Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


SANATÓRIO DO ALÉM
qui, 30 de dezembro, 2004
 


Trechinho do livro Na Próxima Dimensão, de Carlos Baccelli e Inácio Ferreira. Inácio é espírita e foi diretor de um sanatório de Uberaba em vida. Ao desencarnar, aproveitaram o know-how dele pra tomar conta de um sanatório no plano espiritual. Uma turma de estudantes de espiritismo, que estão se preparando pra encarnar, vai visitar o local, ao que Inácio explica:

O número de internos é flutuante, cerca de dois mil, aproximadamente, mas temos vagas para mais - disse, com o propósito de aterrorizar aqueles novatos.
- Todos os dias entram, todos os dias saem pacientes...
- Entram e saem de onde e para onde? - perguntou Paulino Garcia, inteligentemente.
- Entram provenientes das trevas e saem para institutos de reeducação, como o Liceu, por exemplo, fortalecendo-se para uma nova experiência reencarnatória; em suma, saem para regressar às trevas do mundo...
- Por que - insistiu o jovem monitor de Odilon - a religião está sempre presente no desequilíbrio desses nossos irmãos? Espíritas, católicos, evangélicos...
- É uma boa pergunta, Paulino, pois raramente temos um ateu por aqui; quase todos tiveram práticas religiosas na Terra... Os céticos e os materialistas devem estar em outra parte; aqui estão os que se comprometeram mais diretamente com Deus; os que foram vítimas de seus delírios de grandeza espiritual: os que mercadejaram com os dons do espírito, aqueles que não se beneficiaram com o poder do dinheiro, mas com a moeda da influência moral... Pela minha experiência, que não é tanta assim, digo-lhes que a perturbação oriunda do fanatismo é mais danosa do que a que se origina do materialismo... Deste Outro Lado da Vida, o materialista não tem mais nada e não é difícil convencê-lo disto, mas não é fácil argumentar com aquele que, espiritualmente, se julga superior a você; a lógica dos católicos e protestantes atem-se ao que está escrito na Bíblia, mas a dos espíritas envolve questões mais delicadas: muitos conhecem de memória todo "O Livro dos Espíritos" e não abdicam de suas interpretações pessoais da Verdade... Os espíritas não se consideram doentes - começa por aí...
- E qual é o tipo de tratamento mais eficaz para eles? - tornou Paulino, interessado.
- O melhor remédio de que dispomos aqui é o tempo... O que é que vamos fazer? Conversamos, tentamos mostrar a realidade, organizamos atividades de laborterapia, auxiliamo-los a interpretarem as suas "visões" e as suas "vozes"; quando possível, ensaiamos algum tipo de regressão da memória; efetuamos periódicas excursões às regiões de maior sofrimento... Sim, porque em pior estado do que aqueles que aqui se encontram internados estão os nossos irmãos que ainda não demonstraram a mínima disposição de serem socorridos, presos às sensações da vida material que não querem deixar ou estão estacionados nas regiões fronteiriças do túmulo, ligados a grupos de espíritos rebelados...


 
Espiritismo - publicado às 1:55 AM 7 comentários
IN MEMORIAN
ter, 28 de dezembro, 2004
 


mestre-kame.jpg

 
Geral - publicado às 3:03 PM 16 comentários
RESGATES COLETIVOS
seg, 27 de dezembro, 2004
 


O acontecimento do Tsunami na Ásia só nos mostra o quanto somos vulneráveis a esse tipo de catástrofe... 125 mil mortos em um só dia. Esse episódio me lembrou Irmão Bernardo, que volta e meia nos falava que a própria natureza se encarregaria dos resgates coletivos para o fim do ciclo de evolução aqui na Terra. E o que vimos de lá para cá foi uma atividade anormal de vulcões em erupção (12 entraram erupção ao mesmo tempo só esse ano), tremores quase semanais no Japão e furacão no Brasil (!). Esse terremoto (o maior em 40 anos, e o 5º maior do mundo) perturbou até mesmo a rotação e o eixo da Terra: "Todo o planeta está vibrando", disse o chefe do Instituto geofísico italiano, Enzo Boschi.

