Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


BÚLGAROS FAZENDO CONTATO? NOT!
qui, 26 de novembro, 2009
 


Existe uma notícia que ganhou o mundo e que não tem base alguma, que é a de que Obama está perto de revelar vida extraterrestre. O cara se baseia numa suposta reunião secreta da ONU e fontes secretas, e a fonte da notícia é um blog com nome bonito (Examiner) que poderia muito bem ser esse ou qualquer outro. Então não vi porque repercutir essa notícia aqui, mas já umas 3 pessoas me perguntaram o que acho disso, então lá vai a resposta que dei ainda hoje à tarde:

Nonsense. Não há uma onda de aparições que obrigue os países a oficialmente revelarem que há extraterrestres ainda esse ano ou no próximo. Agora, há sim um movimento de abertura, como podemos ver, do qual falta os EUA participar pra valer. Os argumentos do cara de que Obama está sendo "preparado" pra algo importante são válidos, mas pra mim eles se encaixam muito mais no contexto da Nova Ordem Mundial do que extraterrestres. Além do que seriam interesses conflitantes, agora que saímos de uma crise econômica e o poder está caindo cada vez mais no colo de uma elite global (graças aos governos cada vez mais fascistas, pouco se lixando pro que o povo pensa) inserir no debate um elemento extraterrrestre, que poderia fazer a sociedade repensar toooooda essa nossa estrutura de poder. Afinal, quem iria representar a raça humana em negociações com "eles"? Obama é o primeiro nome que vêm à cabeça, mas sua reputação em casa, NESSE momento, não está muito boa, não.

Muito bem. Agora li uma notícia que HAVIA me deixado com uma pulga atrás da orelha:

Cientistas búlgaros dizem manter contato com extraterrestres

O Bulgarian Novinar Daily publicou dia 23 de novembro uma notícia dando a explicação de que se chegou a esta conclusão depois que, na última temporada de Crop Circles, se teria obtido respostas a 30 perguntas realizadas pelo Instituto de Investigações Espaciais da Academia de Ciências de Bulgária (BAS). "Eles estão ao nosso redor, e estão nos observando o tempo todo. Eles não são hostis para nós, querem nos ajudar, mas não temos crescido o suficiente, a fim de estabelecer um contato direto. Estão dispostos a ajudar-nos, mas não sabemos o que lhes solicitar em caso de contato", disse Lachezar Filipov, diretor adjunto do BAS, citado pelo diário. Em suas palavras, "os humanos não vão ser capazes de estabelecer contato com os extraterrestres através de ondas de rádio, mas através do poder do pensamento."

Ele têm declarado que a raça humana sem dúvida vai ter contato direto com os alienígenas nos próximos 10-15 anos. O subdiretor do Instituto de Investigações Espaciais de Bulgária também disse ao diário Novinar que os extraterrestres foram críticos da nossa conduta imoral, em referência à ingerência do homem nos processos da natureza. A equipe de Filipov está analisando os 150 círculos da colheita (agroglifos) que apareceram em todo mundo no último ano. Segundo o cientista, os traços sobre os campos de cereais - especialmente os feitos no ano passado - são simplesmente respostas a 30 perguntas feitas aos extraterrestres pela Academia das Ciências, que agora está trabalhando para decifrá-los. O papel da Academia foi recentemente alvo de uma polêmica acirrada entre o Ministro das Finanças, Simeon Djankov, e o presidente Georgi Parvanov.

Fontes: Contacto Extraterrestre;
Centro Italiano Studi Ufologici

ATENÇÃO UPDATE:

O site Ceticismo Aberto traz informações de que o Instituto NÃO está diretamente envolvido, e que o "contato" dos supostos ETs é uma médium (!!), e é ela que interpreta a seu bel prazer os círculos. Sinceramente, isso põe em descrédito a notícia, porque "médium" como ela, que diz ter contato com alienígenas, tem às centenas aqui no Brasil, e o último que se expôs na imprensa deu vexame nacional e fez um desserviço à ufologia.

UPDATE 2:
A comunidade ufológica soube agora que o Filipov é um tremendo pé de cana, que chegou completamente trêbado a uma entrevista que duas TVs (Búlgara e Norte-americana) iriam fazer com ele. Não conseguiu falar coisa com coisa e as TVs voltaram de mãos vazias.


Como eu já estava dizendo antes mesmo de descobrir que esses búlgaros devem estar muito lombrados pra acreditar em qualquer coisa, não acho que uma abertura oficial seja pra agora. Sendo bastante otimista, eu diria que daqui a uns 2 anos, quando toda a sociedade já estiver falando de extraterrestres como uma coisa normal (e estamos vendo cada vez mais essa preparação). Aí então teríamos um primeiro contato em 2012 e as profecias se cumpririam, não com destruição, mas com o fim de uma Era pra humanidade (exatamente o que marca o calendário Maia). Mas isso é viagem minha.

