A “IGREJA” DE PEDRO

Mas vós – perguntou-lhes Jesus – quem dizeis que eu sou?
Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
Disse-lhe Jesus: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelou, mas meu Pai, que está nos céus.
Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra (petra) edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus.

Mateus 16:15-18

“Pedro” foi um apelido dado a Simão por Jesus. É o correspondente grego (o Novo Testamento que conhecemos provém de um original grego) do original aramaico Cephas, que significa “um pedaço de pedra retirado de uma rocha viva“. Jesus não o chama novamente pelo apelido (apenas de Simão), mas mesmo assim o nome “Pedro” acabou gradualmente substituindo o original.

A “igreja” de Pedro era uma casa onde eram atendidos mendigos, doentes e leprosos, e foi o que deu início ao que chamamos de Cristianismo.

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.