Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


A RAPOSA E OS NIÓBIOS
qua, 24 de setembro, 2008
 


Na mitologia japonesa, Kitsune (raposa, em japonês) são animais que possuem muita inteligência, vida longa e poderes mágicos. Uma dessas magias é a de se transformar em humanos. São conhecidas como trapaceiras e ótimas pregadoras de peças, mas não sabem quando parar.


Recebi um powerpoint com um artigo de Rebecca Santoro que alerta pra uma conspiração em Roraima pra encobrir o extrativismo de Nióbio. Como o texto não cita fontes e não é lá muito informativo, resolvi analisá-lo abaixo, utilizando-me dele quando necessário, fazendo um resumo e atualizando-o com outras fontes:

Em agosto de 2005, um ex-conselheiro do presidente norte-americano Ronald Reagan disse, em entrevista ao jornal The Australian que, se por um motivo qualquer, houvesse uma repentina venda maciça de dólares, a Grande Depressão de 1929 pareceria um piquenique. Para se ter uma idéia, o volume de dólares fora dos EUA é cerca de quatro vezes o PIB daquele país. Em tal situação, os dirigentes da oligarquia mundial, entre eles Warren Buffett e George Soros, dois dos maiores donos de ativos financeiros do mundo, vêm transformando sua riqueza financeira em riqueza real, adquirindo ativos reais, como terras, bens de produção (indústrias e máquinas) e minerais preciosos.

Dominar todo o processo produtivo, desde a extração ou a fabricação de matéria-prima ao produto final, depois sua comercialização, no atacado e no varejo, pelo menos de todos os bens mais importantes para a vida moderna é o sonho dourado das grandes oligarquias transnacionais. Assim, espertamente compram terras, bens de produção e avançam sobre o domínio da exploração, extração, manipulação e comercialização do universo das matérias primas, incluindo os minerais.

Roraima não está sob disputa à toa, dentro desse quadro. Sob o solo daquele Estado, especialmente nas reservas indígenas, estão as maiores reservas de minerais preciosos e estratégicos do mundo - todos de qualidade excepcionalmente boa. Há ouro, diamante e, segundo o artigo, Nióbio.


Continuar a leitura

 
Política - publicado às 1:45 PM 78 comentários
A HISTÓRIA DAS COISAS
ter, 16 de setembro, 2008
 


A História das Coisas é um documentário de 20 minutos, que vai direto ao ponto: como colaboramos diariamente pra destruir o planeta. Mostra passo a passo a cadeia de eventos que vai da exploração dos recursos naturais, passando pelo produto manufaturado, a compra e o descarte, até chegar ao lixão. Mas o diferencial aqui é que não é um documentário no estilo BBC ou National Geographic. É explicado com desenhos (toscamente) animados, e numa linguagem simples (sem ser simplista) que se torna interessante e compreensível até para crianças pequenas. E o melhor: é dublado!

Eu convoco professores a fazer uma campanha de guerrilha contra os poluidores (desmatadores, fábricas e... nós mesmos), passando esse vídeo nas escolas. Não importa se não tem aula de ecologia, isso pode ser encaixado (forçosamente) numa aula de história, geografia, moral e cívica, matemática, qualquer coisa! O importante é plantar a semente em nossas crianças e adolescentes (porque essa geração já é perdida, estamos contaminados demais) pra garantir ao menos um futuro melhor pra ELES MESMOS!!!

Após o vídeo haverá uma imensa porta aberta nas mentes dessas pessoas, tipo: "o que eu posso fazer?" "como posso ajudar" e é aí que entra o papel do educador, oferecendo alternativas. Pra isso você, educador, deve se "armar" de links para páginas que tratam de ecologia, imprimir dicas, ensinar a necessidade de economizar água e luz, usar ao mínimo materiais descartáveis, etc, etc.

