ANSIEDADE

Demorei pra perceber, mas sofro (e muito) de ansiedade / nervosismo. A ansiedade é o novo “mal do século” e em pequenas doses pode ser benéfica: é um motor para a auto sobrevivência, faz você ficar alerta para os perigos, etc. A minha ansiedade, transformada em curiosidade, me fez fica noites em claro escrevendo e pesquisando para o Saindo da Matrix. Mas tudo em excesso é prejudicial, e minha ansiedade com o futuro (o meu, e mais ainda, o do país) sempre foi devastadora pra mim. Do mesmo jeito que a ansiedade pode fazer você correr do perigo, ela (especialmente quando é algo do qual você não pode correr) paralisa, deprime, domina e incapacita sua mente.

Acaba que você não se sente satisfeito com nada, pois sua mente está pensando 1 mês, 1 ano ou 10 anos à frente e em todas as possibilidades de dar errado. Além do MEDO. Um medo que é racional, pois é fruto de suas elucubrações, mas não é real, pois nada ainda aconteceu. Uma espada de dâmocles, sempre presente acima da sua cabeça.

Ansiedade (mulher roendo as unhas)

Eis que o acaso (sempre ele) me deu uma motivação quando, ao ouvir aleatoriamente o Spotify, caiu justamente num áudio musicado de Chico Xavier (sim, é bizarro, nunca pensei que existisse isso) falando preces ou trechos de suas psicografias. Curioso, ouvi tudo. E eis que uma mensagem em específico me tocou fundo:

Escola da Benção

Por Meimei. Psicografado por Chico Xavier.

Sofres cansaço da vida, dissabores domésticos, deserção de amigos, falta de alguém…
Por isso, acordaste sem paciência, tentando esquecer.

Procuraste espetáculos públicos que te não distraíram e usastes comprimidos repousantes que não te anestesiaram o coração.
Entretanto, para teu reconforto, pelo menos uma vez por semana, sai te ti mesmo e busca na caridade a Escola da Benção.
Em cada compartimento aprenderás diversas lições ao contacto daqueles que lêem na cartilha das dores que desconheces.

Surpreenderás o filme real da angústia no martírio silencioso dos que jazem num catre de espinhos, sem se queixarem, e a emocionante novela das mães sozinhas que ofertam, gemendo, aos filhos nascituros a concha do próprio seio como prato de lágrimas.

Fitarás homens tristes, suando penosamente por singela fatia de pão, como atletas perfeitos do sofrimento, e os que disputam valorosamente com os animais com os animais um lugar de repouso ao pé de ruínas em abandono.

Observarás, ainda mais, os paralíticos que sonham com a alegria de se arrastarem, os que se vestem de chagas esfogueantes, suplicando um momento de alívio, os que choram mutilações trazidas do berço e os que vacilam, desorientados, na noite da loucura…

Ver-te-ás, então, consolado, estendendo consolo, e, ajustado a ti mesmo, volverás ao conforto da própria casa, murmurando, feliz:
– Obrigado, meu Deus!

5 9 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
18 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Paulo
20 outubro de 2023 6:20 pm

Há muitos relatos espíritas de necessidade de comparação com os mais pobres parar que fiquemos felizes ao ver nossa própria situação, mas muitas vezes eu me pergunto. Será que eu não deveria ficar triste por existirem pessoas que estão nessa situação ? Em vez de ficar feliz/aliviado por que estou em uma situação melhor ? Será que o fato de eu estar em uma situação melhor não caracteriza uma tremenda injustiça e isso me deixaria mais inconformado/triste ? Eu já li algumas obras espíritas e algo que sempre martelou na minha cabeça e que me fez questionar constantemente, foi a… Read more »

Roberto Vasconcelos Eluan
Roberto Vasconcelos Eluan
1 dezembro de 2022 2:59 pm

Uma vez eu estava no supermercado, melancólico, na famosa autocomiseração, quando de repente me aparece uma criança descalça pedindo pra comprar uma sandália. Mandei ele escolher e paguei no caixa e ele foi embora. E é claro que me senti muito bem por ter feito isso. Hoje em dia é muito difícil eu ficar nessa de novo por minha causa, é mais por causa dos outros mesmo. Gostaria de poder fazer mais.

