéria dessas.
E mudando de assunto, ridículo o nome do site, os cientístas mais revolucionários que existiram e existirão são aqueles que tem a mente aberta.

Felipe Pimentel
Felipe Pimentel
22 julho de 2011 1:15 am

“Qual o sentido da vida?” Existem algumas perguntas que realmente nos deixam sem resposta. Mas e se a nossa vida não tiver sentido? Se estivermos aqui simplesmente por estar, sem propósito nenhum? Isso incomoda? Mas e se Deus realmente existisse? Seria um ser tao poderoso que mesmo assim precisaria de nossa adoração? Respeito todas as religiões, mas acredito que elas sejam um grande mal para a humanidade. Existem conceitos éticos na bília que não servem de exemplo para ninguém, como por exemplo MATAR as pessoas que não guardam o sábado, ou MATAR os filhos que não respeitam pai e mãe.… Read more »

E ainda um outro neutrino
E ainda um outro neutrino
9 fevereiro de 2011 10:50 pm

“a tradição taoista primordial ensina isso, quando os ogros donos da verdade absoluta, mas parcial, pois criam bemXmal, aparecem, o melhor é vazar por um tempo” Mais uma vez, falácia, acusação e nenhuma demonstração. E devaneio: bem e mal foram criados por “donos da verdade”, é? Explique isto aos antigos nômades que tinham seus filhos predados por leões, raptados e/ou mortos por outros povos, etc. “Alguns foram queimados vivos pelos comunistas, como Giordano foi queimado por vcs católicos” Seus taoístas também eram espiões como o Giordano? “Mas vc não me desmascarou, pois não refutou o meta-sistema musical oriental que aplico… Read more »

...
...
9 fevereiro de 2011 6:05 pm

“Ah, então é você mesmo, pseudo-taoísta psicótico que sempre é desmascarado e foge. :)” Para te agradar, não vou fugir hj, viu? :* Sim, solius, sou o sr. reticencias, e sim, solius, a tradição taoista primordial ensina isso, quando os ogros donos da verdade absoluta, mas parcial, pois criam bemXmal, aparecem, o melhor é vazar por um tempo. Exemplo temos em wudang de quantos taoístas ligados a tradição mais radical da parada em vez de lutarem contra os dogmáticos como vc, porem ateus, comunistas, eles fugiram para as cavernas. Alguns foram queimados vivos pelos comunistas, como Giordano foi queimado por… Read more »

Pers
Pers
8 fevereiro de 2011 2:43 pm

Rbio, ele é de fato idolatrado, mas apenas pela parcela medíocre universitária e a imprensa de massa, sempre rasteira.

A internet foi criada por cientistas de verdade, não por bufões como Dawkins.

Rbio
Rbio
9 fevereiro de 2011 11:06 am

Dawkins é piada para quem nunca leu outro livro senão a biblia..
E o papa todos sabem que era um maldito nazista e tem um irmão pedófilo.
Quem são os cientistas de verdade? Os crentes?
Quem criou Deus? Ha.. ele sempre existiu. Pois bem, prefiro acreditar que o universo sempre existiu do que uma entidade na qual não existe sequer uma evidência apesar de milênios de buscas……

Acid
Acid
9 fevereiro de 2011 11:30 am

Ainda por aqui? Achei que pessoas esclarecidas e inteligentes como vc não perdessem tempo entrando em sites de crentes fanáticos pela bíblia e que se excitam com a foto do Papa. Seus argumentos são tão bons e razoáveis quanto os de Dawkins. Se quiser tomar isso como um elogio…

Um neutrino
Um neutrino
9 fevereiro de 2011 11:52 am

Rbio encontra-se prisioneiro de seu próprio deslumbre e aparentemente ainda não saiu do útero de seu departamento acadêmico. Quando ele mesmo quiser, isso passa.

Dawkins é uma piada. Sheldrake (que com certeza já leu mais de um livro) que o diga. 😛

...
...
9 fevereiro de 2011 12:07 pm

caro rbio, desculpe a honestidade, mas você é um idiota. Não dê tiro no pé. O paradigma atual de sua ciência corporativista é de que o universo teve um início, o bigbang. Início o qual, segundo a teoria da função de onda do universo, proposta pelo Hawking and Vilenkin, não tem causa. E teoria confirmada por evidência via observação de que o universo está em expansão eterna, além de prever o que se chama hoje de inflação no início do universo. E por ai vai. Procure por essa teoria, ela demonstra probabilisticamente falando com 95% de chance de acerto que… Read more »

Outro neutrino
Outro neutrino
9 fevereiro de 2011 1:31 pm

…, “Procure por essa teoria, ela demonstra probabilisticamente falando com 95% de chance de acerto que o universo não precisa de uma causa inicial.” Este seu dado estatístico não procede. A MQ, apesar dos avanços, continua imersa em muitas teorias abstrativas e insuficiente número de observações relacionadas, dispostos em distintas interpretações. Ademais, mesmo supondo ser válida a função de onda do universo, isto de modo algum romperia a cadeia de causalidade eficiente, já que aquela mesma iria requerer uma anterioridade ontológica, por sua natureza contingente. “reflexo no espelho do mundo bizarro do que os crentes monoteístas fazem. Vocês se merecem.”… Read more »

...
...
9 fevereiro de 2011 2:10 pm

“Este seu dado estatístico não procede. A MQ, apesar dos avanços, continua imersa em muitas teorias abstrativas e insuficiente número de observações relacionadas, dispostos em distintas interpretações. Ademais, mesmo supondo ser válida a função de onda do universo, isto de modo algum romperia a cadeia de causalidade eficiente, já que aquela mesma iria requerer uma anterioridade ontológica, por sua natureza contingente.” Cristão psicopata, amante de tortura e assassinato, não vou me alongar com vc, pois vc é do tipo que os indianos chamam de vampiro de alma, precisa de atenção e suga energia para tal. Essa será a única mensagem… Read more »

E mais outro neutrino
E mais outro neutrino
9 fevereiro de 2011 3:55 pm

Ah, então é você mesmo, pseudo-taoísta psicótico que sempre é desmascarado e foge. 🙂 “pois vc é patético” Patético é quem fica posando de feliz e iluminado por aqui enquanto não hesita em proferir insultos caluniosos dirigidos aos espantalhos criados pela própria cachola. A contradição estampada. “O dado procede e é argumento válido” Não procede, conforme demonstrado. Negue o quanto quiser em sua psicose ou tente superar seu estado e apresentar uma objeção válida (é claro que isto não se dará). “e já que estão percebendo, aos poucos que ele, o universo sempre existiu e sempre existirá.” Estão percebendo a… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
27 novembro de 2007 1:14 pm

Papa Bento XVI aceita a teoria da evolução
O Papa Bento XVI afirmou que o debate entre o criacionismo e o evolucionismo é “um absurdo” já que a teoria da evolução pode coexistir com a fé.

Enquanto isso, mais de 500 Cientistas Doutorados Proclamam Suas Dúvidas Acerca da Teoria de Darwin.

Vai entender…

Flávio BH
Flávio BH
31 agosto de 2007 3:52 pm

É isso aí Keymaker,
assino embaixo!

Radical Chic
Radical Chic
31 agosto de 2007 7:35 pm

Ai gente, me desculpem, mas parei de ler na metade dos comentários…rs Sinceramente? Esse cara vale tanto assim? Só pq “ele quer”, Deus vai deixar de existir? 😆 Eu acho tanta besteira o que ele disse, como acho besteira ficar discutindo sobre isso. As pessoas mais cristãs que conheci até hoje eram atéias! (As que me criaram!). Não faziam o bem pelo medo de serem castigadas por Deus, mas pq era o certo, pq fazia bem às suas consciências. E eu acredito em Deus! Pq esse é o nome que dou à energia presente em TODAS as coisas, que rege… Read more »

Atomus
Atomus
31 agosto de 2007 8:02 pm

Ótimo post, amigo Acid!
Não é impressionante que uma pessoa escreva sobre um assunto do qual ela não tem o menor conhecimento? Não é mais ainda que tanta gente compre esse tipo de porcaria?
Não é tanto pelo que ele escreve, mas mais pela movimentação do que há nos bastidores.

PS. Ouvi dizer que essa hipótese de gene egoísta já foi descartada há algum tempo.

