Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


OBRIGADO 2014, BEM-VINDO 2015
qua, 31 de dezembro, 2014
 


Queria agradecer a todos vocês, fiéis leitores que me acompanham há mais de uma década, e aos novos leitores que se juntaram a nós nessa caminhada, mesmo nesses últimos anos em que diversos acontecimentos me fizeram ficar mais distraído e pouco receptivo aos ensinamentos do Universo. Em 2015 espero retornar ao Fluxo e lhes trazer o melhor desta Fonte, e espero que vocês estejam Nele comigo.


 
Pensamentos - publicado às 12:42 PM 21 comentários
GUARDE UMA PRECE
seg, 29 de dezembro, 2014
 


Catolicismo

Oração da Paz

Senhor: Fazei de mim um instrumento de vossa Paz.
Onde houver Ódio, que eu leve o Amor,
Onde houver Ofensa, que eu leve o Perdão.
Onde houver Discórdia, que eu leve a União.
Onde houver Dúvida, que eu leve a Fé.
Onde houver Erro, que eu leve a Verdade.
Onde houver Desespero, que eu leve a Esperança.
Onde houver Tristeza, que eu leve a Alegria.
Onde houver Trevas, que eu leve a Luz!
Ó Mestre,
fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe, perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna!


Protestantismo

Graça incrível, como é doce o som
Que salvou um miserável como eu
Certa vez estava perdido, mas agora fui encontrado
Estava cego, mas agora eu vejo
Foi a graça que ensinou temor ao meu coração
E a graça que aliviou meus medos
Quão preciosa essa graça pareceu
Na hora que eu acreditei

Minhas correntes se foram, Eu fui liberto
Meu Deus, meu Salvador, me resgatou
Como uma inundação, Sua misericórdia chove
Amor sem fim
Graça incrível


Confucionismo

Para colocar o mundo em ordem,
nós temos que colocar a nação primeiro em ordem;
Para colocar a nação em ordem,
nós temos que colocar a família primeiro em ordem;
Para colocar a família em ordem,
nós temos que cultivar nossa vida pessoal;
E para cultivar nossa vida pessoal,
nós temos que, em primeiro lugar, colocar em ordem nossos corações.



Continuar a leitura

 
Holismo - publicado às 7:55 PM 9 comentários
FAITES VOS PRIÈRES
 


Catholicisme

Prière de saint François

Seigneur, faites de moi un instrument de votre paix.
Là où il y a de la haine, que je mette l’amour.
Là où il y a l’offense, que je mette le pardon.
Là où il y a la discorde, que je mette l’union.
Là où il y a l’erreur, que je mette la vérité.
Là où il y a le doute, que je mette la foi.
Là où il y a le désespoir, que je mette l’espérance.
Là où il y a les ténèbres, que je mette votre lumière.
Là où il y a la tristesse, que je mette la joie.
Ô Maître, que je ne cherche pas tant à être consolé qu’à consoler,
à être compris qu’à comprendre, à être aimé qu’à aimer,
car c’est en donnant qu’on reçoit, c’est en s’oubliant qu’on trouve, c’est en pardonnant qu’on est pardonné,
c’est en mourant qu’on ressuscite à l’éternelle vie.


Protestantisme

Maintenant, je m’allonge pour dormir,
Je Te prie, Seigneur,
de garder mon âme;
Que Ton amour reste avec moi dans la nuit
et me réveille avec la lumière du matin.
Amen.


Confucianisme

Pour mettre le monde en ordre,
vous devez d'abord mettre votre pays en ordre;
Pour mettre le pays en ordre,
vous devez avoir une famille très harmonieuse;
et pour mettre de l'ordre de façon harmonieuse dans sa propre famille,
il faut cultiver sa vie personnelle;
Et pour cultiver sa vie personelle,
vous devez tout d'abord mettre votre cœur en ordre.




Continuar a leitura

 
Holismo - publicado às 11:37 AM 5 comentários
MEDITAÇÃO (guia em áudio)
qua, 10 de dezembro, 2014
 


Uma exposição em áudio simples, direta e delicada sobre Meditação, do blog Reticências:


 
Holismo - publicado às 4:46 PM 8 comentários
DITADURA MILITAR (PARTE II)
seg, 8 de dezembro, 2014
 


Continuação da primeira parte


"Na noite de 31 de março de 1964, eu percebi que a classe operária estava isolada. E ia ser derrotada da forma mais desmoralizante possível: sem luta. E percebi que quem assumisse a responsabilidade de levar a classe operária à luta cometeria um crime. Os generais queriam fazer no Brasil o mesmo que foi feito na Indonésia no ano seguinte: um banho de sangue."
(Luís Carlos Prestes)


Com o Golpe Militar consolidado, restou aos oposicionistas duas linhas de combate: uma política (o PCB, que em 1966 constrói uma frente de "direita à esquerda" para a derrubada pacífica da ditadura militar com o seguinte pensamento: "fomos derrotados politicamente, portanto, podemos derrotá-los politicamente") e outra militar (liderada pelo PCdoB, que sempre foi radical). A segunda via foi a que mais atraiu os jovens, e foi a responsável por tudo o que se seguiu de ruim. Centenas de militantes com alguma ligação com o PTB de Leonel Brizola e João Goulart partiram pra o Uruguai para organizar uma resistência armada. Sob a liderança de Brizola, estes estavam interessados em fazer retornar Jango ao poder. Mas Brizola pediu ajuda a Fidel Castro, em Cuba, através de Herbert de Souza, o "Betinho". E aí então Cuba e a União Soviética assumiram os esforços de guerrilha, com objetivos menos nobres. Se por um lado tínhamos a CIA ajudando os militares brasileiros, por outro tínhamos a KGB (animada com o sucesso da Revolução Cubana) e Cuba injetando dinheiro nos partidos comunistas brasileiros.