Olim
Olim
26 outubro de 2022 9:59 pm

Oi, Acid e turma… Passei por uma larga maratona de pânico, depressão e agorafobia durante quase 15 anos – creio que comentei por aqui. Nesse caminho de sofrimento fui a psiquiatras, psicólogos, terapias holísticas… Foram importantes, mas não me foram “curativas”. Resolvi fazer um curso de Mindfuness e alguma quietude começou a brotar naturalmente. Achei que deveria aprofundar as práticas meditativas indo na fonte: as 4 Nobres Verdades. Pois, a Mindfuness necessita de outros fatores que não se encontram nas Intervenções Baseadas em Mindfuness. Aí, TUDO começou a mudar na mente e os benefícios foram – e continuam sendo- vindo… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Olim
Olim
Olim
23 novembro de 2022 9:10 pm
Reply to  Acid

Oi, Acid e todos. A Mindfuness ou Atenção Plena é, no Nobre Caminho Óctuplo, seu sétimo fator. A Mindfuness tão divulgada como ferramenta terapêutica está inserida na Quarta Nobre Verdade (o caminho que conduz à cessacão do sofrimento). Porém, na Tradição, não de trata só de ter ou cultivar a Atenção Plena (Mindfuness) mas da Atenção Plena Correta. É justamente neste ponto e da falta de aprofundamento nos outros sete fatores restantes que infelizmente resulta- de acordo com a vivência que tive-, que esse “movimento mindfuness” pode ir de encontro ao “não-correto” , podendo não contribuir efetivamente na compreensão e… Read more »

André Canciam
André Canciam
16 outubro de 2022 5:39 am

Acompanhamento de Psiquiatra e psicologia, deixem de preconceitos com a ciência…Mas é mais gostoso com misticismos né?

Nm
Nm
22 julho de 2023 12:26 am
Reply to  André Canciam

E tomar antidepressivos e ansiolíticos, claro!
Não me entenda mal, terapia ajuda e muito, mas tudo isso requer DINHEIRO!

Mesmo assim ainda podemos ofertar aquilo que talvez seja nossa única e verdadeira riqueza neste mundo, nosso precioso TEMPO

CUIDAR DO OUTRO É CUIDAR DE SI

Ricardo de Almeida
Ricardo de Almeida
15 outubro de 2022 7:59 am

Sofro de ansiedade e depressão desde a adolescência (45 hoje), e já busquei muito essa “paz” na bebida, mas hoje não vejo mais graça em beber. Uso medicamentos e, sim, às vezes penso nos possíveis efeitos colaterais futuros, mas preciso estar minimamente bem pra aguentar o hoje. E no fim das contas não temos a mínima ideia de quanto tempo durará nosso futuro, não é mesmo?

Andre Luiz de Almeida
14 novembro de 2023 12:26 pm

Tou na mesma situação brother, estou com 48 anos e desde os 20 lido com esses transornos e sofrimentos, por muito tempo tambem usei o alcool mas hoje definitivamente percebo que devo parar de vez pois é muito maléfico, saúde e bem estar é o que buscamos não é mesmo, alguns sacrificios devem ser feitos para isso. Um abraço, paz e luz para todos.

kenji
kenji
12 outubro de 2022 12:35 pm

Segundo o texto, qual dessas duas seria a virtude que melhor possa aliviar a ansiedade, a caridade ou a gratidão?

Claudio
Claudio
5 outubro de 2022 3:22 pm

Por isso toda instituição Espírita filiada à FEB possui um departamento de assistência social para proporcionar aos seus membros, o trabalho voluntário às pessoas carentes, sendo um dos pilares da construção da fé raciocinada no resgate das nossas próprias dores.

Sergio Rossini
Sergio Rossini
5 outubro de 2022 7:59 am

Eu tive tanta crise de ansiedade no início desse ano que o quadro começou a evoluir para uma depressão. Minha sorte é que no ano anterior eu fiz muita meditação guiada e isso me ajudou a identificar a sensação física que a ansiedade causa antes de me atacar o estado mental. Mesmo assim foi um momento difícil. E então, sabendo reconhecer o físico antes do mental se debilitar na crise de ansiedade, eu apenas me retirava do home-office para repousar, deixar a crise passar por mim enquanto tentava identificar o gatilho. Bom, estar próximo da natureza e longe dos grandes… Read more »

Ricardo de Almeida
Ricardo de Almeida
15 outubro de 2022 8:04 am
Reply to  Acid Zero

Descobri meu bruxismo faz uns três anos, identificado por minha então namorada durante o sono (ela também sofre desse mal). Depois o dentista confirmou e encomendou uma placa pra usar durante o sono, que nem sempre consigo manter, pois incomoda bastante.🙁

Felipe
Felipe
4 outubro de 2022 10:25 pm

Chico, querido Chico… Anjo dos céus para nós, almas endividadas e mortais. Recomendaria, Acid, ter uma rotina em algum centro espírita de confiança… Estendendo as mãos de forma constante e oculta a pessoas com maiores dores. Sou voluntário em um aqui em BH, e somente lá, nas atividades voluntárias, sinto (algo que me invade energeticamente, não sei explicar claramente), confiança e fé para seguir em frente, e abraçado por minha família espiritual… Sinto por vezes uma depressão, mas lá consigo passar a existência menos afundado em “eu mesmo”. Abraços para ti, querido irmão.

Nm
Nm
22 julho de 2023 12:28 am
Reply to  Felipe

Oiê indica o centro! Obg

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.