PLANOS DE EXISTÊNCIA NO SUFISMO

Segundo a Doutrina Sufi, o Cosmos (Baha’iyya) é delineado por cinco reinos ou mundos de Allah: Hahut (Reino do UM), Lahut (Reino do Intelecto), Jabarut (Reino do Poder), Malakut (Reino dos Anjos), e Nasut (Reino da realidade física, mortal). É o mesmo princípio das sephiroth da Árvore da Vida do judaísmo, que esquematizam os Reinos (dimensões). Só que o aprofundamento aqui é ainda maior, ou pelo mais explicado aos não-iniciados, porque podemos fazer um claro paralelo com a Teosofia, onde Lahut seria o Plano Mental, Jabarut o Plano Astral e Malakut o Plano Etérico (enquanto Hahut seria a “mente de Deus“, ou origem de todas as coisas). Mirza Husayn-‘Ali chama Malakut de “o mundo das similitudes” (Alam-i-mithal), pois “tudo o que existe na Terra ou nos céus têm uma contraparte nesse plano mais elevado. Quando algo está oculto dos sentidos, ainda no poder da expressão, dizemos que ele está no Domínio (Jabarut), que é o primeiro estágio de sua substanciação (Taqyid). Quando ele se torna manifesto é dito pertencer ao Reino (Malakut). O poder e a potência derivada do primeiro estágio será aplicada em tudo o que estiver abaixo.”

Exatamente como Sócrates idealizava, exatamente como vemos na Teosofia, ou nos livros espíritas. Isso nos faz compreender perfeitamente o sentido da frase “Reino de Deus” nas parábolas de Jesus.

Apareça como você é.
Seja como você aparenta.

Mevlana Jalalu’ddin Rumi

Referência:
Shi’a Symbolic Cosmology;
Wisdom of Sufi

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.