DUALSHOCK WII

Estou de queixo caído até agora. Sabe quando você pensa numa coisa, e ela se materializa? Foi assim que me senti hoje, ao dar de cara com a notícia de que a Sony está trabalhando num controle DualShock tipo Wii!

Uma coisa que eu gosto de passar o tempo é imaginando como seria administrar um negócio se eu fosse o dono dele. Claro que não é qualquer negócio; um dia pode ser a Nintendo, no outro a Square, ou mesmo a presidência dos Estados Unidos. É um jogo interessante de what if?, e serve pra testar minha visão de que o mundo é uma imenso jogo de xadrez. Pois bem, ontem, exatamente ONTEM, minha mente estava no comando da divisão de games da Sony, divagando sobre o que levou ela, que tinha o mercado de videogames em mãos, a perder uma grande fatia do publico hardcore pro XBox e causar uma rejeição tão grande aos jogos atuais por parte dos consumidores casuais que eles preferiram voltar pro simples Wii.

Pois bem: na minha mente o desafio foi levar o PS3 à vitória, com tudo o que ocorreu DE FATO na época, como escassez de componentes, custos altíssimos dos chips, atrasos, etc. Minha estratégia consistia em manter ao máximo o hype da chegada do PS3, enquanto pudesse. O lançamento é TUDO. Isso se confirmou com o SNES, que teve os melhores jogos de sua vida lançados logo nos primeiros meses do aparelho! Nos games, como na vida, a primeira impressão é a que fica. O PS3 perdeu isso com jogos medíocres, aliás, até hoje ainda não lançou um jogo matador (isso mudará com o lançamento de Metal Gear Solid 4). Voltando ao assunto, eu não apressaria em nada o lançamento do PS3, como fizeram. Me concentraria em desenvolver o hardware pra ele ser mais barato, mais leve e menor. E enquanto isso iria desenvolvendo o kit de produção de jogos, o SDK, NÃO NO JAPÃO, mas nos EUA. Os tempos mudaram, os jogos e o modelo de produção, também. Agora tudo é 3D, e os mestres na arte são os norte-americanos. Contrataria a ID sofware e os produtores da engine Unreal pra fazer o SDK e otimizar ao máximo o código. Procuraria deixar a interface e comandos o mais parecido com o do PS2 e evitaria, no começo, toda a complicação de programar diretamente pra os diversos núcleos do chip Cell (algo que os programadores dizem ser terrível de fazer). A Sony deveria ter aprendido a lição com o Sega Saturn…

Enquanto isso, eu lançaria um PS2 com um novo chip gráfico que fizesse um upscaling pra 1080p, por um preço baixo, pra competir com o XBox360. Ora, é a mesma tecnologia que a Sony estava trabalhando pra o PS3 (retrocompatibilidade), ou seja, não seria um desvio de esforços dos engenheiros e ainda seria um campo de testes pra retrocompatibilidade do PS3, que apresentou tantos problemas (além de encarecer o produto, pois usava um chip extra) que acabou por ser retirada nos modelos mais novos. Tenho certeza de que, se esse PS2 turbinado saísse, iria segurar muitos fãs do PS2 de migrarem pro XBox360, iria fazer depois o PS3 já sair com retrocompatibilidade via software (deixando o modelo mais barato) e com tudo funcionando logo de cara, pois iria ter mais tempo pra emulação ser trabalhada.

Outra coisa pela qual a Sony pagou caro ao lançar o PS3 logo foi a surpresa com o Wii. Ninguém esperava que aquele controle pudesse atrair tantos jogadores. Aí a Sony lançou na carreira o famigerado Dualshock2, um arremedo de controle, que por conta dos sensores ficou sem rumble pack, irritando os fãs. É aí que entra o motivo de escrever este post: minha solução era, como o MEU PS3 só iria ser lançado em meados de 2007, teria tempo suficiente pra elaborar um controle MATADOR, que superasse as limitações do Wii (que não serve pra jogar Street Figher, por exemplo) e mantivesse o premiado design do Dualshock: Um controle que se partisse no meio!!! Isso mesmo, ele seria sem fios, ao contrário do Wii, e por conta dos “manches” embaixo do controle, caberia perfeitamente cada metade nas mãos. Me pareceu uma idéia brilhante, mas aí eu pensei: acho que seria muito complexo e muito caro pra um videogame. Aí pensei: nah, não daria certo… E eis que, hoje, me deparo com minha “criação”:

PS3 Dualshock

A imagem provavelmente é Photoshop, mas é idêntica a que eu imaginei. E o mais intrigante: essa matéria foi publicada no MESMO DIA, e muito provavelmente na MESMA HORA em que eu me entregava a esse “jogo mental”.

0 0 votes
Avaliação
Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.