PADRE QUEMEDO NÃO SABE CONTAR HISTÓRIAS

Quem diria! Padre Quevedo já destilou seu ódio até contra Chico Xavier, que nunca entrou em confronto com a Igreja e nem ganhou um centavo com sua “paranormalidade”! O texto, devidamente respondido por Jefferson e Marcos Arduim, está aqui. É interessante notar as mentiras e as meia-verdades que ele usa pra incriminar as pessoas. Mas dessa vez o tiro saiu pela culatra. O caso mais divertido, sem dúvida, é esse:

Padre Quevedo vocifera: Entre outros muitos exemplos, não haveria obtido tão facilmente êxito o repórter Hamilton Ribeiro. A seu pedido, Chico Xavier “psicografou” uma mensagem do “espírito” da mãe do Sr. João Guignone, Presidente da Federação Espírita do Paraná. Acontece que foi artimanha do repórter, a senhora “comunicante” está viva em Curitiba. Aconteceu com o sr. João Guignone, presidente da Federação Espírita do Paraná.

Ao chegar a sua vez de abraçar o médium, ouviu-o dizer:

– Sabe quem está aqui do meu lado, cheia de emoção e querendo abraçá-lo? Sua mãe!

O sr. João fingiu alegria, manteve a aparência e depois comentou com um companheiro:

– Acho que o Chico não está regulando bem. Disse que viu ao seu lado o espírito de minha mãe, e mamãe está viva em Curitiba!

Bem, foi ele chegar ao hotel e um interurbano do Paraná lhe dava a notícia.

Quevedo mente descaradamente logo no início, pois que não houve repórter nenhum, nem psicografia alguma neste episódio, até porque Chico NUNCA psicografou por “encomenda”, evocando espíritos (ele sempre diz que o “telefone só toca de lá pra cá”). Como ele mesmo mencionou (e pode ser lido na íntegra na Revista Realidade de novembro de 1971) a história só começa de verdade na hora do abraço, onde Chico falou! E notem que o final do artigo ficou dúbio. Então Jefferson escreveu um e-mail à FEP – Federação Espírita do Paraná – questionando-os a respeito. A resposta foi:

“O que sabemos, e relatado pelo próprio Ghignone, é que, ao chegar ao Hotel, ele recebeu a informação de que sua mãe desencarnara. Portanto, Chico estava correto em sua informação.”

Como diria Cid Moreira: “E agora, Padre Quevedo?”

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.