Thiago
Thiago
31 agosto de 2007 8:18 pm

Eis que peço perdão, mas não me posso furtar ao comentário:

“a unanimidade é burra, e com isso TODOS nós concordamos… (Th)”.

nantilde
nantilde
31 agosto de 2007 8:32 pm

Concordo plenamente com a Radical Chic. Que importância tem este senhor para nossas vidas? Na verdade, pessoas atéias podem ser éticas, amorosas, bondosas, pq embora não acreditem em Deus são espiritualizads, enquanto outras podem pertencer mesmo aos quadros da religião e serem verdadeiras feras ( vide os padres pedófilos)A vida sempre será um mistério para todos.Alguns, sem mesmo saber pq intuem a existência de uma outra dimensão e conseguem consolo para suas dores voltando-se para a espiritualidade, outros não o conseguem.Já velhos e doentes só pensam em aumentar seus bens materiais e desfrutar dos privilégios que a riqueza e o… Read more »

Marco
Marco
31 agosto de 2007 9:35 pm

hehe… verdade…
eu estava revoltado…
mas a radical chic me acalmou…
“Deus vai deixa de existir?”
uhauha boa…

PS:
o garoto da agua correu CINCO quadras…
Um bom treinamento para usar, depois, Contra os americanos…

Antonio Pedro
Antonio Pedro
31 agosto de 2007 10:00 pm

Comentários dignos de um religioso-revoltadinho-cabeça lavada que nunca leu um livro sobre ateísmo.

Bono
Bono
31 agosto de 2007 10:17 pm

Eu sabia que não devia assistir a esses vídeos…
E o pior é que os americanos sempre arrumam desculpas lógicas para defender suas ações, no vídeo da menina que foi estrupada um idiota comenta: “Menos pessoas estão sendo estupradas hoje no Iraque doque na época do Sadam.”
Ser manipulado e sofrer lavagem cerebral desde criança produz umas pérolas dessas.
Aí depois esses soldados voltam para seus países de origem, e contribuem para uma sociedade com uma mentalidade bestial, sanguinolenta, irracional e pervertida.

billy shears
billy shears
31 agosto de 2007 11:29 pm

A generalização quando presente em uma retórica assassina a lógica. Tal afirmação pode ser evidenciada nas idéias proferidas por Dawkins, principalmente qdo este diz que as religiões levaram a humanidade para guerras e é responsável por toda sorte de males em nossa história. Ora, não precisa ser nenhum historiador para concluirmos que isso não é inteiramente uma inverdade. Porém, o mal não reside nas religiões e sim nos indivíduos que as compoem. São estes que trazem em si suas paixões e más inclinações, subvertendo os ideais de bondade e virtude oriundos das religiões. Portanto, não se deve amaldiçoar religiões tendo… Read more »

Caesar
Caesar
31 agosto de 2007 11:58 pm

Caramba!!
65 comentários em menos de 24 horas(acho que é recorde).
Pena que num post destes.
Procuramos aqui no SDM, subsídio p/ nossa evolução, pois afinal somos melhores(????) que a maioria da massa impensante; MAS gostamos mesmo é de uma boa BAIXARIA.

É triste 😐

Ed
Ed
31 agosto de 2007 7:34 pm

Bem, Deus é um conceito Não-Falseavel, quer dizer, eu não posso provar que ele existe, mas ninguem prova que ele não exista. Eu sou cristão(pelo menos procuro ser…), mas sem denominação. Realmente acredito que as instituições religiosas estão “podres”, mas exatamente por fazer o contrario do que deveriam pregar ou do que pregam.Acreditar em Deus ou Não é algo pessoal, se vc acretita ou não, isso é seu, sua opinião, vc pode expressa-la, mas não enfia-la guela a baixo dos outros ou tentar ridicularizar quem não concorde com vc.Não sou contra ser Ateu, mas sim contra tentar ser um “Ateu-Ultra-Chiita-Fundamentalista-Terrorista”,… Read more »

Izabela
Izabela
31 agosto de 2007 6:15 pm

Nem gosto do tal Nelson Rodrigues, mas uma vez na vida ele disse algo muito inteligente. Parafraseá-lo-ei: “Toda unanimidade é burra.”

Thiago
Thiago
31 agosto de 2007 4:12 pm

Caro Sr. Saindo-da-Matrix, Concordo que a investida estadunidense seria bem tipificada (uso o conceito de “tipo” propositadamente, vez que, mesmo não havendo concluído seu curso de Direito, já sabe a que me refiro) como latrocínio seguido de estupro, tortura e por aí vai… Com efeito, seus governantes não menos por maldade, quanto por ignorância, só fazem perpetrar atrocidades e sofrimento por nosso globo. Certamente aquela civilização somente pode servir de espelho àquele que se julgar para lá – e muito lá mesmo – da monstruosidade em sua essência assaz depurada. Sim, caro desconhecido, negar tudo isso seria proibir o bom… Read more »

Alan
Alan
31 agosto de 2007 4:44 pm

É… não adianta!! As discussões são intermináveis, e muitas delas baseadas em pseudoconhecimentos de gente que pretende muito mais defender uma posição fixa, mesmo se utilizando de argumentos que contrariam a própria razão, em detrimento de uma conduta que visa abranger tudo o que se tem de conhecimento das mais variadas espécies. Muitas vezes a paixão por um lado cega-nos de tal forma que não conseguimos enxergar o que nos foi mostrado da forma mais clara possível. É assim, creio eu, que se deturpam idéias e pensamentos de uma argumentativa ou linha de raciocínio, ou as vezes alguns desses pensamentos… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 4:45 pm

Olá Thiago. O que pretendi na construção da crítica foi mostrar que Dawkins é o pior exemplo de uma argumentação coerente, não que não haja argumentação coerente contra as religiões (eu já li várias. Por que nunca critiquei os textos do http://www.ceticismoaberto.com/, por exemplo? Porque são bem escritos, bem fundamentados, e como o próprio site diz, “não ofendem a inteligência”). Mas creio que o desenvolvimento do seu comentário serve bem como um ponto de virada no que se vem sendo discutido aqui. Em vez de criticar o Dawkins ou me criticarem pela crítica, vamos então filosofar: De onde o ser… Read more »

Thiago
Thiago
31 agosto de 2007 5:01 pm

Certamente, esplendido será filosofar com tão interessante pessoa. Decerto, confesso-me um dos visitantes mais entusiasmados de seu sítio eletrônico.

Ora, perceba que consegui não só aprazível companheiro de reflexão, como excelente assunto a tratar: a grande filosofia…

Ser-me-ia de imensa valia, entretanto, que o sr. gentilmente pedisse ao garçom um refrigerante, já que não bebo, e tampouco gostaria de passar a conversa a seco.

Se não for abuso, pudéssemos dispensar os petiços baseados em qualquer tipo de carne, já que sou vegetariano…

Shaolin Monk
Shaolin Monk
31 agosto de 2007 5:03 pm

Dawkins visivelmente confunde charrete com chiclete, só isso. Num certo aspecto a religião divide as pessoas, por outro lado a espiritualidade as aproxima. Ritos, rituais, cerimônias… são apenas expedientes. Talvez o sr. Dawkins apenas esteja vendo as pessoas que se dizem religiosas e agem de forma totalmente contrária ao que apregoam. Vão à igreja no domingo e na segunda se caçam, isso sim precisa ser abolido. Precisamos urgentemente de um jejum. Um jejum de baboseiras (pensamentos, palavras e atos idiotas). A religião está fora, a Verdade está dentro. Se Deus é amor e se diz que Ele é Onipresente, Onipontente,… Read more »

Bono
Bono
31 agosto de 2007 5:05 pm

Esse cara só tá querendo aparecer. Mas ele é muito perigoso, assim como o ministro da propaganda de Hitler dizia: “uma mentira, repetida o número suficiente de vezes, transforma-se em verdade”. Queria comentar alguns pontos: @Ética: Essa é uma palavra feia, enquanto não vier de dentro da pessoa o respeito pelo outro e pela vida, ética de fato mesmo nunca vai existir, só vai existir um tipo de politicagem em que as pessoas tentam seguir um padrão de fora para serem aceitos pelos outros. @Deus: Enquanto houver necessidade de acreditar nele ou não, também será outra palavra feia. @DNA: Ele… Read more »

Lia
Lia
31 agosto de 2007 5:19 pm

Generalizar religiosos como viciados em fé é o mesmo que generalizar ateus como pensadores livres. Fundamentalistas e imbecis não se limitam à um ou outro. E o que houve com a individualidade? O que funciona pra mim talvez não funcione com você. É o pensamento de que uma ou outra posição pessoal esteja mais certa (notou o absurdo?) que outra que gera conflitos, não as posições em si. O que o blog do Acid e muitos outros têm feito é compartilhar (ênfase no compartilhar, não impor) posições (sejam dos donos, de Buda, de Jesus, do Unicórnio Cor-De-Rosa Invisível…) para cada… Read more »

Bruno H
Bruno H
31 agosto de 2007 5:33 pm

Acid, você está certo. A bíblia pode ser um texto de inspiração ética sim. Não exclusivamente e, na minha opinião, até um tanto perigoso por estar repleto de ‘moralismos’ no mesmo pacote, mas sim, pode.