Agora, se há uma coisa que pode impedir o contato com civilizações extraterrestres, não são governos, exércitos ou armas nucleares: são os chatos religiosos. A Igreja Católica já manifestou desejo de converter extraterrestres, e duvido que os evangélicos fiquem atrás.


 
Ufologia - publicado às 7:12 PM 72 comentários
A DITADURA ÀS PORTAS
ter, 24 de novembro, 2009
 


Estamos vivendo um período de pré-ditadura. E o pior: uma ditadura disfarçada de democracia, exatamente como na Venezuela, Bolívia e Irã. Por falar em Irã, nosso presidente deve ter adorado pegar dicas com o ditador Mahmoud Ahmadinejad, que recentemente diversificou seus métodos de terror, e está usando mensagens de celular pra intimidar pessoas a não irem para passeatas, onde protestam contra a (claramente) fraudada eleição.


    A suástica foi substituída aqui por um símbolo aleatório, em respeito às vítimas e aos parentes das vítimas do holocausto, que, para o hóspede do Lula, Mahmoud Ahmadinejad, não existiu
Antigamente as ditaduras começavam com um golpe no Senado, o fechamento do Judiciário e a gente sabia exatamente quem era o ditador. Hoje está tudo mais nebuloso. O partido é o ditador, e ele se instaura no Senado, no Judiciário, e elege sucessores. Se um é pego, outro rosto aparece pra liderar.

Hoje o Brasil começa a viver a "ditadura da toga", onde o censor do que se diz, fala, e em breve, do que se pensa, é determinado pela própria justiça.

Jornal esmagado por relatar corrupção:
O jornal gaúcho "Já" deve fechar as portas. Não tem condições de pagar uma indenização à família do ex-governador Germano Rigotto – cujo irmão, Lindomar, falecido, foi apontado como um dos principais operadores de um esquema de corrupção na área de energia, no governo de Pedro Simon. O jornal Já apenas contou a história do rombo de R$ 800 milhões (valor atual) nos cofres gaúchos – quinze vezes maior que o mensalão lulista.

"JUSTIÇA" MANDA CALAR BLOGUEIROS:
O juiz Pedro Sakamoto proibiu dois blogueiros de Cuiabá, Mato Grosso, de emitirem opiniões sobre o deputado estadual José Riva (PP-MT). A economista Adriana Vandoni, dona do blog "Prosa e Política" e o jornalista Enock Cavalcanti, do "Página do E", estão sujeitos a multa de R$1 mil por dia caso descumpram a decisão judicial, que também pediu para que os dois apagassem mensagens anteriores sobre o político.

O Estado de S. Paulo completa 115 dias sob censura:
O jornal está proibido de listar o que sabe a respeito de uma investigação policial que envolve o presidente do Senado, José Sarney. O argumento, aqui, é que fere o segredo de Justiça.

A Justiça brasileira acaba de inventar a democracia em que o cidadão não pode dizer livremente o que pensa sobre quem elegeu. Mais algumas mostras de como nossa Justiça é um poder "independente":

O episódio Daniel Dantas e a atuação desastrosa do Ministro Gilmar Mendes, do STF (indicado por FHC pra ser seu escudeiro), que gerou revolta até nos próprios membros do Judiciário (além da população). Gilmar Mendes se arvorou em "defensor dos direitos individuais" e inúmeras teses propostas por ele e aprovadas em plenário criaram uma inacreditável blindagem para os criminosos de colarinho branco em nosso país.

A nomeação de José Antonio Dias Toffoli pra Ministro do Supremo Tribunal Federal (indicado por Lula pra ser seu escudeiro). Toffoli que não foi só o advogado pessoal de Lula, de José Dirceu e do PT nos últimos 10 anos. Nem é apenas um advogado que foi reprovado duas vezes e concursos públicos para juiz de primeira instância. José Antonio Dias Toffoli foi condenado pela Justiça do Amapá, há poucos meses, a devolver R$700 mil ao Estado sob a acusação de ter ganho licitação supostamente ilegal em 2001 para prestar serviços advocatícios ao governo estadual. Reputação ilibada.

Enquanto isso, na Câmara dos Deputados, temos uma rede de corrupção e desvios de dinheiro tão grande que se torna impossível alguém de dentro punir um "colega", porque ele sabe de seus podres, ou pelo menos dos podres de outros do seu partido. O caso mais gritante disso é a reação do presidente da Câmara, Michel Temer (que pode ser vice de Dilma), ao caso de 25 deputados que apresentaram notas de empresas de fachada ou com endereços fantasmas, tendo como objetivo se beneficiarem de uma verba de 15 mil por mês pra despesas (além do salário de 16 mil). Temer disse que não era caso pra se expulsar os deputados. Ora, você, cidadão, que paga impostos e ganha em média 3 mil por mês, se você montar uma empresa fantasma pra desviar dinheiro público e for descoberto, vai ser preso pela Polícia Federal por estelionato (o famoso 171). Já para um homem público, com poderes pra legislar, isso rende no máximo uma advertência.

Mais um podre da Câmara, também descoberto pela Imprensa:
Ao menos sete parlamentares usaram recursos da Câmara dos Deputados para custear gastos em campanhas eleitorais de 2008.