Pra conseguir esse vídeo já no formato de DVD, clique aqui e faça o download do link intitulado "Dublado - Versão brasileira para gravar em DVD [ZIP | 0.71GB ]". Se você já sabge converter de AVI pra DVD, pode baixar bem mais rapidamente lá mesmo, pois há várias versões pra download. Agradeço e muito a quem dublou e hospedou esse vídeo. Viram como cada um fazendo alguma coisa poderemos ajudar a mudar o mundo? Sempre vai ter um espírito de porco que vai dizer "você acha que ensinando essas crianças vai adiantar alguma coisa? Que um industrial vai deixar de fazer seus produtos cancerígenos por causa de um bando de ripongas do Greenpeace?". Pois ACREDITE. Não vai ser do dia para a noite, não vai ser em um ano, mas quando o poder da CONSCIÊNCIA se alastra e atinge uma massa crítica, mesmo que as pessoas não deixem de consumir sem questionar, INFLUI SIM no desenvolvimento dos produtos. Um exemplo claro foi semana retrasada, na Conferência da Apple para o lançamento dos novos Ipods.

Durante a apresentação houve um tópico só pra falar que o produto é um dos mais "limpos" da Apple, mostrando uma checklist do que ele não tem de tóxicos, comumente presentes em aparelhos eletrônicos. Busquem pela sua memória: Quando foi a última vez que você viu isso numa propaganda de eletrônico? Os tempos estão mudando, e os "malucos verdes" de hoje podem ser os líderes de amanhã, especialmente porque todos estão sentindo na pele os efeitos do modelo atual de "desenvolvimento".


Ler em espanhol (por Teresa)

Referência: Ranking do Greenpeace em relação às companhias


 
Geral, Internacional - publicado às 10:47 PM 115 comentários
ANIVERSÁRIO DA FARSA
qui, 11 de setembro, 2008
 


Hoje celebramos o 7º ano da maior farsa da humanidade. Na frente de bilhões de pessoas, ao vivo, os EUA fizeram um show inesquecível que, infelizmente, resultou na morte de milhares de inocentes.

Estou falando do 11 de setembro, um acontecimento perpretado por uma elite do governo Bush para ganhar carta branca do Congresso pra sua guerrinha particular no Oriente Médio. Graças ao 11/9, os EUA hoje têm bases permanentes no Afeganistão e no Iraque, controlando assim a produção e distribuição de petróleo de parte do Oriente Médio. Por que Afeganistão, você pergunta? Simples: Geopolítica do petróleo. O Paquistão é aliado dos EUA, não tem muito petróleo, mas conta com uma posição estratégica, pois tem contato com o mar. É de lá que sai o petróleo do Oriente Médio para os EUA. Só que a mina de ouro do Oriente Médio é a bacia do Mar Cáspio, com reservas de petróleo avaliadas em US$ 4 trilhões, o suficiente para abastecer os Estados Unidos por 30 anos. Mas, para chegar até lá, seria preciso acordo com o Turcomenistão (que está sempre aberto a quem pagar mais) e com o Afeganistão. Só que o último era controlado pelos Talibãs, malucos fundamentalistas, no sentido mais pejorativo da palavra. Esse era um problema que deveria ser contornado... Os EUA já brigaram pelo controle do Afeganistão antes, indiretamente, financiando os próprios Talibãs contra a invasão da URSS (guerra retratada em Rambo III).

Clique na imagem para ampliarOs EUA ficaram, então, só com a Arábia Saudita pra recolher o petróleo, enquanto a Europa usa a Turquia como escoadouro, com gasodutos que atravessam a Geórgia (sim, essa mesma que foi recentemente atacada pela Rússia) e o Azerbaijão.

Em 1993 uma bomba explode no World Trade Center, e terroristas egípcios são presos. Osama Bin Laden não teve nada a ver com esse atentado (ao contrário do que disse à exaustão o governo Bush pós 11 de setembro). O mais bizarro foi o envolvimento do FBI no atentado, pois eles tinham um informante que contou o plano todo e eles deixaram tudo acontecer. Qualquer semelhança com os eventos de 8 anos depois não é mera coincidência.

