GLOBO REPÓRTER: CIÊNCIA E ESPIRITUALIDADE

Quem viu o Globo Repórter de ontem, que tratou sobre Ciência e espiritualidade deve ter ficado intrigado com um fato definitivamente inusitado que não teve o merecido aprofundamento: A operação espiritual no repórter da Globo! Vejamos o texto do programa (ou veja o vídeo aqui):

Espiritismo Globo Reporter Ciência E Espiritualidade – 12 Mai 2006

A equipe do Globo Repórter foi ao Centro Espírita Lar de Frei Luiz, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. O médium mais respeitado de lá é quem atende doentes desenganados, na maioria vítimas de câncer e Aids. Ele aceita falar, mas não quer aparecer. Diz que é apenas um intermediário, um corpo usado por outro espírito para trabalhar.

“Nós trabalhamos com o doutor Frederick, um médico alemão que faz as cirurgias sem usar absolutamente nada”, diz o médium.

No meio da entrevista, o médium faz um convite inesperado: “Se ele (o repórter Sandro Dalpícolo) quiser, pode passar por uma prova. A gente não pode filmar nada. Você deitaria aqui e o Frederick faria uma retirada de carga do seu corpo físico. Não é cirurgia, não é tumor, nada disso – é uma retirada de carga do seu corpo físico”. O médium garante que não haverá nenhum corte e o repórter resolveu aceitar a proposta. A partir de então, a pedido do médium, o repórter se deitou em uma cama, tirou a camisa social e o microfone, e passou por essa experiência de um atendimento espiritual. A pedido dele, o atendimento não pôde ser filmado.

Na escuridão, não foi possível ver muita coisa. As mãos do médium passaram sobre o corpo do repórter Sandro Dalpícolo, sem tocá-lo. Até que chegaram ao coração.

“A sensação é de que o atendimento durou menos de um minuto. Quando eu voltei, a camiseta estava toda manchada. Tive a sensação de que a região do coração foi bastante pressionada, como se um bisturi passasse pelo peito, mas sem dor nenhuma. Depois, uma sensação de um líquido gelado se espalhando. E a camiseta ficou machada”, conta Sandro Dalpícolo.

Depois do atendimento, o médium disse ter resolvido um pequeno problema numa válvula do coração do repórter. Segundo ele, o líquido avermelhado que manchou a camiseta não é sangue. Mas como ele apareceu? E de onde veio? Para os espíritas, foi a materialização das energias ruins que o corpo carregava. Para a equipe do Globo Repórter, tudo ainda é um grande mistério.


Mistério? Vai ficar por isso mesmo? Com uma prova material em mãos (a camisa) não tiveram a curiosidade de mandar para um laboratório de análises??? Se a Globo estiver sem dinheiro, a gente pode se cotizar, porque eu pelo menos fiquei curioso! E que problema na válvula foi esse? O repórter sabia disso? Fez exames depois?

Um charlatão poderia ter jogado um líquido em cima do repórter, no escuro. Mas, e a pressão no peito, sem tocá-lo? Eu e um amigo ficamos com a impressão de que sim, um exame foi feito e descobriram alguma coisa muito, muito esquisita, e a Globo temeu dar um aval dessa natureza ao espiritismo. O líquido rosado poderia muito bem ser a linfa do próprio repórter!

Referência:
Globo Repórter: Viagem Astral;
Globo Repórter: Reencarnação e Espiritismo

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
42 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.