Onde estão os órgãos de fiscalização? Talvez estejam sendo ameaçados, como o TCU está sendo. É a Imprensa que está fazendo o papel de fiscalizadora do povo. E é por isso que o PT (e os políticos em geral, mas o PT emcampou essa batalha) se incomoda com a imprensa, e quer controlá-la. Essa Imprensa intrometida que publica coisas assim:

Lulinha, o filho do Brasil:
Faltando dez minutos para pousar no aeroporto internacional de Brasília, o Boeing 737 da FAB (Força Aérea Brasileira) teve de mudar de itinerário e retornar a São Paulo para buscar novos passageiros: o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o empresário Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, com 15 acompanhantes.

Estamos vivendo uma época onde a amoralidade é festejada, incentivada, e até mesmo amparada pela Justiça! Ou será que alguém pode olhar para os fatos acima e dizer que não?

Lula está acolhendo o que existe de pior no mundo. Primeiro as amizades com Hugo Chavez e Evo Morales. Depois apoiou Manoel Zalaya, criando um clima de instabilidade em OUTRO PAÍS e forçando uma ditadura onde antes só havia cumprimento da Constituição. Agora acoita o assassino e falsificador italiano Cesare Battisti e festeja a vinda de Ahmadinejad, que ontem mesmo proibiu a circulação do maior jornal do país. Será q o companheiro veio repartir know how com Lula & Dilma?

Estamos prestes a experimentar uma democracia ao melhor estilo bolivariano. Se você é "membro do partido"; você terá emprego, escola, benefícios e tudo o que o poder puder oferecer. Se você for "um traidor do povo" ou um "escravo estadunidense"; restará a você rezar para que uma milícia, o serviço político ou as próprias instituições do país não olhem para você de "cara feia". Caso isso aconteça; esteja certo de que sua vida acabou.

Mas, pra um golpe ter pleno sucesso, é preciso controlar a imprensa. Goebbels já dizia isso. Se você não pode se imiscuir na imprensa e deturpá-la, como fez com o Judiciário, Câmara e Senado (isso ainda está sendo trabalhado), o melhor é fechá-la, como fez Hugo Chavez com as emissoras que não o apoiavam. Mas isso não refletiria bem no exterior, então o melhor é amordaçá-la judicialmente. E isso está sendo feito, aos poucos, e, se o PT continuar no poder (pensem nisso, eleitores), será oficializado:

A direção da Associação Nacional de Jornais (ANJ) reagiu ontem à proposta do diretório nacional do PT de patrocinar mudanças no sistema de comunicação brasileiro para instituir maior controle do Estado sobre meios de comunicação. As propostas serão apresentadas durante a Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), organizada pelo governo e entidades sindicais, de 14 a 17 de dezembro, e defende o controle público dos meios de comunicação e a criação de mecanismos de sanção à imprensa.


 
Política - publicado às 4:02 PM 101 comentários
HAVA NAGILA
seg, 23 de novembro, 2009
 


Ontem fui ao festival judaico da Rua do Bom Jesus (em Recife, Pernambuco). Antigamente essa rua era denominada "Rua dos Judeus", por conta do aglomerado de casas de judeus e da construção da primeira Sinagoga (de 1636 a 1654) oficial de todo o Continente Americano! Antes de ser a Rua dos Judeus, naquele local funcionava um mercado de escravos, negócio do qual faziam parte (quem diria) alguns judeus.

Os judeus vinham especificamente pra Pernambuco por conta da colonização holandesa, que era tolerante com a religião alheia (ao contrário da portuguesa, que era dominada pelos interesses da Igreja Católica) especialmente porque isso era bom para os negócios. Isso atraiu os judeus portugueses (sefardins) e alguns poucos migrados da Polônia e da Alemanha (askenazins), que logo vieram tentar a sorte em terras do Nordeste do Brasil ou, como anunciavam eles, na Terra do Açúcar. O Recife de então transformou-se numa verdadeira Torre de Babel. As suas ruas, praças, templos e bodegas foram tomadas por holandeses, noruegueses, belgas, flamengos, ingleses, alemães, escoceses, dinamarqueses e judeus; Uma verdadeira metrópole, que, se tivesse continuado assim por uns 100 anos, a "São Paulo" do Brasil provavelmente seria Recife.

Só que, quando os holandeses foram expulsos de Pernambuco (com a ajuda de Nossa Senhora), os portugueses fizeram um cerco aos judeus, que, sem comida, tiveram apenas 3 meses pra vender tudo o que tinham e partir em alguns navios. Parte foi para a Holanda, parte pro Caribe e parte foi pra Nova Amsterdã, onde ajudaram a fundar (com suor e sangue) a cidade de Nova York (a base do que seriam os Estados Unidos das Américas).