Em 1996, os Talibãs (com a ajuda dos EUA) dominam o Afeganistão e se tornam os melhores amigos dos norte-americanos. Foram então a Washington e ao Texas — estado que Bush governava — para tratar, com a Unocal Petróleo, do projeto de um duto de 1.200 quilômetros e US$ 2 bilhões que atravessaria o Afeganistão. As coisas iam bem, mas a situação no Afeganistão piorou, com guerras internas e instabilidade na região. Em meio a negociações difíceis, no inverno de 2000, o atual enviado de Bush a Cabul (o afegão-americano Zalmay Khalilzad) pregou a desestabilização do regime Talibã.

Aí veio o 11 de setembro, onde 4 aviões foram (supostamente) sequestrados por SAUDITAS, (supostamente) a mando de Osama Bin Laden, que estaria (supostamente) escondido no Afeganistão. O governo dos Talibãs foi destroçado e o caminho ficou aberto para os investimentos norte-americanos. E não demoraram: apenas 1 ano após os atentados acordos foram iniciados pra construir um duto petrolífico cortando o Afeganistão de Norte à Sul. Na verdade, os EUA estavam tão ansiosos que oficiais norte-americanos informaram EM JULHO (ou seja, dois meses antes do ataque) o antigo diplomata afegão Niaz Naik que os EUA atacariam o Afeganistão em meados de outubro. Isso porque os EUA já tinham um plano detalhado pra tirar os Talibãs do poder. O 11 de setembro veio bem a calhar, não?

Convenientemente, até hoje Osama Bin Laden não foi encontrado. O mesmo que, no começo, NEGOU fazer parte dos atentados, inclusive considerando-os anti-islâmicos, e que logo depois aparece num vídeo (com tradução altamente discutível) gesticulando com a mão direita (Osama é canhoto), onde comemora os atentados, e outra fita de 2004, meses antes das eleições norte-americanas, onde uma pessoa (que apenas se parece com Osama e não fala como ele) "admitia" ter planejado os atentados. Isso obviamente ajudou Bush a se reeleger, o que não foi muito inteligente da parte desse "Osama". Aliás, estamos esperando pra este ano mais uma mensagem do "brilhante estrategista" Osama Bin Laden pra ajudar o candidato de Bush a se eleger e assim continuar a manter o exército no Afeganistão e Iraque!

Isso tudo e só estou tratando de Afeganistão... Iraque foi outro alvo, que não teve NADA A VER COM OS ATENTADOS, mas foi invadido assim mesmo. O interesse, obviamente, é o mesmo: petróleo. Pra ser mais exato, a segunda maior reserva mundial de petróleo do mundo - atrás apenas da Arábia Saudita. Precisa falar mais alguma coisa?

Obviamente, nem tudo saiu como esperado. Eles achavam que, tirando o Saddam do poder, ficaria fácil dominar o país com políticos comprados, mas não contaram com a resistência da população (os tais "terroristas", que são na verdade pessoas como eu e você que pegam em armas contra os invasores, afinal, é isso que os EUA são. Os iraquianos são tão terroristas quanto a gloriosa resistência francesa, mas a história é feita pelos vencedores, então...). Os EUA estão gastando mais lá do que lucrando (em termos de petróleo), e esse déficit está cada vez maior. A China compra papéis dos EUA pra que o país não vá à falência, enquanto os EUA compram produtos da China, mas não se sabe até quando esse equilíbrio vai se manter.

Tudo isso que estamos vendo na economia mundial, com crise nos EUA, baixa do Euro, guerra na Georgia, etc, é reflexo da ganância humana pelo petróleo, que teve seu apogeu na farsa de 11 de setembro. Mas o futuro pode nos reservar grandes surpresas, então tratem de quitar suas dívidas o mais rápido possível (ou qualquer coisa que envolva juros), e muito cuidado com a bolsa de valores.

Caso não tenham lido ainda, não deixem de conferir o post "11 de setembro", que traz todos os detalhes da farsa, e vem sendo atualizado durante todos esses anos com novas informações. E o vídeo sobre o "avião" que atingiu o Pentágono.

Ler em espanhol (por Teresa)

Referência: Was 9/11 an Inside Job?


