CIDADE DAS SOMBRAS x MATRIX

Há alguns meses fiz um trabalho pra Universidade comparando o obscuro filme Cidade das Sombras (Dark City) com The Matrix. A semelhança é assustadora. O mais intrigante é que Cidade… foi lançado 1 ano antes de Matrix, e consegue ser muito mais profundo em suas nuances psicológicas (e talvez por isso tenha sido um fracasso de bilheteria). Recomendo a qualquer fã de Matrix que dê uma olhada em Cidade das Sombras, e enquanto isso veja o resto do post pra dar uma conferida na semelhança entre os dois filmes, a referência visual de Cidade…, que é inspirado no expressionismo Alemão (Metropolis, Nosferatu, etc). Procurei material na internet e encontrei um site francês que também comparava algumas cenas dos dois filmes, então usei-o como ponto de partida e fui acrescentando várias outras cenas.

Este é um filme que estava à frente de seu tempo. Mais precisamente 1 ano à frente de seu tempo. As platéias não estavam preparadas para encarar este tema de “realidade que não é realidade” até verem The Matrix, em 1999. Pode-se dizer que Cidade das Sombras (Dark City) pega o tema de Matrix e o aprofunda 3 vezes mais.

Não sei se os irmãos Wachowski copiaram descaradamente este filme ou foi uma simples coincidência (ou ambos os diretores acessaram a mesma egrégora, talvez) mas o fato é que os filmes possuem espantosas semelhanças.

Ele não é um filme arrasa-quarteirão, com efeitos especiais fantásticos, e sim autoral. Foi escrito, dirigido e produzido por Alex Proyas, diretor egípcio que trabalhou primeiramente em O corvo e fez muito sucesso. Infelizmente, Cidade das Sombras não foi compreendido na época e, só com o lançamento do DVD é que se pôde descobrir as razões que levaram o diretor a seguir esse caminho. Ele queria SIM fazer um filme confuso, para colocar a platéia na mesma situação de John Murdock, o personagem principal, que começa o filme sem memória.

Semelhanças entre Cidade das Sombras e Matrix:

O filme começa de fato com ele saindo nu de uma banheira. O diretor explica: “Ele nasce no começo do filme. Vem ao mundo do mesmo jeito que uma criança faz”:

Dark City

Neo chega do “lado de fora” da Matrix nu, e surge de dentro de uma “banheira” (os dois filmes procuram dar a idéia de útero):

The Matrix

O número da sala do hotel onde John (João) Murdock está hospedado no começo do filme é 614. Na bíblia, João 6:14 fala da vinda do Messias:

Dark City

Em Matrix, a casa de Neo tem o número 101, e quando a porta se fecha aparece apenas o nº 01, já que NEO é o anagrama de ONE = 1 em inglês:

The Matrix

John recebe um telefonema misterioso de alguém que sabe quem ele é e manda-o fugir (sem dizer de quem ele deve fugir). Note que até as palavras são quase as mesmas de Matrix, no original:

“There are people coming for you, even as we speak. You must not let them find you, you must leave now.” Em outro momento do filme o psiquiatra diz: “We are running out of time“.
“I don’t know if you are ready to see what I want to show you, but unfortunately, you and I have run out of time. They are coming for you, Neo”.

Os vilões aparecem pra perseguir o herói (ou os heróis, no caso de Matrix) num enquadramento muito, mas muito parecido:

Dark City
The Matrix

Este é o lugar onde John é preso e recebe uma injeção na testa com o seu último treinamento:

Dark City

Nesta cadeira Neo é conectado na Matrix pela nuca e recebe o treinamento de artes marciais:

The Matrix
A conexão com o mundo irreal (Dark City)
A conexão com a Matrix
Oh!
Argh!

O herói descobre que tem o poder de manipular os objetos e faz um caderno levitar:

Dark City

Quando Neo chega pra visitar Oráculo encontra crianças levitando blocos:

The Matrix

Nossos heróis também param projéteis disparados contra eles!!!

Até o efeito do ar sendo deslocado foi copiado.

Ambos os filmes foram rodados na Austrália, no mesmo estúdio da Fox em Sydney. Tanto que alguns sets de Dark City foram reutilizados em The Matrix:

Dark City
The Matrix
Dark City (Esq.) e Matrix (Dir.)
Nem sei o que dizer…

Claro que Cidade das Sombras teve influência de outros filmes. E declaradas:

A atmosfera do filme lembra os policiais dos anos 40, mas a influência estética é intencionalmente uma salada, com elementos do filme de Terry Gilliam Brazil e Metropolis, de Fritz Lang, além de Art Nouveau, Expressionismo Alemão e Arquitetura Gótica. Isso também foi proposital e explicado no filme pelos alienígenas:
Nós modelamos a cidade, sintetizando memórias roubadas de eras e passados diferentes.

A cidade parece por demais falsa, como se os prédios fossem de plástico. Mas isso foi proposital, haja visto que toda a cidade é uma criação mental dos aliens. Nada é de fato real. Segundo o desenhista de Produção Patrick Totopoulous, que já trabalhou com o diretor em O Corvo: “Eu sou um fã de Murnau. Adoro esse visual de plástico que não é completamente real. Isso lhe leva a um mundo de sonhos, que nos faz voltar à infância, quando víamos aqueles filmes antigos”.

A cidade de Metropolis
A cidade em estilo gótico de Batman (1989)
A cidade de Dark City
Metropolis
Cartaz do filme Dark City
A robô em Metropolis
O robô dos alienígenas em Dark City

O visual dos alienígenas é uma mistura entre os Cenobitas de Hellraiser (de Clive Baker) e o vampiro Nosferatu (de Murnau):

Hellraiser
Nosferatu
Dark City

Por falar em filmes de terror, O Chamado (The Ring) copiou com todos os traços o cartaz francês de Cidade das Sombras:

Dark City (1998)
ring
O Chamado (2002)

Referência:
A Photographic Comparison of The Matrix and Dark City;
Competing film showdown – Dark City vs The Matrix

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.