De qualquer forma, contra o sermão da montanha não há argumentos.

(Claro, nunca é demais lembrar que o sermão da montanha não tem nada a ver com o conceito institucional de religião… muito pelo contrário, até…)

Claudinho
Claudinho
31 agosto de 2007 5:59 pm

Brilhante!!!!

“sentido aranha” Acid 10 (dez)
x
Dawkin – 0 (zero)

Excelente trabalho Acid, que seu blog possa crescer sempre com palavras tão sabias, bem colocadas, divertidas, claras e ao mesmo tempo profundas. Tomei a liberdade de colocar um link do saindodamatrix no meu humilde blog.

Sucesso !!

billy shears
billy shears
1 setembro de 2007 1:35 am

O seu foi o de número 66…
número bem sugestivo, hein?

Anônimo
Anônimo
1 setembro de 2007 1:59 am

“A idéia de que Deus é um gigante barbudo de pele branca sentado no céu é ridícula. Mas se, com esse conceito, você se referir a um conjunto de leis físicas que regem o Universo, então claramente existe um Deus. Só que Ele é emocionalmente frustrante: afinal, não faz muito sentido rezar para a lei da gravidade!”

Carl Sagan

guaco bey
guaco bey
1 setembro de 2007 12:31 pm

darkins=dawkins. são as drogas. as malditas drogas. eu as uso e as teclas vão e se mudam de lugar. são as dlogas. desculpem pelas dlogas.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
1 setembro de 2007 12:42 pm

Muito bom seu comentário, Guaco. Muito bom!
Rosenrod, Um Ateu: quem engole corda é poço. Se não tiverem bons argumentos pro-Dawkins, façam um favor a todos: não comentem. Continuar repetindo que a “bíblia é má” e “toca o terror” é ridículo. Já passamos dessa fase de encarar toda a bíblia como a palavra de Deus.

UM ATEU
UM ATEU
1 setembro de 2007 3:00 pm

Sim, Sr. “Saindo da Matrix”, eu sei que passaram a fase “de encarar toda a bíblia como a palavra de Deus”…

Mas vcs só trocaram de fonte: continuam buscando a explicação última apenas no que não vêem, no que “não está registrado com razoável margem de segurança” e não podem compreender.

Os “pentecostais”, os “saindo da matrix”, os “espíritas” e os “índios inanomâmis” compartilham da mesma necessidade de crer no sobrenatural.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
1 setembro de 2007 3:26 pm

O fato de buscarmos algo que você não pode ver, não pode tocar, não pode medir e não está referendado por nenhum acadêmico lhe incomoda? Somos uma ameaça a vocês? Graças a Deus passou o tempo em que religiosos queimavam cientistas. Acho que a grande ameaça das religiões é quando elas tentam entrar no território da ciência. Tentar ensinar Criacionismo nas escolas é de péssimo mau-gosto, exatamente por conta das características acima listadas. Isso invalida a estrutura escolar. Agora, um discurso pseudo-científico querer invalidar as religiões (ou, ao contrário, dar um carimbo de “essa religião é boa por causa da… Read more »

guaco bey
guaco bey
1 setembro de 2007 4:16 pm

Por que não podemos conviver com as diferenças? —————- talvez por não acreditarmos (a fé inteira do taoísmo, não a meia fé do homem moderno) firmemente no que achamos ser a verdade verdadeira. O cientísta tem problema com o grande talvez, assim tem o religioso com meia fé. Se minha fé move montanhas, pq me preocupar em expandí-la a todos? minha fé me basta. Se minha razão me dá as certezas que preciso pra seguir, pq vou perder meu tempo combatendo as incertezas dementes dos que não atrapalham o caminhas de minhas certezas? eu encontrei a origem. não sei explicar.… Read more »

Augusto Cezar
Augusto Cezar
1 setembro de 2007 9:05 pm

Fala rapaz! Tranquilo? Saindo da Matrix costuma com maestria lançar mão da ilusão da imparcialidade e jogar do lado do discernimento; se me permite a intertextualidade, discernimento inclusive muito bem evidenciado nos seus papos na “Voadores” – os adoro. Agora… muito do que foi dito neste tópico sobre os extremos, foi extremo rs. Dawkins é obviamente um religioso por sua crença cega na evidência científica, não deixando de ser um extremo capaz de gerar tantos conflitos quanto as religiões propriamente ditas – como teorias de hegemonia racial. Naturalmente o caminho do meio – equilíbrio – não deixa lugar para extremos… Read more »

Marco
Marco
1 setembro de 2007 9:38 pm

Comentario racional: EU fui passional… sim… culpado… mas sou humano… sorry Como o acid disse, ninguém aqui ataca um ateu… não o ridiculariza… não o agride… simplesmente aceita sua escolha. Esse “D” não questiona a espiritualidade… ele se opõe de forma violenta. Na verdade, propõe a sua proibição… Se nos calamos, a ideia cresce. Agora… comentário IRRACIONAL: Ow Ateu… se não cre em nada… o que faz aqui??? Va acessar a bolsa de valores, sites pornos… chats noturnos venda de bebidas… pois se nada há, além desta vida… pq não se entrega aos diversos prazeres que esta existencia oferece? Por… Read more »

Bergman
Bergman
1 setembro de 2007 10:29 pm

Marco, Você não notou a foto do Dawkins pintado de bozo? Ação e reação, lembra? O atrito entre comentaristas é natural pois o tema é polemico e gera opiniões antagônicas. Foi colocado como tema uma figura do universo ateu e logicamente atrairá comentaristas dispostos a defender este tipo de posicionamento perante a vida. Não vejo baixaria como alguns disseram, lógico que aparece alguns Ad-hominems aqui e ali…mas a maioria tenta expressar suas opiniões de maneira civilizada. Alias, vi bons comentários de ambas as partes. É importante que os leitores do blog se manifestem, opinem, mesmo que sejam opiniões contrárias. Nada… Read more »

Caesar
Caesar
1 setembro de 2007 11:56 pm

Oras! guaco bey,
Eu tinha gostado do ¨darkins¨> dark in’s

guaco bey
guaco bey
1 setembro de 2007 12:28 pm

o darkins é reação a ação religiosa contra o evolucionismo. regra de kungfu: se tu bate forte, quando tudo virar esquecimento na névoa do passado em vc, quem apanhou de vc volta e bate com tanta força quanto. o darkins é a reação no jogo da nossa realidade consensual à ação deísta contra o universo ao q ele pertence e q foi criado por darwin. Darkins não é bom. Ele não é mau. Ele é uma partícula cumprindo seu papel em um dos mil jogos que participamos sem perceber. E se continuarmos a jogar esse jogos territoriais ideológicos sem perceber,… Read more »

UM ATEU
UM ATEU
1 setembro de 2007 12:23 pm

Sr. Acid…
se é afeiçoado a mágicas e fantasmas – quiçá até converse com eles -, como vou poder lhe dizer para gostar de coisas baseadas no método científico?

Esotéricos e crentes, uni-vos!

