ESPANTA TUBARÕES

Fui curtir meu dia da criança no Shopping, jogando fliperama no Gamestation e vendo filme infantil, como qualquer puer aeternus que se preze, acompanhado por uma adulta. O filme foi O espanta tubarões. Não é um “clássico do verão” como Toy Story ou Procurando Nemo, está mais pra Formiguinha Z.

espanta tubaroes

Achei interessante o modo de passar a mensagem subliminar de que os pais devem aceitar os filhos gays como eles são. De fato, o filme serve mais pra educar os pais do que os filhos. Fiquei levemente preocupado com a outra mensagem subliminar que ele passa, a dirigida aos afro-americanos, representados pelo peixe Oscar: seja feliz no gueto. O peixe vive infeliz no subúrbio, suspirando pela oportunidade de um dia chegar ao topo da cidade (que tem o nome de Recife!). Quando consegue, sente-se infeliz com a riqueza e acaba voltando ao subúrbio, se contentando em ser lavador de línguas de baleias (um serviço nojento e mal pago). A mensagem que me passou foi: garotos, não cobicem o que é dos brancos. Sejam felizes com seus raps nos guetos e limpando nossos utilitários.

Agora, pode-se também buscar um viés positivo nessa manipulação: grande parte da escalada da violência nos EUA (e no Brasil) provém do imenso abismo social que existe entre a classe média e a baixa (que está mais pra miserável, no Brasil). Tal disparate, alimentado por gerações e gerações de políticos (assim como a seca do Nordeste), gera uma natural revolta, que gera violência. Na mente dos jovens, se eles não podem ter aquele sapato caríssimo, vão pegá-lo à força do boyzinho que já o despreza, e que após isso o temerá e o detestará de morte, aumentando ainda mais o abismo. Isto posto, o filme pode ajudar a diminuir a violência ao incutir na mente das crianças que não é vergonhoso ser o que é, e que a felicidade não depende do ambiente, nem de pessoas, nem de bens materiais, e sim de se estar feliz consigo mesmo e com as pessoas ao seu redor. Agora… é meio difícil ser feliz quando não se tem nem o que comer.

É isso… e de quebra o filme ainda mostra os efeitos da maconha no cérebro 😛

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.