Os judeus que ficaram foram convertidos à força, e adotaram novos nomes para poder permanecer na América Lusitana, onde o fanatismo religioso era menor, tanto pelo relaxamento dos costumes, como pela necessidade de proteger a colonização. Apesar dessa liberalidade relativa, contudo, a Inquisição não seguia um traçado retilíneo, apresentando sempre marchas e contra-marchas. Desse modo, jamais deixou de estender seus olhos e garras à colônia hebraica brasileira, tendo enviado mais de 500 pessoas a Portugal, e punindo até mesmo gente da Igreja que intercedesse por judeus, como fez com o Padre Antônio Vieira.

Mas esse preâmbulo é só pra ilustrar que vida de judeu não era fácil (mesmo num lugar oficialmente tolerante), mas esse povo nunca perdeu a alegria de viver. Me contaram no festival que consta na tradição judaica que a única coisa que Deus vai lhe cobrar "lá em cima" são as oportunidades que você teve pra se alegrar e não o fez.

Deve ser por isso que os judeus têm tantas festas religiosas ("nossa" Páscoa, inclusive). E a música mais conhecida é a Nagila Hava, que significa Alegremo-nos.

Ivdu et Adonai b’simchá
(Sirvamos a Deus com alegria)

O hassidismo, movimento judaico mais recente que data do século XVIII, ressalta a alegria da onipresença de Deus. Reconhece a presença de Deus nas mais triviais atividades do corpo, a louvação a Deus aparece nas cerimônias sacras e também nas atividades "profanas" como as refeições, o sono, a união sexual, o canto e a dança. Crêem que a intenção ao praticar o ato é o mais importante, e se em suas atividades a pessoa visar o devekut o resultado será o êxtase. Denominam esta prática de yeridah le-tsorehk aliyah, a descida com finalidade de ascensão.

Referência:
Fundaj.gov.br


 
Judaísmo - publicado às 6:26 PM 13 comentários
BUDISMO E PSICANÁLISE: UM CAMINHO POSSÍVEL?
qui, 19 de novembro, 2009
 


    Kitaro - Kageroh / Nen

Por Caio Garrido

Somos seres simbólicos... Seres de imaginação e de identificação. Travamos uma luta conosco e com a vida diariamente. Luta esta, vista e revista em nossas ansiedades, medos e lutos inexoráveis. Vivemos no passado e no "por vir". Nunca estamos presentes no "aqui e agora". A Psicanálise e algumas filosofias orientais, como o Budismo, apresentam várias características singulares, mas também características onipresentes e entrelaçadas entre si. Tanto a Psicanálise quanto o Budismo prerrogam a "presença" no aqui e agora, de maneira a abraçar o acaso e o novo, sem estar a todo tempo atravessado por "fantasmas" do inconsciente e por ilimitadas lembranças do passado, e nem na expectativa de um futuro criado a todo o momento em nossas mentes ávidas.

O Budismo fala muito no conceito de "Vazio". O que é o "Vazio"? Vazio é a presença pura, incondicional e nua da consciência humana. É o estar vivo. É este Vazio que possibilita o "Tudo". Muito diferente do niilismo, que trata da perda de sentido para a vida. Este "estar vivo", esta presença pura e constante, que sempre esteve conosco, mas que de alguma forma nos esquecemos e nos distanciamos, é a presença que nos faz criar, dar sentido ao mundo, nos identificarmos com o mundo, as pessoas, com as coisas, e criar conceitos.

Vemos o mundo através de "Filtros". Filtros de percepção. Tanto a Psicanálise, como a Meditação, as religiões e filosofias transcendentes, como o Budismo, tratam de alterar esses filtros, proporcionando uma renovação constante deles, ou eliminação de muitos deles, descatexizando as fixações de nossas mentes, e trazendo a possibilidade de estar no mundo de forma mais relaxada, compassiva e integrada. Apesar disso, o homem sempre será um criador de conceitos, basicamente um ser desejante; se não quer desejar algo, ou não deseja algo, deseja a idéia de não desejar.

A Psicanálise vem ocupar um canal de nominar ou dar sentido ao Vazio, através de seus próprios conceitos. Já o caminho do budismo consiste em justamente se liberar dos conceitos, e apenas sentir; é ver a vida a partir de outro nível, que ultrapassa a dualidade Inconsciente/Consciente, Ego/Não Ego, Coração/Mente, Racional/Intuitivo, e outras mais, mostrando-nos a prática do "Percebimento". O que o Princípio de Prazer nos diz? Diz que, após um acúmulo de tensão, nos liberamos dessa tensão através do prazer. No Budismo há a velha máxima dita por Buda que fala que o nascimento é sofrimento, envelhecimento e doença são sofrimento, e morte é sofrimento. Mas, ao mesmo tempo, Buda ensinou que existe uma causa para o sofrimento, existe um fim para o sofrimento e existe um caminho de prática que dá um fim ao sofrimento. No Budismo toda felicidade ou prazer atingido na vida nada mais é que uma diminuição do sofrimento, mas que é totalmente fugaz e impermanente, sendo o objetivo de dar fim ao sofrimento o verdadeiro objetivo da vida, que é atingido quando chegamos ao "Nirvana", libertação espiritual ou Iluminação. Então podemos ver que Freud e Buda não estavam tão longe em termos de se entender a penúria do homem e as vicissitudes de seus desejos, prazeres e satisfações. Libertação nada mais é que a libertação das emoções negativas.