UM ATEU
UM ATEU
1 setembro de 2007 2:10 am

Marco disse: “Comentários dignos de um religioso-revoltadinho-cabeça lavada que nunca leu um livro sobre ateísmo.” Eu não chegaria a dizer isso que o caríssimo irmão de fé disse acima… eu trocaria “religioso-revoltadinho-cabeça lavada” por “esotérico” e “nunca leu um livro sobre ateísmo” por “pouco conhece de física, astrofísica, antropologia, psicologia evolucionista, psicologia, biologia, química, história e sociologia”. Pois é; nunca se deve exigir que pessoas que tangenciam ou namoram o sobrenatural se afeiçoem pelo ateísmo. Vcs – 95% dos que passaram pelas msgs acima -, assim como os crentes, sempre vão preferir o refúgio do inexplicável a qqr tese palusível.… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
1 setembro de 2007 2:33 am

Oh… então eu deveria saber mais sobre física, astrofísica, antropologia, psicologia evolucionista, psicologia, biologia, química, história e sociologia pra poder compreender a profundidade das declarações de Dawkins na entrevista… certo.
Os ateus, com certeza, são ateus justamente por serem versados em tudo isto e atingido a compreensão que permite dizer “Deus não existe”. Perfeito, perfeito…

Marcelo
Marcelo
1 setembro de 2007 3:21 am
ergman
ergman
1 setembro de 2007 3:28 am

“Não há garantia de que o universo se resigna às nossas predisposições. Mas não vejo como poderemos tratar com o universo – tanto o universo exterior como o interior – sem estudá-lo. A melhor maneira de evitar abusos é que a população em geral seja cientificamente educada, para compreender as implicações de tais investigações. Em troca da liberdade de investigação, os cientistas estão obrigados a explicar seus trabalhos. Se a ciência é considerada um sacerdócio fechado, muito difícil e elitista para a compreensão da pessoa média, os perigos de abuso são maiores. Mas se a ciência é um tópico de… Read more »

Beth
Beth
1 setembro de 2007 6:57 am

Pessoal vejam esse vídeo hilário:
————-
The Dawkins Delusion
————–

http://www.youtube.com/watch?v=QERyh9YYEis

Rosenrot
Rosenrot
1 setembro de 2007 8:04 am

Concordo com o Dawkins.Religião é pra reprimir, pra pôr medo, nem q seja um medo inconsciente q faça as pessoas andarem “na linha”.A tal “canga”, “jugo”, do post deste mesmo blog faz um tempo.E serviu por tanto tempo de muleta para o ser humano, q ele não sabe andar sozinho, e ele tem as duas opções: ou continua de muletas o resto da vida, se arrastando, ou arrisca andar sozinho mesmo q caia um ou vários tombos feios, e assim caia-levante-caia-levante até conseguir andar e mesmo correr com as próprias pernas.Mas aí é decisão de cada um desde q não… Read more »

Ed
Ed
1 setembro de 2007 9:15 am

Bem, é como um amigo disse acima. Todos gostamos de um Bom Barraco. Apesar de todo movimento aqui, o que eu to vendo é apenas discução fervorosa, exaltação, e de todos os lados. Parece que todos estão agindo passionalemnte, no calor da discução, mais interessados em empurrar sua ótica do mundo e destruir a ótica do outro do que debater o tema de forma construtiva, como normalmente ocorre aqui.Resultado: A maioria dos posts, talvez até o meu anteior, é apenas discução gerado por um sentimento de descontento com uma posição contraria. Tanto Ateus quanto Religiosos e Espiritualistas. Creio que essa… Read more »

Bono
Bono
1 setembro de 2007 11:33 am

Viva Sri Mahatma Guru Buddha Xavier!!

(Reverências)

Alan
Alan
1 setembro de 2007 11:54 am

To contigo Ed. O circulo vicioso continua. Eu espero que as próximas vezes que o Acid colocar um post aqui no SDMA, eu me contente apenas com a leitura e a auto indagação do mesmo, pois os comentários daqui está me deixando desanimado. Parece que estamos num tribunal querendo provar algo a qualquer custo, não importando os meios para isso (agressividade, ridicularização, etc…) Independentemente da postura (pró ou contra algo). A grande maioria dos comentários estão muito revoltados, passionais e agressivos, salvo alguns, que não são poucos, mas que são minoria. As coisas acontecem no campo das idéias como na… Read more »

Marcelo
Marcelo
2 setembro de 2007 4:11 am

Mto bom esse vídeo do Dawkins. Uma vez estava numa aula de genética e a professora disse q 99,9% das mutações são prejudiciais ao genoma. Então eu pedi um exemplo de uma mutação que tenha resultado em alguma melhora e ela tb nao soube responder. Eu concordo inteiramente com o comentario q diz q o Dawkins eh uma reação as pregações das religioes existentes no mundo. Mtas das argumentações dele fazem sentido em relação a um determinado grupo de religiosos, porem ele nao tem a capacidade de elaborar suas ideias e fica preso àqueles questionamentos que nos fazemos qnd temos… Read more »

Keymaker
Keymaker
31 agosto de 2007 3:41 pm

O problema são as pessoas seja na religião ou em qualquer outro meio, e não culpa da doutrina difundida por algum mestre que gerou a religião. E esse desvio humano acontece, tanto no Estado Religioso quanto no estado de Direito, embora muitas vezes com intensidades diferentes.

Thiago Alcalde
Thiago Alcalde
31 agosto de 2007 1:58 am

Sem palavras, realmente, desde que lí a tal reportagem da super sobre esse cara e ví a cara dele estampada por aí logo ví que era um intelectual vazio.
Como pode um homem desses ser eleito por voto popular um dos maiores intelectuais do planeta.
Acho que deveríamos votar no Acid, pq ele tem idéias brilhantes nesses posts aqui. hehehe
Puxa, Dawkins é um ser alienado do mundo, pois nunca em tão pouco tempo eu tinha lido tanta besteira, fato só comparável ao assistir o programa do pánico! hahaha

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
31 agosto de 2007 8:45 am

Ainda bem que não somos fundamentalistas!… Caso contrário estariamos histéricos, aos gritos: blasfémia, blasfémia…
🙂

Fred
Fred
31 agosto de 2007 9:42 am

Mt bom seus posts kra… continue assim… ñ tenho mt a acrecentar, já disseram oq penso sobre esse fundamentalista exagerado… no entanto concordo q ñ é necessário uma religião para existir ética e moral… ñ gosto de igrejas ou entidades q se autodenominam o UNICO caminho pra salvação da humanidade e verdade universal… Na verdade eu acho q as religiões como conhecemos realmente irão acabar, mas darão lugar a uma nova forma de fé, mais racional e mais vívida… negar Deus é impossivel, mas negar as igrejas e doutrinas não… se pudesse perguntaria a Dawkis “de onde veio a matéria… Read more »

Janú
Janú
31 agosto de 2007 10:02 am

quanto tempo existe essa ciêcia que ele quer que seja a verdade absoluta?
Então ela é só especulativa

Olim
Olim
31 agosto de 2007 10:32 am

O quê seria da Luz sem a escuridão? Esses almofadinhas de capa de revista, que gostam de ibope, de currículos extensos para fundamentar suas idéias obscuras são os mesmos que nos mostram o quê não devemos ser… É algo como “siga-me(mas é bom vc ir para o outro lado)”. Só tenho a agradecer a este “pensador de elite” por sua proposta de explicar o que foi/é/será, pelo o que não é. Acho que as religiões nunca foram as causas das tragédias, absurdos e atrocidades no passado, agora e futuramente. As causas estão em nossa capacidade de discernimento daquilo que se… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 11:02 am

Oi, Bruno H. Claro que é é possível tirar ética de outras fontes. O que me indignou é Dawkins dizer que não se tira ética da bíblia, o que é o maior absurdo que já li na vida. O cara distorce tanto a realidade que, quando ele diz uma frase generalizante e irreal como essa, a pessoa (que já tenha alguma raiva das religiões) vai acabar por concordar. Leiam e releiam a estrutura da frase: “Qualquer um que disser que baseia sua ética na religião está quase certamente enganado”. Essa é a mentira que ele vende, sem nenhum fundamento. Por… Read more »

MoonChild
MoonChild
31 agosto de 2007 11:38 am

Amigos, Recomendo a quem entende inglês fazer o download via Emule do documentário “The War Tapes”. Não encontrei legenda ainda, tampouco uma versão nacional para comprar (compraria se existisse)… acho que um documentário como esse mostra bem porque alguns jovens se revoltam e chegam a grandes extremos. Obs. O documentário trata de gravações feitas pelos próprios soldados e reunidas nesse documentário. A lei da ação e reação embora relacionada ao espiritismo, é uma lei universal que, acredito eu, todos já foram testemunhas em suas próprias vidas. Que reação o Universo terá para os Estados Unidos e outras nações, de acordo… Read more »

Alan
Alan
31 agosto de 2007 11:45 am

Eu li alguns trechos do livro “Deus, um Delírio”, e posso afirmar que ele é extremamente sádico e irônico para com todos os grandes pensadores da humanidade que de alguma forma tentaram demonstrar a existencia de algo superior ao mundo cogniscível. Vulgo Deus Só pra citar um exemplo. Num determinado trecho do livro, Dawkins tenta mostrar ao leitor que todos os 5 argumentos que São Tomás de Aquino utilizou-se para provar a existência de Deus são ” Um delírio”. Num deles Aquino diz que há bondade no mundo e nas pessoas, mas que ela não é plena, algumas coisas são… Read more »

MoonChild
MoonChild
31 agosto de 2007 11:47 am

Um outro documentário interessante que dá pra tirar no Emule, é “Iraq in fragments”, vale muito a pena, e tem legenda, basta procurar no Google…

Lia
Lia
31 agosto de 2007 12:38 pm

Na mesma linha do Alan, o que me deixa pasma com Dawkins é sua linguagem rude e infantil e raciocínio sofista lambuzado de “ciência”.

