A PROFECIA

Após ler os comentários dos críticos sobre o filme A Profecia, resolvi baixar e assistir ao original ANTES de ver o reboot. Foi a melhor coisa que podia ter feito. Tudo bem que o de 1976 é um pouco arrastado no começo, com uma fotografia um pouco ultrapassada (bem esfumaçada), escura para os padrões atuais, mas sinceramente dava pra melhorar tudo isso com os softwares atuais, refazer a edição, acrescentar as cenas iniciais do novo filme (a única coisa que prestou, na minha opinião) e teríamos um filme de Suspense com S maiúsculo.

Na nova refilmagem de A Profecia, o suspense foi nitidamente abandonado, e o que sobra de um filme de suspense sem suspense?! Damien não causa terror. A história não foi feita pra causar terror. Só temos então as mortes, e elas conseguem na maioria das vezes serem piores que o original! Exceção feita à morte por empalamento, que ficou muito melhor editada (sempre fiquei imaginando no filme original o porquê do personagem não dar um passinho pra esquerda ou direita, já que teve tanto tempo), todas as outras só revelam o quanto um bom diretor pode fazer toda a diferença. Todos as mortes que ficaram na minha mente no filme original tinham elementos que foram brilhantemente utilizados, como a mulher quebrar o vidro após se enforcar, ou os peixinhos dourados se debatendo ao lado do corpo, ou a fantástica cena da degola com o vidro, cujo enquadramento terrivelmente lindo foi abandonado em favor de uma morte estúpida (em todos os sentidos).

Outro ponto que se salva no novo filme é que o roteiro ficou mais bem encadeado, sendo removidas algumas inconsistências do roteiro original. Em compensação, procuram explicar DEMAIS a história… aí fica claro como a platéia do cinema emburreceu nesses quase 30 anos… Além do que, perdeu-se TODA a profundidade do personagem do embaixador, pois se no original ele poderia muito bem se passar por pai adotivo do diabo (já adota o filho com uma mentira, trai a mulher quase na frente dela, é mal-caráter, etc) no novo ele é um banana corretinho, cortesia também da falta de interpretação do ator.

Spoiler:

No final, só consegui me divertir quando vi que quem dá o tiro final é um policial da SWAT, só faltando aparecer a voz metálica “Counter-terrorist wins” para fixar de vez que esta versão é mesmo para a geração Counter-Strike.

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.