Há duas semanas tive a oportunidade de falar com Irmão Bernardo, e ele nos falou que teríamos apenas mais 7 anos de reunião com ele. Perguntei então a ele o que aconteceria em 2012, e ele falou: "resgate de metade da humanidade". E que ele irá ocupar-se ajudando no recebimento dessas pessoas.


Continuar a leitura

 
Geral, Internacional - publicado às 2:33 PM 113 comentários
O CÓDIGO DA BÍBLIA 2
 


Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos o correrão de uma parte a outra, e o conhecimento se multiplicará.
(Daniel 12:4)

Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido.
(Mat 5:18)

Hoje vi um especial no History Channel sobre o código da bíblia. Muito bom e imparcial, mostrou fatos inquestionáveis de que há "algo" ali que não sabemos explicar, mas também mostrou o outro lado, por exemplo, de um pesquisador que conseguiu achar "predições" das mortes de pessoas famosas, como Lady Di e Luther King, no livro Moby Dick. Claro, estatisticamente é provável que, no meio de milhares de letras, e usando um computador, se ache combinações interessantes de palavras. Mas o caso da bíblia é especial porque em nenhum outro livro se achou TANTA quantidade de acontecimentos marcantes e estatisticamente improváveis.

Tem um caso interessantíssimo que foi a morte dos astronautas do Columbia: quando foram verificar na bíblia, acharam duas passagens: uma delas forma um desenho que lembra um avião, com as frases "Columbia-eles irão sofrer", "espaçonave", "consumidos pelo fogo" e "na terra". A outra é ainda mais perturbadora, pois contém a frase "morte no columbia", e atravessando ela está o texto original da bíblia "...até que retornes à terra, porque dela foste tirado; do pó (cinzas) vieste, e ao pó retornarás". Quem disse que Deus não tem senso de humor?

Neste exato momento estou baixando o software "The Keys to the Bible" pra eu mesmo procurar besteiras na bíblia (será que tem o ano da minha morte por lá?).


 
Ciência - publicado às 5:09 AM 34 comentários
FELIZ ANIVERSÁRIO, MITRA!
sáb, 25 de dezembro, 2004
 


Um texto da Superinteressante sobre comer ou não carne trouxe uma notinha interessante para esta época de Natal:

"As tribos nômades de cavaleiros que habitavam a Eurásia há 6.000 anos juntavam gado selvagem e o criavam nos pastos naturais. Esses pastores cultuavam um deus-touro, chamado Mitra, símbolo da força, da masculinidade, do poder. A necessidade de pastos novos a cada vez que acabava o antigo fazia deles expansionistas por natureza e, no início da era cristã, eles já tinham se espalhado da Índia, Babilônia a Portugal. Com isso, o culto a Mithra tornou-se muito popular no Império Romano. Para contê-lo, a Igreja adotou sua data sagrada, o dia de Mithra - 25 de dezembro. Estava estabelecido o Natal. Depois, no Concílio de Toledo, em 447, a Igreja publicou a primeira descrição oficial do diabo, a encarnação do mal: um ser imenso e escuro, com chifres na cabeça. Como Mithra."

Esse texto pode insinuar que Mitra seja o próprio demônio, mas não é o caso. Mitra era um deus do bem, criador da luz (por isso mesmo era associado ao Sol), em luta permanente contra a divindade obscura do mal. Seu culto estava associado à crença na existência futura absolutamente espiritual e libertada da matéria. Protetor dos justos, agia como mediador entre a humanidade e o Ser Supremo. Ele encarnou-se para viver entre os homens e enfim morreu para que todos fossem salvos. Os persas o adoravam por influência dos babilônios, os primeiros astrólogos da antiguidade. Seu nome, de raiz indo-européia, significa: "troca", "contrato" e "amizade" (seria daí que surgiu o costume de trocar presentes?). Era o correspondente iraniano do deus sumério Tamuz.