Ele é um polemista, tão ávido de espalhar seu credo quanto foi a igreja medieval, e não menos extremista.

Essas mídias que o idolatram são especializadas em ciência?

Porque uma publicação científica dando corda para esse palhaço não faz o mínimo sentido.
Sério, não é possível…

O que ele devia pesquisar é a tendência genética do ser humano ao fundamentalismo.
Ia acabar se surpreendendo…

Bruno H
Bruno H
31 agosto de 2007 8:38 am

Off Topic For Fun 🙂 Agosto 24th, 2007 · del.icio.us · Email This Post Email This Post · 100 Comentários O blogueiro Steve Wells decidiu repassar a Bíblia cristã e fazer as contas. Deus matou 2.270.369 pessoas entre a primeira página do Gênese e o último pobre coitado que cai morto pelas mãos anjo do Senhor, devorado por vermes, em Atos 12:23. Satã matou 10. Por certo este trabalho de contabilidade bíblica há de ser descartado como fútil por não querer dizer nada, por não ser bem assim, por não ser um retrato fiel de quem Deus realmente é. Deus… Read more »

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
31 agosto de 2007 8:32 am

Já agora, Bruno H também está correcto. As fontes da ética são muitas…

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:07 am

“Em um estado sombrio nós nos encontramos… um pouco mais de conhecimento iluminar nosso caminho pode.”
— Yoda

esse tal de Dawkins devia no minimo, no minimo(com afeito) estudar mais o assunto religião…não da pra criticar aquilo que não se conhece de perto, e ainda diz que o metodo cientifico é o metodo salvador, sendo que nem ele faz uso do mesmo, é mais que obvio que a inferencia rolou solta la, e ainda se diz um homem da ciencia… ve se pode, é rir pra não chorar
😆

Bergman
Bergman
31 agosto de 2007 3:30 am

Sobre o livro: Não li portanto vou me abster de comentar. Sobre Dawkins: É o Pit-bull do ateísmo que defende com mordidas seu posicionamento radical contra as religiões. Desculpe o “Ad hominem”, mas é um grosseirão. Dizem que o que ele quer com esse livro é que os ateus, assim como estão fazendo os gays, saiam do armário e vistam a camisa do “orgulho ateu”. É um radical e qualquer tipo de radicalismo me dá arrepios. Tenho saudades de Carl Sagan…esse tinha classe. Sobre as religiões que Dawkins despreza: Infelizmente ele está certo. Foi o voto conservador cristão que elegeu… Read more »

Cristian
Cristian
31 agosto de 2007 2:16 am

Sem comentários, esse cara é mais sem noção do que o Joselito.
Coitada da mãe que trouxe ao mundo um “cientista” destes. E coitados de nós que temos que ouvir as bobagens que ele propaga.

Bruno H
Bruno H
31 agosto de 2007 7:31 am

Achei um post de mal gosto. E isso é bastante raro.
Mas, como foi travado um embate de idéias não há muito o que acrescentar.

Apenas que, ÉTICA é tirada sim de “outros lugares”. Inclusive do bom senso, da filosogia, da história.
Ninguém precisa de ‘livro-religioso-sagrado’ nenhum para tal.

Cristian
Cristian
31 agosto de 2007 2:20 am

Meu Deus, acabei de ver o vídeo dos soldados espancando as crianças, e aquela voz sádica do soldado comentando…estou estarrecido. Meu estômago até embrulhou. Desculpe o desabafo.

Marcelo
Marcelo
31 agosto de 2007 2:24 am

Por que não chamar os ateus de religiosos tb. Eles adoram ao Acaso enquanto os religiosos adoram a Deus.
Quem não é religioso está entre os dois. Pois não venera nem um nem outro.
Eu sei q não tem nada a ver com o post, mas alguem poderia me explicar sobre a existência de vida em marte e em jupiter na doutrina espirita?

obrigado

Bindi
Bindi
31 agosto de 2007 8:18 am

Em nome da liberdade de expressão, temos que conviver com todos os tipos de opinião, inclusive dos extremistas como o sr. Dawkins. Mas não somos obrigados a concordar com nenhuma delas…apesar de não seguir nenhuma religião, quero ter o direito de poder escolher ser católica, evangélica, muçulmana, etc. sem ser ridicularizada ou perseguida por isto, e ter que manifestar minha fé numa catacumba.

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
31 agosto de 2007 8:27 am

Caro Acid, foste mesmo acido com este “pitbull ateu” (adorei a expressão de Bergman). Mas acabo por concordar com a tua posição. O pobre do homem é um fundamentalista. Ateu, mas fundamentalista. Não gosto de gente assim. Seja gente religiosa (seja qual for a religião) seja ateu, não gosto de fundamentalista. Este tipo de gente são daqueles que conseguem cometer atrocidades em nome das suas (muitas vezes limitadas) ideias. Ah, Carl Sagan, por onde andas? Tenho saudade desse grande homem (cientista, filosofo…). Penso que devemos defender um modelo de sociedade mais tolerante, com respeito pelos métodos cientificos e pelos métodos… Read more »

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
31 agosto de 2007 8:30 am

Correcção: queria dizer “triste” e “Deus” 🙂

Criticas fáceis
Criticas fáceis
31 agosto de 2007 12:47 pm

Acid, como é fácil criticar, não é mesmo? Quem sabe você escreve um livro melhor então, já que é tão fácil assim contrapor Dawkins. Cara, lê isto com atenção: religião é lixo, cega as pessoas. Você mantem esta postura crítica facilmente porque pensa que sair da MATRIX é ficar alinhando argumentos. Cara, sair da MATRIX é muito mais do que isto. Este teu blog mais atrapalha do que ajuda. Pena… poderia ser diferente.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 12:53 pm

Cara, eu lhe GARANTO: Meu livro seria FODA, o máximo, MUITO melhor que essa baboseira. Eu poderia até fazer um livro pró-ateu com argumentos muito melhores do que os desse cara! Mas não tenho editora, não tenho PHD, não fico falando frases sensacionalistas e arrogantes, então não ia aparecer na mídia o suficiente pra vender livros. Por que será que Bruna Surfistinha vende mais que Monteiro Lobato? PS: Criticar da boca pra fora é fácil, sim, como Dawkins e os pastores evangélicos fazem quando querem manipular a platéia a seu favor. Agora, criticar com razão e argumentos com base, que… Read more »

Djinn
Djinn
31 agosto de 2007 2:27 pm

Eu concordo com Dawkins! Em partes claro. Não gostei da sua atitude de querer revidar todos os comentários dele, pois ateh mesmo um doido pode falar alguma verdade, e se assim ele fizer, vc vai acabar tendo de enrolar ou mentir para sair dessa. Vc ficou parecendo um cristão neurótico defendendo a todo custo o q acredita. Minha opinião: O mundo seria uma tragédia sem a religião, pois sim foi ela quem ditou a ética de boa parte da humanidade, mas essa ética como mesmo disse Dawkins é falsa, pois é imposta por medo ou por simples repetição, transformando as… Read more »

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:38 pm

Realmente é muito bom um estado de direito accom como o brasil né, um pais muito justo!!!

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:39 pm

Não vi o vídeo dos americanos, mas sei que não se compara a muitos anos de atraocidades cometidas por todas as sociedades em nome das religiões – até os budistas !(budismo para mim não é religião!)!

Mas vejam, num estado de direito, como é os Estados Unidos, esses atos são muito mais combatidos que estados de religiosos.

Com certeza, se cometeram crimes, serão julgados e possivelmente condenados. E esse tipo de certeza só temos em estados de direito – aqueles mais afatados dos ideais religiosos.

