OBJETOS VOADORES IDENTIFICÁVEIS

Uma coisa muito fácil de confundir com UFOs no céu são os IRIDIUM FLARES. São luzes que riscam o céu por conta do reflexo do sol na superfície lustrosa dos satélites que orbitam a Terra em baixa altitude.

Dependendo da hora e da localização, ele reflete os raios (geralmente 2 horas depois do pôr-do-sol e 2 horas antes do nascer) e o espetáculo é inesquecível e assustador: uma luz que vai surgindo do nada e cresce, podendo atingir até magnitude -8 (40 vezes mais brilhante que Vênus… pra terem uma idéia, Júpiter tem magnitude -2,5) para depois ir desaparecendo lentamente.

É óbvio que uma pessoa desavisada vai confundir com um OVNI. O melhor de tudo é que a passagem desses satélites (com sua respectiva iluminação) é previsível tanto no dia quanto na hora. Basta entrar no site Heavens Above e colocar o nome de sua cidade aqui e depois clicar em “confirmar alterações”. Depois clica em Previsões diárias para passagens dos satélites mais brilhantes. Geralmente tem de 1 a 3 aparições por semana.

Se achou o Heavens above pouco intuitivo e amigável (ele é mais pra astrônomos mesmo) tente o Stellarium, um software que simula o local onde você está, como num jogo, e onde você pode adiantar (ou voltar) o tempo pra ver onde os satélites vão passar ou já passaram. Tem pra celular também.

Objetos de brilho regular no céu também podem ser satélites ou naves terrestres. São 400 deles visíveis a olho nu, sendo o de maior magnitude a estação espacial russa MIR (magnitude 0) e os ônibus espaciais norte-americanos (que, quando em órbita, podem atingir o brilho de Júpiter). Alguns objetos podem variar a intensidade do brilho por estarem rodando, como os últimos estágios de foguetes.

Agora, que fique claro que esses objetos NÃO mudam de direção, sempre segue uma linha reta, não ficam mudando de cor e padrão de luz (se variar a intensidade, vai ser sempre naquele padrão e velocidade) e não ficam parados no céu (pra depois seguir caminho). Também não podem aparecer no outro extremo de onde o sol se pôs, pois o planeta Terra causa uma sombra que não permite o reflexo.

Referência:
Tudo sobre Iridium Flares

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.