Continuar a leitura

 
Budismo, Psicologia - publicado às 3:03 PM 39 comentários
A JANGADA
dom, 15 de novembro, 2009
 



Há esta grande extensão de água... mas não há barco nem ponte. Então irei coletar grama, galhos, ramos e folhas, e juntá-los como uma jangada. Desta forma eu irei cruzar com segurança para a outra margem. O Dharma é similar a uma jangada, que existe com o propósito de cruzar o rio, e não para se agarrar/ater a ela.
(Buda; Majjhima Nikaya XXII)

Assim como o Dharma (que, no caso, se refere ao conjunto de ensinamentos e tradições do budismo para alcançar a iluminação) é apenas a ferramenta (jangada) feita com elementos banais, que muitos tomariam como lixo, muito do próprio ensinamento (no seu caráter individual, como as parábolas) pode ser encarado pela mesma ótica: elementos banais, costumeiros, que são transformados pelo autor em um ensinamento transcendente. Muitos Mestres (reais ou não) nos presentearam com belas parábolas, tais como Krishna, Osho, Mirdad, "O profeta" de Gibran e Zaratustra. Mas, na minha opinião, o maior alquimista de todos, aquele que melhor pegou os elementos circundantes (cenários, objetos, gestos, palavras e respostas) e os transformou em ouro, foi Jesus. Seus ensinamentos são de uma simplicidade que cativa os mais simples, e profundidade que encanta os estudiosos. Sua "jangada" pode parecer tosca à primeira vista. Fraca e balouçante ao sabor da correnteza, sua construção é tão pouco ortodoxa que muitos não aceitam embarcar nela, embora queiram atravessar o rio. Mas sua trama, se analisada de perto, é tão delicada e ao mesmo tempo tão forte (como a teia de aranha) que esta jangada permanece ativa até os dias atuais.


 
Budismo, Cristianismo - publicado às 2:58 AM 40 comentários
OBAMA DUAS-CARAS
qua, 11 de novembro, 2009
 


    Guns n' Roses - Welcome to the Jungle

Parece que basta eu apoiar alguém pra política que este desanda e vira o oposto do que era na campanha.... primeiro Lula, agora Obama.

Me pergunto, qual a real intenção de "mudança" (change) na campanha do Obama?

Porque não adianta muito fechar Guantanamo e sancionar as leis que dão poderes ilimitados ao governo pra prender pessoas sem acusação formal, fazer escutas, invadir casas, etc, tudo herança de George W. Bush e seu "ato patriótico".

Agora o Osa... Obama está participando de reuniões secretas com outros países pra estabelecer leis extremamente rígidas de copyright na internet, o que vai ser um passo atrás na internet 2.0 (ou participativa) que começou com o Youtube. Caso seja aprovada essa lei (que não está sendo discutida com o POVO QUE O ELEGEU), praticamente tudo que botemos no ar na internet pode ser tirado (e até mesmo o usuário pode perder seu acesso a intenet sem julgamento!!) com alegação de que está usando propriedade de terceiros. E a internet só vai ser usada pra comunicação em texto, fotografias pessoais, e o modelo de consumo de mídia vai ser todo centralizado, com transmissão exclusiva de conteúdos da Globo, CNN, estúdios de cinema, etc. É Obama cuspindo no prato que comeu, pois usou a internet de forma massiva e descentralizada, dando a impressão de alguém que entenderia sua importância pra democracia e a preservaria dessa forma. Caso a lei passe, veremos coisas absurdas, como o que acontece no Brasil, de juiz mandar bloquear o Youtube e a ação de Rubinho Pé-de-Chinelo contra o Orkut por seus usuários falarem a verdade.

E, ao mesmo tempo em que quer deixar a internet mundial amordaçada (porque a maioria dos provedores principais são dos EUA), o governo Obama planeja fazer uma internet provida pelo governo, com dinheiro público. Ou seja, ele cria uma estrutura, com provedores do governo, e gerencia AINDA mais facilmente o controle de copyright. Quem se animou com a idéia? A Motion Picture Association of America (MPAA), que tem sido um pé no saco até com quem faz legendas pra seriados. Em um pronunciamento, a MPAA chamou a internet de "um LUGAR que deve ser governado por leis". Belo conhecimento de causa, hein? E são eles os lobbistas por trás das decisões...