Bardo
Bardo
31 agosto de 2007 3:19 pm

Não sei se já comentaram isso aqui, mas o conflito na Irlanda do Norte teve cristãos que usaram de terrorismo para fazer prevalecer sua posição, Católicos e Protestantes, leia-se.

Walter Ego
Walter Ego
31 agosto de 2007 3:21 pm

Com o revidar das palavras do Dawkins. Ele, o Dawkins triunfa. E com a exaltação do ego, todas as pessoas como ele triunfam tb. E o evoluir espiritualmente que tanto vcs ditam por aqui? Onde fica?

Pois eh. E tem esse lado mesmo “religião´´ criada pelo homem. Sorte sim do homem da caverna.
Sem Deus. Sem religião. Sem políticos.
A religião adestra sim um monte de gente. Inclusive um monte delas realmente precisam ser adestradas. A utilização do medo foi só uma fase. Que teve seu auge na Inquisição. O forte mesmo são as táticas de retórica e persuasão.

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:46 pm

O Brasil ainda tem um ranço católico muito forte. Tem que se livrar de vários aspectos religiosos. Mas é muito melhor que uma índia ou uma turquia.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 3:05 pm

Djin, pelo amor de Nietzsche, não cometa o mesmo erro de Dawkins em tentar nos enfiar goela abaixo que a ética advinda da religião é por “medo”. Quem aqui tem medo de Jesus, de Buda? Esses caras vieram romper com esse medo de algo superior a você, é uma transformação de dentro pra fora, então é um erro misturar isso com um temor que as pessoas sentem por Jeová ou Allah (vejam que até no sufismo há uma relação íntima entre Allah e a pessoa).

Loko
Loko
31 agosto de 2007 3:23 pm

Realmente engraçado, vejo milhares de pessoas q só são boas pq esperam alguma recompensa divina, ou temem um lei carmica, no fim esses são os maiores hipocritas, se deus sabe o q vai no seu coração, com certesa ele sabe se vc esta sendo sicero no q dizes

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 3:38 pm

Graças “a Deus”, nem Jesus, nem Sócrates, nem Budha nem Kardec criaram religiões!

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:26 pm

Eu confio mais num povo ateus num estado democrático e participativo do que num povo religioso, com determinações vindas “diretamente” de Deus.

essa é a diferença entre ciência e religião: numa há investigação, trabalho, pesquisa, revisão, noutra há verdades, messias, repostas vindas diretamente de Deus ou de um ser mais evoluído que nós …

Walter Ego
Walter Ego
31 agosto de 2007 2:25 pm

Talvez, o que o Dawkins faz é para ganhar fama e dinheiro. E o que é fama e dinheiro? O Objetivo consciente e inconsciente do homem atual. O engraçado é que ele desperta o ego de todos. A mente é puro tumulto. Raiva = ego. O mundo só esta assim por causa de tanta discussão religiosa. Por causa de tanta discussão inútil que causa a exaltação dos egos. Por isso que “assim caminha a humanidade. Com passos de formiga e sem vontade.´´ Ah! Mas é só raiva (ego). Mesmo o homem mais zangado do mundo relaxa e dá risada. Ele… Read more »

Miquinho
Miquinho
31 agosto de 2007 1:34 pm

Agora fiquei curioso: qual seria a estratégia do cara para “acabar” com as religiões? Proibir as pessoas de se expressarem a respeito de Deus/religião nas escolas e repartições públicas (como já é feito nos EUA), proibir a construção de novas igrejas, embargar os bens do Vaticano e da igreja Universal? O que ele quer é ganhar seu dízimo fazendo palestras e vendendo livros…

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
31 agosto de 2007 1:17 pm

Criticas Fáceis, aqui o Acid conseguiria fazer algo muito melhor do que o “Pitbull Ateu”. Aquilo que Dawkins faz é morder. Não vi ali nenhuma ciência. Não vi método cientifico. Nem vi método filosófico. O que vi foi método sarcástico-demolidor-anormaloide. Que comentário mais podemos fazer?

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:05 pm

Evolução do Saber: Senso-comum -> Mitos -> Religião -> Filosofia -> Ciência -> Filosofia e Ciência. Eu sou partidário de qua a Religião foi necessária para um tempo: porque explicava sem explicar, mas mesmo assim acalmava os ânimos. Se um árvore se julga pelos frutos, em termos de explicação do mundo e do universo, de lei e justiça, as ciências (física, justiça, sociologia) e as filosofias ( Sócrates, Nietzsche e até Buda (seu aspecto funcamental, filosófico) estão anos-luz a frente das explicações mitológicas e religiosas. Em qual sociedade temos mais justiça: numa laica ou numa religiosa? Qual a sociedade temos… Read more »

Marco
Marco
31 agosto de 2007 2:07 pm

Sou professor de arte marcial.
(pratico a 20 anos)
Tenho treinamento com armas de fogo.
Treinamento em primeiros socorros, medicina oriental, herbologia.

Se eu não tivesse uma espiriualidade muito arraigada no coração… eu seria um perigo pra sociedade.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 2:11 pm

Eu preferiria ser governado pelo Dalai Lama.
Não “passou o tempo” da religião. Ela é tão necessária quanto a filosofia, e por vezes se confundem, como na obra de Platão.

alan
alan
31 agosto de 2007 2:12 pm

este forum esta indo exatamente na linha inicial da discussao:uns contra os outros, por favor pensem em harmonia entre nos seres humanos e a nossa mae natureza.

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:12 pm

O que impede a evolução do pensamento, para a extirpação da religião das sociedades modernas, são os conceitos atávicos que ligam as religiões como se fossem mensagens enviadas diretamente por Deus. Eu não combato Deus. Combato as religiões. Se Deus existe ou não, nada tem a ver com as religiões. As religiões não são produtos de Deus ( se fossem, teriam sido muito mal escritas, e conflitantes), mas sim produtos de homens num processo histórico-social. E, acreditem ou não, eu acredito em reencarnação sem ter ou necessitar de religião. Eu tenho ética, sem ter moral. Minha moral eu tento desconstruir… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
31 agosto de 2007 2:17 pm

Um filme sobre o estupro e assassinato de uma iraquiana de 14 anos por soldados norte-americanos, que também mataram sua família, chocou o Festival de Cinema de Veneza, com imagens contundentes que deixaram alguns espectadores em lágrimas.

Redacted, do diretor norte-americano Brian de Palma, é um dos pelo menos oito filmes sobre a guerra no Iraque que têm lançamento previsto para os próximos meses.

http://cinema.terra.com.br/veneza2007/interna/0,,OI1870733-EI10167,00.html

Anônimo
Anônimo
31 agosto de 2007 2:19 pm

A quase totalidade dos filósofos combateram as religiões;
A religião é o ópio do povo.
Fé é aquilo que te faz negar verdades.
Não se deve crêr naquilo que não se entende.
Pressupor saber algo (fé = crêr sem evidências – segundo enciclopéias) é o mesmo que se julgar sábio sem o ser.

Flávio BH
Flávio BH
31 agosto de 2007 3:39 pm

Alguém aí pode me convencer que a careca NÂO pode ser um tipo de penteado?
O Bruno H ainda não me convenceu…
Tô brincando, mas é pq acho que de certa maneira o Kardec tava certo quando disse no final do livro dos espíritos que a grande maioria dos críticos são pessoas que sequer se dão ao trabalho de conhecer/ler/pesquisar aquilo que criticam.
E fica a pergunta que não quer calar: Quem acha que o atéismo, agnosticismo, materialismo são apenas mais opções de um mesmo cardápio das crenças?
eiiiiita!!!
abrçs

guaco bey
guaco bey
2 setembro de 2007 11:22 am

na boa, ateu burro é phoda. ó, uma dica pros ateus buscando argumentos melhores q os do dawkins contra a religião (não espiritualidade) presentes aqui na área: em vez do dawkins, um argumento melhor contra a religião vc encontrará nesse documentário que vai do universo ao krishna, mitra e moisés ao jesus, passando pelo federal reserve (“banco central dos eua”), nazismo, vietnã, 11 de setembro e guerra contra o terror. todo em inglês sem legendas no momento. é um documentário de feitura coletiva e invisível, coisa boa que deveria ocorrer com mais frequencia, quem sabe? Já pro camarada cristão com… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
4 setembro de 2007 10:19 pm

Ora, ora…
Genes de um homem mostram que o DNA ainda é um mistério
http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI1880168-EI4795,00.html