"A atuação cubana em relação ao Brasil em termos militares - treinamento de brasileiros e concepção de luta guerrilheira - tiveram dois momentos distintos: na primeira fase, a coordenação de Fidel e Che na ajuda e treinamento dos militantes das Ligas Camponesas com o apoio direto e discreto da China (1962). A partir do golpe militar e com a destruição dos planos de Julião e Brizola, Fidel tomaria as rédeas desse processo e se tornaria, especialmente em relação ao Brasil, seu principal formulador."
(Luis Mir; A Revolução Impossível (uma história da luta armada da esquerda no Brasil))

Muitos estudantes partiram pra Cuba, como José Dirceu (Ministro da Casa Civil do governo Lula, hoje presidiário), para aprender táticas de revolução e guerrilha. Outros foram à União Soviética, como o jornalista Ancelmo Gois, para receber doutrinamento político direto com a KBG. Todos os que saíram receberam treinamento em guerrilha urbana, doutrinação, contra-informação, forma de governo, etc, portanto é muito difícil acreditar quando alguma dessas pessoas dizem que "estavam lutando pela democracia" (deve ser parte do treinamento).

O artigo 1º do estatuto do VAR-Palmares (grupo guerrilheiro formado pela união de dois outros grupos, o VPR e o COLINA, do qual fazia parte Dilma Rousseff) deixava bem claro: "A VAR-Palmares é uma organização político-militar de caráter partidário, marxista-leninista, que se propõe a cumprir todas as tarefas da guerra revolucionária e da construção do Partido da Classe Operária, com o objetivo de tomar o poder e construir o socialismo".


"Ao longo do processo de radicalização iniciado em 1961, o projeto das organizações de esquerda que defendiam a luta armada era revolucionário, ofensivo e ditatorial. Pretendia-se implantar uma ditadura revolucionária. Não existe um só documento dessas organizações em que elas se apresentassem como instrumento da resistência democrática."

(Daniel Aarão Reis; ex-militante do MR-8, professor de História Contemporânea da Universidade Federal Fluminense e autor de "Ditadura Militar, Esquerda e Sociedade", em declaração ao jornalista Elio Gaspari)


Carlos Marighela, em seu Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano, explicava como deveria ser a luta armada visando a implantação do comunismo no Brasil:

a. A exterminação física dos chefes e assistentes das forças armadas e da polícia.
b. A expropriação dos recursos do governo e daqueles que pertencem aos grandes capitalistas, latifundiários e imperialistas, com pequenas expropriações usadas para o mantimento do guerrilheiro urbano individual e grandes expropriações para o sustento da mesma revolução. É necessário que todo guerrilheiro urbano tenha em mente que somente poderá sobreviver se está disposto a matar os policiais e todos aqueles dedicados à repressão...

Em outras palavras: a cultura do roubo e do assassinato. É como se eu decidisse que meus objetivos são mais importantes que a vida e as posses de uma parcela de pessoas que tratamos como inimigos. Vou juntando pessoas ao meu grupo e com o tempo a lista de inimigos vai aumentando e até mesmo antigos aliados passam a ser meus inimigos, e em pouco tempo será permitido roubar, matar e punir TODOS os que achássemos que são contra nossos objetivos. Vimos isso acontecer na Revolução Russa e na Chinesa, e também no Nazismo. Ou seja, estamos diante de uma perfeita "DEMOCRACIA COMUNISTA/NAZISTA".

"...não há país onde, depois de instaurado um regime comunista, não tenha sido imposto um sistema de terror. Podem variar os mecanismos do exercício do terror, a quantidade e a qualidade das vítimas, mas está em todo o lugar, temos que repetir com força, em todo o lugar, a idêntica ferocidade, a arbitrariedade e a enormidade no uso da violência para a manutenção do poder."
(Norberto Bobbio, filósofo italiano, inspirador da "nova esquerda", em entrevista ao jornal italiano L’Unitá).

Em dezembro de 1967 a Ação Libertadora Nacional (ALN) - liderada por Carlos Marighela - começou assaltos com a finalidade de "expropriação" de fundos. Até julho de 1969 foram atacadas mais de 31 agências bancárias e um carro pagador. O que se devia não só à ALN, mas também a outras organizações clandestinas. Uma das mais importantes ações de "expropriação" foi executada pelo grupo VAR-Palmares, o roubo de um cofre da residência de Ana Capriglione, amante do ex-governador de São Paulo Adhemar de Barros. Retirado da mansão e levado para um aparelho, o pesado cofre revelou que a operação valera dois e meio milhões de dólares. Um resultado e tanto, pois a VAR-Palmares não mais precisaria arriscar-se em assaltos a bancos. O grupo emitiu o seguinte comunicado à agência France Press:

"Depois de uma longa investigação, localizamos uma parte da famosa ‘caixinha’ do Adhemar de Barros, enriquecido por anos e anos de corrupção. Conseguimos US$ 2,5 milhões. Esse dinheiro, roubado do povo, a ele será devolvido."

Não só não foi devolvido como, aparentemente, a turma continua "expropriando" por aí, em outras áreas.


Continuar a leitura

 
Política - publicado às 9:56 AM 150 comentários