Sem falar, é claro, na posição fascista do governo em relação à gripe suína. Todo mundo já deve saber da ligação de Donald Rumsfeld com o laboratório que produz o Tamiflu. O governo Obama não só dá continuidade ao processo de alavancar as vendas do laboratório, como quer OBRIGAR as pessoas a tomarem uma vacina que tem matado gente por aí, contra uma gripe que não está fora de controle e não tem causado mais mortes do que a gripe comum. Será que eles querem vacinar populações inteiras com um agente que causa problemas a longo prazo, pedem desculpa e conseguem clientela para tratamento com remédios (comprado pelo governo) pro resto da vida. A história fica mais assustadora: A jornalista Jane Burgermeister acusou a Organização Mundial de Saúde por bioterrorismo, e por isso foi demitida de seu trabalho. Ela alega ter provas de uma conspiração para vacinação e genocídio em massa. Essas alegações poderiam ser só de uma maluca, sem respaldo na realidade, mas não são. Tem havido uma movimentação sem precedentes no campo militar para algo da escala de uma guerra biológica, e evidências disso começaram a pipocar já no governo anterior, com a compra pela FEMA de 500 mil caixões (de defunto), e a construção de campos de concentração no deserto. Só pra lembrar a FEMA (Federal Emergency Management Agency) está envolvida até a medula com o 11 de setembro, e isso só mostra que o Governo Obama é apenas uma continuação dos interesses do governo Bush (ou deveríamos dizer da Nova Ordem Mundial?).

E o dinheiro pra salvar a economia? Mais uma coisa que começou com Bush e CONTINUOU com Obama. Pra ser mais preciso, essa crise foi algo que COMEÇOU com o governo Clinton (democrata) liberando a farra dos bancos, a fórmula prosperou e desandou no governo Bush (republicano) e a bomba explodiu nas mãos de Obama (democratas). Mas as mentes e a equipe econômica por trás disso tudo (conselheiros, chefes do tesouro) são basicamente os MESMOS durante todo esse tempo! E é impressionante ver Michael Moore reconhecer isso e fazer um comentário ingênuo nesta entrevista (!!!). Primeiro destroem a economia, depois botam uma arma na cabeça do Congresso, dizem "me dê 700 bilhões ou o mundo entra em colapso", e depois o dinheiro some!!! E eles continuam lá, ditando as regras do jogo!

E o prêmio Nobel da Paz, que caiu no colo de Obama enquanto mandava mais soldados para matar e morrer no Afeganistão? Sou mais Lula, que consegue dialogar com Irã e Israel e todo mundo gosta dele!

Nem me espantei mais quando a diretora de comunicações da Casa Branca, Anita Dunn, confessou que a campanha de Obama "controlou de forma absoluta" os meios de comunicação. Ela disse que "Tudo o que fazíamos era dar nossos vídeos à imprensa e fazê-los escrever o que Plouffe havia dito, mas não como se Plouffe estivesse fazendo uma entrevista com um repórter. Assim muitíssima coisa estava sob nosso controle, não sob o controle da imprensa". País livre, livre pensamento, mas com imprensa controlada, sabe-se lá como (O sonho de Lula).

De acordo com Dunn, a estratégia de imprensa da campanha era desencorajar críticas ao candidato como tal. "A realidade é que, se era um vídeo de David Plouffe ou um discurso de Obama, uma imensa parte de nossa estratégia de imprensa focalizava em fazer os meios de comunicação cobrirem o que Obama estava realmente dizendo, não o motivo por que a campanha estava dizendo algo", disse ela.


"Nós somos da paz"

É um pensamento autoritário, mas o que você espera de alguém que diz que Mao Tse Tung e Madre Teresa de Calcutá (?) são "dois dos meus filósofos políticos favoritos"? Acostumem-se com o modelo, pois Scott Goodstein, um dos principais responsáveis pela campanha presidencial via internet e celular de Barack Obama, cuidará da estratégia online da campanha de Dilma Rousseff à presidência. Que mais o PT vai importar?

Guardei o "melhor" pro final. O tão falado "plano gratuito de saúde", que o governo Obama encampou como bandeira de campanha, ainda está sendo discutido no Congresso. Até há pouco eu pensava: por que tanta resistência do Congresso e da população a uma coisa tão boa? Mas vejam só alguns itens, que foram traduzidos por uma pessoa da comunidade do Olavo de Carvalho:

Pág. 22 da Lei de Assistência à Saúde — Determina que o governo faça auditoria nos livros contábeis de todos os empregadores que tenham um sistema próprio de assistência à saúde!
Pág. 30 Seção 123 — Haverá um comitê do governo (Skavuska!) que decidirá quais tratamentos/benefícios você receberá.
Pág. 29 linhas 4-16 — Sua assistência médica será racionada! Você somente poderá receber certa quantidade de "assistência" por ano.
Pág. 42 — O Comissário (Skavuska!) de Escolhas na Saúde escolherá os benefícios de assistência para você. Você não terá o poder de escolha!
Pág. 58 — O governo terá acesso em tempo real às finanças dos indivíduos e emitirá uma Carteira Nacional de Identificação Para o Serviço de Saúde!
Pág. 59, linhas 21-24 — O governo terá acesso direto às suas contas bancárias para a transferência de fundos.
Pág. 72, linhas 208-14 — O governo está criando uma Bolsa de Assistência à Saúde para colocar todos os planos de saúde sob seu controle.
Pág. 102, linhas 12-18 — Os indivíduos habilitados para o Medicaid serão automaticamente inscritos nesse programa. Não haverá escolha.
Pág. 127, linhas 1-16 — Médicos/Associação Médica Americana — O governo dirá o que vocês podem fazer.
Pág. 145, linhas 15-17 — Os empregadores precisarão inscrever automaticamente os funcionários no plano público. Não haverá escolha.
Pág. 167, linhas 18-23 — Qualquer indivíduo que não tenha assistência à saúde aceitável de acordo com o governo será tributado em 2,5%.
Pág. 195 — Os altos funcionários e servidores da administração da Assistência à Saúde (os agentes do governo) terão acesso aos registros financeiros e pessoais de todos os cidadãos americanos.
Pág. 203, linhas 14-15 — "O tributo imposto dentro desta seção não será tratado como tributo." O texto diz exatamente isto.
Pág. 239, linhas 14-24 — O governo reduzirá os serviços clínicos para Medicaid. Os idosos, as pessoas de baixa renda e os pobres serão afetados.
Pág. 241, linhas 6-8 — Os médicos, independente de sua especialidade, receberão a mesma remuneração.
Pág. 253, linhas 10-18. O governo define o valor da hora médica, laudos profissionais, etc.
Pág. 265 Seção 1131 — O governo define e controla a produtividade para o setor de assistência à saúde.
Pág. 280 Seção 1151 — O governo penalizará os hospitais por aquilo que considerar readmissões que poderiam ser evitadas.
Pág. 341, linhas 3-9 — O governo tem autoridade para desqualificar Medicare Adv Plans, HMO, etc., forçando todos a aderirem ao seu sistema de saúde.
Pág. 425, linhas 4-12 — O governo institui a Consulta de Planejamento de Assistência Avançada. Os cidadãos idosos serão entrevistados anualmente para avaliar sua saúde e serão tomadas decisões sobre quais cuidados eles poderão ou não receber.
Pág. 425, linhas 17-19 — O governo instruirá e dará consultoria com relação a testamentos em vida, procurações para advogados, etc. Obrigatório.
Pág. 425, linhas 22-25; 426, linhas 1-3 — O governo fornece uma lista aprovada de recursos de fim de vida, guiando-o na morte.
Pág. 429, linhas 10-12 — Uma "consulta de assistência antecipada" poderá incluir uma ordem para planos para o fim da vida. Uma ordem do governo.



"EUA: Império da Ilusão". Entrevista com o escritor Chris Hedges, que trata do declínio cultural do Império norte-americano


 
Política - publicado às 10:03 PM 149 comentários
PADRE PIO DE PIETRELCINA
sáb, 7 de novembro, 2009
 


Por Hugo Lapa


    Philip Glass - The Kuru Field of Justice 1
Muitas almas iluminadas já vieram à Terra em missão, e cada uma delas deixou um rastro de luz e sabedoria que é seguido por milhares ou milhões de adeptos. Uma dessas almas é Francesco Forgione, mais conhecido como Padre Pio de Pietrelcina, uma pessoa humilde que inspirou milhões de fiéis da Igreja Católica e até mesmo adeptos de outras religiões. Apesar de sua grande simplicidade e dedicação exclusiva à vida religiosa, Padre Pio ganhou notoriedade mundial pelas suas realizações, e ficou famoso por sua história repleta de mistérios. Quem foi essa incrível figura que inspirou e continua inspirando gerações de religiosos e esoteristas?

A vida de Padre Pio é cheia de circunstâncias fabulosas do início ao fim. Padre Pio nasceu no dia 25 de maio de 1887 na cidade de Pietrelcina, num pequeno povoado da Província de Benevento, na Itália. A família de Francesco era bastante humilde e tinha poucos recursos financeiros a lhe oferecer. Porém, os orientais já observaram que é do terreno mais lamacento e oculto que a flor de lótus traz o branco mais puro da natureza, ou mesmo o lírio, com seu encanto e sua beleza que às vezes nasce do estrume. O pequeno Francesco já exibia, desde tenra idade, um comportamento exemplar. Era uma criança muito tranqüila, pacífica, observadora e incapaz de fazer mal a quem quer que fosse. Segundo os pais e pessoas próximas, Francesco nunca cometera nenhuma falta e não era uma criança de caprichos ou vaidades.

Sua mãe chegou a dizer que Francesco "sempre obedeceu a mim e a seu pai, a cada manhã e a cada tarde ia à igreja visitar a Jesus e a Virgem. Durante o dia não saia nunca com os seus companheiros. Às vezes eu dizia: – "Francì, vá um pouco a brincar". Ele se negava dizendo: – "Não quero ir porque eles blasfemam". Diz-se que Francesco havia sido uma criança um pouco tímida e retraída. Alguns esoteristas afirmam que os grandes seres de luz que vem ao mundo corpóreo procuram conservar-se introspectivos durante boa parte da infância, caso contrário seriam influenciados pela educação da época, com seus preconceitos e estereótipos. Além disso, conta-se que Padre Pio havia conhecido seu anjo da guarda e mantinha com ele um estreito contato. Futuramente, Padre Pio pedia as pessoas que sempre que possível procurassem dialogar internamente com seu anjo da Guarda, uma força ou consciência espiritual elevadíssima e bem próxima de nós.