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
7 setembro de 2007 8:35 am

Aurelio, está chamando de ratrdado aos outros? A “retardadice” está do lado de quem a invoca…

Eduardo do Porto
Eduardo do Porto
7 setembro de 2007 8:35 am

Aurelio, está chamando de retardado aos outros? A “retardadice” está do lado de quem a invoca…

Aurelio
Aurelio
10 setembro de 2007 4:26 pm

“Afinal, ele não age como cientista. Que eu saiba cientistas não dão palpites sobre matérias que desconhecem POR COMPLETO. Ou, pelo menos, admitem quando é só um “chute”, uma teoria, algo assim, que precisa ser verificado, estudado, refutado. Acho que vc sabe…” Dawkins já cansou de admitir que a ciência sempre pode ser corrigida e que pode estar errada. Que se algo suportado pela ciência estiver equivocado, a ciência aceita sua correção. Já viu o documentário “The root of all evil”, dele? Dá uma espiada nesse vídeo: http://www.pesquisapsi.com/linhacetica/article/168/diferenca-entre-alegacoes-religiosas-e-ciencia se puder, veja o documentário todo (é fácil de achar em bit… Read more »

Aurelio
Aurelio
7 setembro de 2007 10:31 am

Aliás, você devia ler o livro, em vez de querer julgar e avaliar TODA A ARGUMENTAÇÃO DO DAWKINS baseado em uma curtíssima entrevista.
Seria mais inteligente de sua parte.

Olim
Olim
7 setembro de 2007 12:44 pm

“O sr. Dawkins já ultrapassou aquele limite da truculência mental e do desprezo à verdade, para além do qual toda a discussão de idéias se torna inútil. Não se trata de provar nada para o sr. Dawkins. Trata-se de provar seu crime perante os tribunais. O dele e o de inumeráveis organizações militantes, subsidiadas por fundações bilionárias, dedicadas a fomentar por todos os meios o ódio às religiões.”

http://www.midiasemmascara.com.br/artigo.php?sid=4525

Caesar
Caesar
7 setembro de 2007 3:32 pm

Vou reiterar a indicação feita p/ Olim
http://www.midiasemmascara.com.br/artigo.php?sid=4525
Como diz um amigo meu: ¨Ultrapassou a fronteira do incorrigível¨ (com sotaque italiano)

Simão
Simão
8 setembro de 2007 3:01 am

Infelizmente Dawkins tem parte de razão, sim, Acid, basta olhar alguns dos seus comentários com calma para perceber que algumas de suas argumentações não são suficientemente significativas, são parciais, como ele faz isso também.

Mas vou escrever com calma outro post para falar um pouco do que penso ser “lúcido” em Dawkins, aliás, não dele, basta pegar um simples livro de História e folhear aleatoriamente para encontrar facilmente exemplos da influência pesarosa das religiões na cabeça das pessoas, e não foram só promovidos por fundamentalistas armados.

Você está sendo muito parcial, Acid, isso não faz bem para a sua cabeça.

Simão
Simão
8 setembro de 2007 7:19 pm

Acid, inicialmente peço desculpas por dizer no post anterior algo que não foi bem o que eu quis dizer. Quando escrevi “não faz bem para a sua cabeça”, e isso eram 3 da manhã, com muito sono, queria dizer na verdade que não “faz bem para o seu pensar”. Se me permite fazer uma crítica construtiva à forma como você fez as suas réplicas, devido a sua parcialidade “escrachada” (tem todo o direito, o site é seu) você fez réplicas de um nível argumentativo que deixou a desejar. Imagine, até falar da mulher do Dawkins você falou ….rs…. A sua… Read more »

Anônimo
Anônimo
9 setembro de 2007 8:39 pm

off topic…

Alguém ja viu:

O Êxodo Decodificado “The Exodus Decoded”

Ano de Produção: 2006
País de origem: Canadá
Gênero: Documentário
Duração: 95
Direção: Simcha Jacobovici

Segundo a Bíblia, os hebreus fugiram do Egito rumo à Palestina guiados por Moisés numa jornada conhecida como o Êxodo. Historiadores contestam o episódio. Neste filme, o diretor Jacobovici alega ter achado relíquias e indícios que comprovam que o Êxodo realmente aconteceu.

Dirigido pelo canadense Simcha Jacobovici, o documentário tem a produção executiva do diretor James Cameron, que também narra parcialmente o filme.

http://www.hbo-br.tv/sinopsis.asp?ser=&prog=ALI091834

se viram oque acharam???

Felipe
Felipe
7 setembro de 2007 12:05 am

É difícil pacas discutir pontos de vista religiosos. A experiência é tão pessoal e intransferível, que é muito difícil persuardirmos as pessoas através da lógica ou da razão.

Acid, admiro sua coragem de expor tão abertamente suas opiniões no blog. Eu mesmo não tenho saco pra ficar explicando o ‘porquê’ eu acredito nisso ou aquilo. Eu apenas acredito, e pronto ! Se eu tiver errado, o tempo vai me dizer.

Como você, eu sinto e percebo a ordem universal das coisas, que tá muito acima da nossa razão.

um grande abraço

V.
V.
6 setembro de 2007 11:18 pm

Só achei lamentável a montagem em cima desse senhor. Você, Acid, pessoa inteligente que me parece ser, não precisava apelar para tanto. Com isso você acaba atraindo opiniões agressivas de graça. É como um nobre colega acabou de falar: ação e reação. De resto, percebe-se que a linha de raciocínio do Dawkins é quase tão lobotomizador quanto o de um católico que crê fervorosamente em seus dogmas irracionais (para o que se entende por razão).

Cristian
Cristian
4 setembro de 2007 10:46 pm

Cada um na sua, quem não acredita em Deus, seja feliz aqui na matéria mesmo. Quem acredita, boa sorte na caminhada em busca Dele.
Como disse um ateu uma certa vez: Eu sou ateu graças a Deus!

hehe

Anônimo
Anônimo
5 setembro de 2007 8:01 pm

off topic…

Alguém ja viu:

O Êxodo Decodificado “The Exodus Decoded”

Ano de Produção: 2006
País de origem: Canadá
Gênero: Documentário
Duração: 95
Direção: Simcha Jacobovici

Segundo a Bíblia, os hebreus fugiram do Egito rumo à Palestina guiados por Moisés numa jornada conhecida como o Êxodo. Historiadores contestam o episódio. Neste filme, o diretor Jacobovici alega ter achado relíquias e indícios que comprovam que o Êxodo realmente aconteceu.

Dirigido pelo canadense Simcha Jacobovici, o documentário tem a produção executiva do diretor James Cameron, que também narra parcialmente o filme.

http://www.hbo-br.tv/sinopsis.asp?ser=&prog=ALI091834

se viram oque acharam???

Tina
Tina
6 setembro de 2007 1:49 pm

Essa revista, super interessante, sempre traz polêmicas relacionadas a religiões, Cristo, Deus, tudo que envolve crencas, como coisas relacionadas a mentes menos qualificadas. Deveríamos deixar de ler a super interessante, que ao meu ver, nada de interessante tem, mas babozeiras e se formos ver, artigos com assuntos importantes escritos por jovens que nada conhecem da vida ou que recém saíram da fralda dos pais. Que a fé em um Deus pessoal é importante isso nem se questiona. Talvez o Deus que o Dawkins tenha criado sim, talvez este não exista.
E o cara se achando o TAO da hora.

Vera
Vera
6 setembro de 2007 3:14 pm

Desculpe se estou muito atrasada para comentar, mas não entendi: “Homens bomba da Seicho no ie”???? Seicho no ie não é aquela filosofia pacifista fundada por Masaharu Taniguchi?
No mais, parabéns pelo post. Eu não iria comprar mesmo o livro, e a abordagem deste assunto me ajudou a conhecer e discordar mais do tal Dawkins

Aurelio
Aurelio
6 setembro de 2007 6:04 pm

O imbecil do “saindo da matrix” falou: “Esse homem se considera cientista? Espero que não.” Talvez o retardado deva ver o currículo do Dawkins: http://www.simonyi.ox.ac.uk/dawkins/CV.shtml Dawkins falou: “O que as pessoas fazem é selecionar versos da Bíblia que as agradam, mas a ética e a moral elas pegam de outro lugar. Muita gente também acredita que sem a religião todos se transformariam em pessoas más, que não haveria nada que lhes impedisse de praticar atos ruins. Se isso é verdade, essas pessoas não são realmente boas. Elas só são boas porque têm medo de serem punidas por Deus, e não… Read more »

Paulinha
Paulinha
6 setembro de 2007 7:03 pm

“Ética e moral não vêem da bíblia. Se viesse, todos os religiosos seriam éticos e morais, o que não é verdade.” Estava essa semana conversando com um professor de ética profissional, que é judeu, sobre a ética contida nas religiões e acabei me recordando das pessoas que mais são conscientes do seu caminho espiritual.. elas são as pessoas mais éticas que eu conheço! Independente de qual religião forem. O detalhe não é “todos os religiosos seriam éticos e morais, o que não é verdade” e sim, os religiosos mais sérios que estão comprometidos com a Verdade. Se bem que, lembrei… Read more »

Olim
Olim
6 setembro de 2007 7:20 pm

Aurélio:

Realmente ética e moral não vem da Bíblia, nem cai do céu como maná…

Respeito e amistosidade tampouco.