 
Internacional, Política - publicado às 9:55 PM 158 comentários
MARTA E MARIA
qua, 10 de setembro, 2008
 


Ora, quando iam de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. Tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, sentando-se aos pés do Senhor, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava preocupada com muito serviço; e aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá que minha irmã me tenha deixado a servir sozinha? Dize-lhe, pois, que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas; entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.
(Lucas 10:38-42)

Jesus, certamente, não era um apreciador do ócio ou do jeitinho brasileiro. Procurou se acercar daqueles que trabalhavam, e nas áreas menos prestigiadas, como pescadores e coletores de impostos (sendo, ele mesmo, um carpinteiro). Mas ele sabia da necessidade de reservar momentos para o material e o espiritual, como já vimos no milagre dos pães, onde a multidão que estava lá para ouvi-lo (alimento espiritual) em dado momento precisou de alimento material, e ele, em vez de acatar a sugestão dos apóstolos e mandá-los pra casa, resolveu alimentá-los com o pouco que tinha (que virou muito).

Somente o Amor é capaz
De prodígio singular:
Quanto mais tira de si.
Mais ele tem para dar.

(Eurícledes Formiga)

Então, quando Jesus repreendeu (docemente) Marta, não foi por ela estar trabalhando enquanto ele pregava, e sim pela entrega a um trabalho que a deixava "ansiosa e perturbada", nas palavras do mesmo. E ainda mais porque ela foi repreender a irmã - que tinha naquele momento outras prioridades - pra que fizesse o mesmo trabalho que ela! Quantas vezes não inventamos de tomar um fardo (supostamente) mais pesado do que podemos carregar e acabamos por envolver outras pessoas (sem consultar) no carregamento dele?

O Dr. Inácio Ferreira certa vez perguntou sobre o significado dessa passagem bíblica pra Chico Xavier, sobre o que poderia ser essa coisa "tão pouca e tão necessária". Chico respondeu: "É o Amor!"

Certamente... com Amor, nenhum fardo é pesado demais, nenhum caminho é inquietante, e nada do que fizeres terá sido em vão.


 
Cristianismo - publicado às 1:26 AM 43 comentários
UFO NO AEROPORTO (3)
qui, 4 de setembro, 2008
 


Domingo à noite minha namorada me liga nervosa, dizendo que acabou de ver um objeto brilhante subindo em alta velocidade, na vertical, lá pelo lado dos Montes dos Guararapes (perto do fim da pista do aeroporto). Como ela mora a alguns quilômetros de mim, corri para a janela pra ver se via também, mas não deu. No momento em que ela viu, correu para o telefone pra me ligar, e quando voltou o objeto já estava muito, muito alto, e já se deslocando na horizontal, sumindo para dentro das nuvens. Infelizmente o céu não abriu, ao contrário, logo após ficou tudo encoberto por uma grossa camada de nuvens baixas. O objeto se apresentava como três janelinhas quadradas, dispostas na horizontal, como um retângulo, que piscavam sequencialmente.

Como devem lembrar, eu mesmo avistei algo que não pode ser explicado como tecnologia humana em 13 de março deste ano, passando POR CIMA do aeroporto (além de já ter visto algo estranho em outra ocasião). E um contatado também me avisou que aquela área deve ser algum tipo de portal, já que ele havia visto luzes descendo e subindo por aquela região. Sabe, pode me chamar de paranóico, e tal, mas eu sempre achei um absurdo na reforma do Aeroporto dos Guararapes não terem mantido uma área aberta pra se despedir dos parentes e amigos que embarcam no avião, como era antes. Ou, no mínimo, uma área de vidro onde se possa VER os aviões decolando!! A visão do público hoje é cortada justamente no horizonte por um telhado, na altura onde os aviões deveriam estar passando (voando) na nossa frente (ver foto). Seria uma estupidez arquitetônica, ou uma técnica pra evitar possíveis avistamentos e fotos como essa? (mais informações sobre a foto nos comentários)


Continuar a leitura

 
Ufologia - publicado às 11:02 PM 110 comentários