Desde criança, Francesco já dava sinais de que seu caminho era o sacerdócio. Expressava profundo desejo de consagrar sua vida plenamente a Deus e aos desígnios divinos. Ainda jovem, quando era assíduo freqüentador da Igreja, pedia ao Sacristão que, em sua hora de almoço, o deixasse ficar orando e meditando sozinho na Igreja fechada, apenas ele e Deus.

Pessoas próximas contaram que Francesco não era muito dado a reuniões sociais. O jovem trocava os amigos e as festas por momentos em que se isolava e permanecia horas e horas em silêncio e profunda oração. Quando estava sozinho e mergulhado em longas meditações dedicadas a Deus, experimentava êxtases místicos muito profundos, onde presenciava aparições de entidades luminosas e fenômenos estranhos. Já em tenra idade, Francesco era invadido por vozes que lhe insultavam e procuravam desorientá-lo. Segundo os católicos, ele estava sendo tentado pelo demônio; segundo os espiritualistas, ele estava sendo alvo de investidas de espíritos obsessores de baixa estirpe que tentavam a todo custo desequilibrá-lo emocionalmente, tudo isso para que não cumprisse a missão sagrada a que estava destinado.

Aos 16 anos, Francesco entrou como clérigo da Ordem dos Capuchinhos, no dia 06 de janeiro de 1908. Pouco depois de seu ingresso, ele foi acometido por graves enfermidades e seu estado de saúde ficou precário durante muito tempo. Dizem que sua febre chegara a níveis altíssimos, até maiores do que um termômetro comum era capaz de medir. Por este motivo, ele foi conduzido a vários conventos diferentes, até permanecer em definitivo no Convento de San Giovanni Rotondo. Nessa época, ele já era conhecido como o Padre Pio de Pietrelcina. No convento de Rotondo, Padre Pio ficaria morando e exercendo o sacerdócio durante os próximos 50 anos.

Conta-se que apesar de Padre Pio ter sido castigado por várias doenças, elas colocavam-no num estado que era seguido por êxtases divinos. Vemos aqui uma aproximação desse fenômeno com o que os antropólogos chamam de "enfermidade xamânica" no Xamanismo. Diz Stanislav Grof que "os futuros xamãs podem perder o contato com o ambiente e ter intensas experiências interiores, que envolvem jornadas ao mundo inferior e ataques de demônios que os expõem a incríveis torturas e provações, que costumam culminar em experiências de morte e desmembramento seguidas pelo renascimento e subida para regiões celestiais".

Porém, algo ainda mais surpreendente ocorreu nessa época. Conta-se que entre uma doença e outra, Padre Pio chegou a ficar muito debilitado e teria ficado longos períodos sem ingerir qualquer alimento físico. Houve um momento em que o Padre ficou 21 dias sem ingerir nada, apenas a Hóstia Consagrada. A despeito de alimentar-se bem pouco, Padre Pio mantinha misteriosamente o peso de 90 kilos. Esse fenômeno de manter-se por um longo tempo sem a necessidade de alimento físico chama-se Inédia. Vários santos já exibiram esse prodígio, uma delas foi Tereza Neumann. Yogananda conta no livro "Autobiografia de um Iogue", que conheceu uma mulher ioguini, já com mais de 60 anos de idade, que estava a nada mais nada menos do que 50 anos sem ingerir nenhum tipo de alimento sólido. Há outras referências na literatura espiritual sobre essa capacidade, uma delas é no clássico Yoga Sutras de Patanjali, obra que serviu de base para a estruturação de Yoga enquanto disciplina sistematizada. Patanjali conta que através de certo exercício yogue, é possível restringir a fome e a sede.

Voltando as misteriosas doenças de Padre Pio, alguns relatos nos fazem pensar que ele teria passado não apenas por dificuldades de saúde, mas também por ataques ainda mais ferozes de espíritos das sombras. Padre Pio ficava a noite sozinho no Convento de San Giovanni Rotondo. Os membros do convento eram frequentemente surpreendidos com barulhos fortíssimos de pancadas do que parecia ser uma luta homérica sendo travada. Sons altos de batidas, gritos e agressões eram ouvidos por todos e vinham diretamente do aposento onde ficava o Padre Pio. Quando eles se reuniam e subiam até o local, ao abrir a porta, encontravam o Padre Pio sozinho e com marcas de vermelhidão, inchaço e machucados diversos, como se tivesse sido agredido por alguém. Os seguidores de Padre Pio acreditavam que demônios originários do próprio inferno visitavam-no constantemente à noite para agredi-lo e submetê-lo a torturas e agressões. Padre Pio, no entanto, nunca reclamara dessa situação, guardando apenas para si o seu sofrimento.


Continuar a leitura

 
Cristianismo - publicado às 5:06 PM 91 comentários