Li o livro e achei a argumentação dele como um mar de conhecimento, mas com 1cm de profundidade.

A Religião não é o ópio do povo, o povo é que a torna em ópio através de pretensos especuladores da verdade superficial e enganadora, na maioria das vezes dominadora.

Se currículo extenso fosse condição imprescendível para aprofundar algo então uma pessoa pobre, analfabeta jamais poderá acessar aquilo que é, a princípio, deveria ser um bem de todos: a Vida, a Verdade.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
6 setembro de 2007 9:09 pm

Dicionário Aurelio: Talvez o retardado deva ver o currículo do Dawkins. Acid: A pergunta continua. Afinal, ele não age como cientista. Que eu saiba cientistas não dão palpites sobre matérias que desconhecem POR COMPLETO. Ou, pelo menos, admitem quando é só um “chute”, uma teoria, algo assim, que precisa ser verificado, estudado, refutado. Acho que vc sabe… Dicionário Aurelio: Ética e moral não vêem da bíblia. Se viesse, todos os religiosos seriam éticos e morais, o que não é verdade. Acid: Esse é seu melhor argumento? Mesmo?! Confesse: Você é o Richard Dawkins em pessoa, usando um tradutor, certo? Até… Read more »

Right Eye
Right Eye
9 setembro de 2007 9:10 pm

Por favor, leia o livro “Deus, um delírio”. LEIA! Todos os argumentos que você apresentou em contrariedade às respostas de Dawkins estão muito bem derrubados no livro. E, observe, também, que ele nem precisou te conhecer para saber que argumentos usaria.
Ciência é isso, meu caro. Previsibilidade.

Estude um pouco mais e deixe essa de “visão deturpada do mundo” de lado. Nem a minha e nem a visão de ninguém é a única ou, até mesmo, “A CORRETÍSSIMA SUPREMA” neste mundo.

Saia da Matrix. 😉

Com as homenagens devidas,
The Right Eye Of Revolution

Atomus
Atomus
10 setembro de 2007 12:07 pm

Right Eye, já que você leu o livro, apresente-nos pelo menos três pontos onde as colocações do Acid são refutadas, para enriquecermos o debate.

PC
PC
10 outubro de 2007 1:21 pm

Acabei de ler o livro do Dawkins, gostei muito. Digitei “Dawkins” no GOOGLE para ver alguma coisa mais que me interessasse e caí neste lixo.

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
10 outubro de 2007 2:39 pm

Vc devia ter clicado no PRIMEIRO link, não no segundo.

Ancião.
Ancião.
9 outubro de 2007 10:41 pm

Bem, minha bagagem cultural é parca e não dá para argumentar ad infinitum com tantas opiniões divergentes. o que é muito bom. aprendo mais. Aproveito para ser aquela testemunha silenciosa como numa sessão de meditação que assiste os pensamentos surgirem e partirem sem esforço até que!!!de repente se imerge numa paz profunda. Li pacientemente cada opinião como se todas elas fossem minhas-e que na verdade são-mesmo as contraditórias, discrepantes, etc…e cheguei rente, bem rente aquele insight da “sabedoria semelhante ao espelho” de uma certa filosofia oriental. A grosso modo, tudo que percebo no outro,idéias, concepções, sentimentos é porque em algum… Read more »

Anônimo
Anônimo
17 outubro de 2007 1:52 am
Anônimo
Anônimo
23 outubro de 2007 6:00 pm

me conta uma coisa, o dwakins leu a biblia, poruqe vc não lê o livro dele?? Porque assim vc fica em desvantagem, aliás, sim Dawkins é um cientista respeitato, precisamente um zoólogo e professor de Oxford. Não, ele não é inglês ele nasceu no Quênia. Um abraço ateu.

Rômulo
Rômulo
11 novembro de 2007 9:26 am

Acid,
Vc foi no mínimo precipitado com suas críticas. Deveria pelo menos ler o livro antes. Não dá pra pegar as idéias do Dawkins só por essa entrevista. Leia o livro e fique na matrix, é muito provavelmente a única coisa que temos, e pare de perder tempo com fantasias esotéricas.

Abraço

Anônimo
Anônimo
15 novembro de 2007 2:17 am

Acid, Veja que irônico: você faz exatamente o que critica em Dawkins, a respeito de usar tendenciosamente a retórica para defender ou refutar algo. Por exemplo: Dawkins não diz que a Bíblia não possua conceitos éticos ou morais. Pelo contrário. Como documento histórico (e, admitamos, é isso que a Bíblia é) ele até defende o seu estudo. O que ele diz, grosso modo, e talvez vc não tenha querido entender, é que não é preciso conhecer esse livro para ser bom, ético, etc. Isso está errado? Engraçado também você citar os ensinamentos filosóficos de Jesus (cujo conceito de “dar a… Read more »

Saindo da Matrix
Saindo da Matrix
15 novembro de 2007 11:39 am

Puxa, que bom que finalmente alguém percebeu a ironia do texto. Ao ler a entrevista ESTÚPIDA do Dawkins, eu, p da vida e muito distante dos ensinamentos do Mestre Jesus, resolvi dar a ele um pouco do próprio veneno. E o resultado está no número (e tipo) de comentários. Não precisa ser gênio pra fazer polêmica, basta ser grosso. Dawkins quer se digladiar com os religiosos no campo da histeria, justamente o que eu abomino (pra mim a religião deve andar de mãos dadas com a razão), por isso eu o desprezo. Ele não quer realmente dialogar, abrir os olhos… Read more »

Anônimo
Anônimo
17 novembro de 2007 12:27 pm

Se eu fosse o Aurélio eu não perdia tempo regutando uma bobagem dessas…

Anônimo
Anônimo
24 setembro de 2007 9:26 pm

A minha premissa básica é a de que nossos esquemas Persistenceofvisioncognitivos (quer sejam crenças religiosas, teorias científicas ou princípios filosóficos) não são a expressão de uma verdade objetiva, mas ferramentas que usamos para organizar nossa experiência do mundo, ou seja, a percepção que temos da realidade e nossas interações com ela. O valor de um esquema cognitivo, portanto, está na sua utilidade para mediar a relação do indivíduo ou do grupo com um real que, em si mesmo, é incognoscível e permanece fora do nosso alcance. É por isso que tanto religiosos quanto cientificistas, quando entram aqui, ficam perplexos e… Read more »

Anônimo
Anônimo
21 setembro de 2007 10:34 pm

As intervenções do “Acid”, são a prova maior de que o Sr.Dawkins está completamente certo.

Anônimo
Anônimo
10 setembro de 2007 1:54 pm

Pra quem quiser ler e tirar suas próprias conclusões:
http://www.4shared.com/file/23646951/21247ac8/Deus_um_Delrio_-_Richard_Dawkins.html

Atomus
Atomus
11 setembro de 2007 5:53 pm

Olá Aurelio! Vou me intrometer no papo de vocês e tentar responder suas colocações. Caso encontre erros, por favor corrija. Acid: “Afinal, ele não age como cientista. Que eu saiba cientistas não dão palpites sobre matérias que desconhecem POR COMPLETO” Aurelio: “Aliás, as opiniões dele contra religiões são mais filosóficas do que propriamente ditas “em nome da ciência”. A ciência é laica, neutra. Não afirma que nenhum deus existe, nem que existe. E mesmo assim, não existem evidências científicas da existência de nenhum deus. Também nem preciso lembrar que o ônus da prova seria de quem alega que qualquer deus… Read more »