PRISÃO DE LUXO

Pense numa nova proposta de presídio de reabilitação. Nela, o preso é acompanhado 24 hrs por dia para ver sua conduta, é incentivado a estudar e trabalhar (graças a benefícios que ganha lá dentro) e de vez em quando é submetido (sem saber) a testes rigorosíssimos que verificam se ele pode voltar ao convívio social. Um dos testes consiste em irritar o preso com alguma situação, pra saber o quanto de agressividade ainda há nele. Outro é deixar algo de valor, com todas as possibilidades dele roubar e ninguém saber. Outro ainda é dar a possibilidade real dele escapar da prisão de modo fácil. Há centenas de outros tipos de testes, dos mais brutais aos mais brandos.

A maioria gosta do local. Há incentivos de toda forma pra que continuem lá sem que se revoltem. Só que tem tanta coisa a ser feita, e tanta distração que, com a mente ocupada, muitos acabam esquecendo o porquê de estarem lá. A direção do presídio é contra lembrarem aos presos a sua condição (pois induz à culpa e a depressão, além de incitar ao ódio e a rebelião), pois segue uma metodologia de reabilitação que diz pra “pegar apenas as boas lições do passado, esquecendo tudo o que for supérfluo”. Então usam educadores especialmente treinados para se infiltrar entre os presos, e que sugerem, através de persuação e camaradagem (regada a histórias, parábolas e dramas), as regras de comportamento do presídio e o modo de poder limpar sua ficha. Mas de forma alguma eles contam aos presos dos testes, pois isso causaria amargor desnecessário, e tentativa de fraudes. É verdade que algumas informações sobre o presídio vazaram a alguns presos mais conscientes, mas não há preocupação de alguém ainda violento sair por bom comportamento. Ninguém pode fingir estar reabilitado só pra ganhar liberdade, pois é feita uma varredura total do subconsciente, onde se tem acesso aos pensamentos mais íntimos de cada presidiário.

O nome desse presídio é Planeta Terra. Seu lema é:

Jamais considere seus estudos como uma obrigação, mas como uma oportunidade invejável para aprender a conhecer a influência libertadora da beleza do reino do espírito, para seu próprio prazer pessoal e para proveito da comunidade à qual seu futuro trabalho pertencer.

Albert Einstein

Referência:
Terra, planeta-prisão

0 0 vote
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.