Continuar a leitura

 
Cristianismo - publicado às 12:00 AM 27 comentários
RADIAÇÃO DO CELULAR PREJUDICA DNA
qua, 22 de dezembro, 2004
 


Uma notinha obscura que saiu no obscuro caderno de informática da obscura Folha de Pernambuco me motivou a procurar na internet essa notícia, que eu achei ser do interesse de todos os seres humanos que porventura possuam DNA:

"Pesquisadores europeus do projeto Reflex (que consumiu quatro anos) disseram ter encontrado quebras de DNA e "aberrações" em cromossomos de pessoas que usam este tipo de equipamento, e que a intensidade dos resultados foi compatível com o tempo em que as células foram expostas à radiação. Porém, disseram também que o estudo não prova que os celulares fazem mal à saúde - e que novas pesquisas sobre o assunto são mais que necessárias. Os resultados obtidos pelos dois laboratórios participantes do projeto serão agora submetidos a um terceiro laboratório, conta o site RCR Wireless News. Em outubro, um outro estudo europeu coordenado pela Organização Mundial de Saúde apontou relação entre o uso de celulares e o aumento no risco de uma pessoa desenvolver - no lado da cabeça mais usado para falar ao celular - um tumor benigno conhecido como neuroma acústico."


Continuar a leitura

 
Ciência - publicado às 4:57 PM 33 comentários
REMÉDIO AMARGO
seg, 20 de dezembro, 2004
 


Nem sempre uma coisa que nos parece ruim é para o mal. Quando uma mãe força o filho a tomar o remédio amargo, ela está fazendo um bem, pois sabe que ele ficará curado com aquilo. O pirralho não tem ainda o discernimento pra aprender que é melhor ficar com um amargor na boca agora do que conviver com uma doença incapacitadora depois.

Um exemplo na minha família dá-se agora: meu avô de mais de 97 anos está internado há quase 2 semanas, num quadro grave, e toda a família já se conformou com sua partida (afinal, nesta idade é mais do que natural), então fiquei me questionando "o que mais o prende ao corpo?" Sei que meu avô era muito apegado à vida, mas de uns tempos pra cá a idéia de morrer já não o assustava. Sei também que ele preferiria mil vezes desencarnar em casa, em sua caminha, do que no quarto de um hospital, então me questionava mentalmente "por que meu avô ainda está nesse sofrimento, já que ele tem mais do que merecimento pra uma morte tranquila?"

A resposta veio através do irmão Bernardo, que falou que meu avô estava ali para uma "desintoxicação" espiritual. Irmãos estão trabalhando na aura dele para eliminar paulatinamente traços grosseiros que, se deixados, o levariam automaticamente a seguir - após o desencarne - espíritos grosseiros (por afinidade vibracional, quisesse ele ou não). Considerando que meu avô sempre foi mulherengo (o apelido que botei nele foi Mestre Kami) isso fez um sentido enorme, e já não achei tão terrível ele estar no hospital. Mas perguntei se ele sofria com os procedimentos, e Bernardo disse que não, que a consciência (alma) dele estava sendo mantida em repouso.

Interessante como o conhecimento do mundo espiritual muda todo o enfoque de um quadro aparentemente triste. Eu poderia simplesmente me revoltar com Oráculo e Bernardo, que aparentemente não estavam abreviado a dor do meu avô, mas sei que "não não cai uma folha (da árvore) sem que Ele disso tenha ciência" e que nada acontece por acaso ou para o mal sem que haja com isso aprendizado. O que parecia ser uma sacanagem da espiritualidade com o meu avô mostrou ser na verdade um favor. E tem gente que defende a eutanásia, sem saber que, na melhor das intenções, pode-se estar condenando seu ente querido a uma viagem sem escalas ao umbral, com privações ainda mais terríveis do que a de uma cama de hospital.


 
Metafísica - publicado às 3:00 PM 23 comentários
CURA PELA MAGNETIZAÇÃO ESPIRITUAL
dom, 19 de dezembro, 2004
 


REVISTA ESPÍRITA
Jornal de Estudos Psicológicos, publicado sob a direção de Allan Kardec (setembro de 1865)

Sem dúvida os leitores se lembram do caso de uma cura quase instantânea de um entorse, operada pelo Espírito do Dr. Demeure, poucos dias após a sua morte e que relatamos na Revista de março último, como a descrição da cena tocante ocorrida na ocasião. Esse excelente Espírito vem ainda assinalar a sua boa vontade, por uma cura ainda mais maravilhosa, na mesma pessoa. Eis o que nos escrevem de Montauban, a 14 de julho último:

"O Espírito do Dr. Demeure acaba de dar-nos uma prova de sua solicitude e de seu profundo saber. Eis em que ocasião: Na manhã de 26 de maio último, a Sra. Maurel, nossa médium vidente e escrevente mecânica, deu uma queda desastrosa e quebrou o ante-braço, um pouco abaixo do cotovelo. A fratura complicada por distensões no punho e no cotovelo, estava bem caracterizada pela crepitação dos ossos e inchação, que são os sinais mais certos. Sob a impressão da primeira emoção produzida pelo acontecimento, os pais da Sra. Maurel iam procurar o primeiro médico que aparecesse quando esta, retendo-os, tomou de um lápis e escreveu mediunicamente, com a mão esquerda: "Não procureis um médico; eu me encarrego disto. Demeure". Então esperaram com confiança.


Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 6:00 PM 1 comentário
O KARMA E SUAS LEIS
sáb, 18 de dezembro, 2004
 


Por Dalton e Andréa

1- Uma senhora está grávida de gêmeos univitelinos ou idênticos. Nascem dois meninos. Estes têm a mesma genética e são criados da mesma forma, no mesmo lar, estudam nas mesmas escolas e tem um ambiente psicológico emocional idêntico com a mesma educação de caráter. Um vai bem nos estudos e o outro tem uma terrível dificuldade de aprender. O primeiro é honesto, de bom caráter e íntegro e o segundo é malandro e desonesto. O honesto tem uma vida curta, pois morre de câncer aos 20 anos e o segundo vive 90 anos e enriqueceu ilicitamente.

2- Duas crianças nascem na mesma hora e dia. Os pais da primeira são ricos, inteligentes e cultos e seu recém-nascido é saudável. Os pais da segunda criança são paupérrimos, analfabetos e doentes e seu filho nasceu todo deformado.

Qual a lógica destes acontecimentos? Deus é injusto? A natureza tem falhas? Sorte, azar e destino existem? Será que não tem ninguém governando o Universo? Posso levar uma vida inteira de crimes e bastará um arrependimento no último suspiro para que eu seja salvo? O que seria de nós com apenas uma oportunidade de existência diante do erro? Não somos infalíveis! Que "Pai" não daria uma segunda chance a seus filhos? Ninguém que não aceite a reencarnação ainda não conseguiu responder com lógica e coerência estas questões até hoje.

Infelizmente houve uma deturpação desse termo (karma) no ocidente e a cultura popular o adotou como castigo, fatalismo imutável, trazendo também a palavra dharma como mérito. Quando na verdade no Oriente utiliza-se o termo dharma com o sentido de agir segundo as leis da natureza e adharma com o significado de contrariar estas mesmas leis.


Continuar a leitura

 
Hinduísmo - publicado às 6:00 PM 39 comentários
MÁGOA
sex, 17 de dezembro, 2004
 


Por Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco; Florações Evangélicas

Síndrome alarmante, de desequilibro, a presença da mágoa faculta a fixação de graves enfermidades físicas e psíquicas no organismo de quem a agasalha. A mágoa pode ser comparada à ferrugem nociva que destrói o metal em que se origina. Normalmente se instala nos redutos do amor-próprio ferido e paulatinamente se desdobra em seguro processo enfermiço, que termina por vitimar o hospedeiro.

De fácil combate, no início, pode ser expulsa mediante a oração singela e nobre, possuindo, todavia, o recurso de, em habitando os tecidos delicados do sentimento, desdobrar-se em modalidades várias, para sorrateiramente apossar-se de todos os departamentos da emotividade, engedrando cânceres morais irreversíveis. Ao seu lado, instala-se, quase sempre, a aversão, que estimulam o ódio, etapa grave do processo destrutivo.

A mágoa, não obstante desgovernar aquele que a vitaliza, emite verdadeiros dardos morbíficos que atingem outras vítimas incautas, aquelas que se fizeram as causadoras conscientes ou não do seu nascimento. Borra sórdida, entorpece os canais por onde transita a esperança, impedindo-lhe o ministério consolador.


Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 3:53 PM 17 comentários
A CIÊNCIA E O ESPIRITISMO
qua, 8 de dezembro, 2004
 


Por Allan Kardec (em O livro dos espíritos; com algumas adaptações)

A oposição das corporações científicas ao espiritismo é, para muita gente, senão uma prova, pelo menos uma forte presunção contrária. Não somos dos que levantam a voz contra os sábios, pois não queremos dar motivo a nos chamarem de imprudentes; temo-los, pelo contrário, em grande estima e ficaríamos muito honrados se fôssemos contados entre eles. Entretanto, sua opinião não poderia representar, em todas as circunstâncias, um julgamento irrevogável.

Quando a Ciência sai da observação material dos fatos e trata de apreciá-los e explicá-los, abre-se para os cientistas o campo das conjecturas: cada um constrói o seu sistemazinho, que deseja fazer prevalecer e sustenta encarniçadamente. Não vemos diariamente as opiniões mais contraditórias serem preconizadas e rejeitadas, repelidas como erros absurdos e depois proclamadas como verdades incontestáveis? Os fatos, eis o verdadeiro critério dos nossos julgamentos, o argumento sem réplica.

Na ausência dos fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente.


Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 9:03 AM 12 comentários
HUMILDADE DE VERDADE
ter, 7 de dezembro, 2004
 


Podemos encontrar na Bíblia:
"Quando por alguém fores convidado às bodas, não te reclines no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu; e vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o último lugar. Mas, quando fores convidado, vai e reclina-te no último lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante de todos os que estiverem contigo à mesa. Porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado."
(Lucas 14:8-11)

Mas, suponhamos que a pessoa siga este "preceito" e procure sempre se humilhar e se rebaixar, procurando (ou criando) situações do tipo, desse jeito ela não estaria criando uma vibração (e egrégoras) que atrairão ainda mais situações correlatas, que impediriam, assim, o seu crescimento?

A questão aqui é que vc não vai "procurar" se humilhar. Jesus mesmo falou que aquele que procura dar uma de coitadinho na verdade está é com orgulho daquela condição (ou seja, falsidade):

"Quando jejuardes, não vos mostreis contristrados como os hipócritas; porque eles desfiguram os seus rostos, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, para não mostrar aos homens que estás jejuando, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará."
(Mat 6:16-18)

O que devemos buscar é a humildade VERDADEIRA, sem buscar recompensas que não a da evolução do espírito. Daí quando se diz "aquele que se humilhar será exaltado" não será exaltado por nós, aqui na Terra... poucos homens humildes, como Chico Xavier, conseguiram o reconhecimento em vida. Quantos e quantos permanecem anônimos por aí, fazendo seu trabalho sem alarde? Então não espere grandes benefícios "do alto" com sua atitude de humildade, porque você vai ser testado e humilhado, testado e humilhado... e se você ainda tiver algum pensamento de recompensa, você com certeza se irritará e abandonará essa postura que não era a sua verdadeira postura diante do mundo.

No verso 64 do Tao Te Ching vemos alguns trechos:
"Quem se apega a algo o perderá.
Por isto, o sábio não é egocêntrico, e por isto nunca falha.
Não se apega a nada, e por isto não perde nada.
O único desejo do sábio é não ter desejos.
Não deseja nada o que a outros é desejável.
Nem deseja inteligir objetos de inteligência."

Tudo resumido no verso 9 do mesmo Tao Te Ching:
Quem faz grandes coisas, e delas não se envaidece,
Esse realiza o céu em si mesmo
.

A questão aqui é: se quiser ser grosso como o Joselito, que seja! É a sua personalidade. Você pode até conquistar alguém demonstrando alguma humildade (por interesse), mas o fato é que você não vai ser uma pessoa melhor com atitudes calculadamente humildes. Se você jogar pra debaixo do tapete suas falhas (relegando-a ao inconsciente) não vai encontrar a força oposta que lhe possibilitará a correção (por bem ou por mal). Assuma suas fraquezas, seu ego, suas tendências, e a partir daí procure controlá-los, até um ponto em que suas deficiências possam ser eliminadas naturalmente.


 
Cristianismo - publicado às 12:27 AM 33 comentários
PLATÃO E O CONHECIMENTO INATO
sex, 3 de dezembro, 2004
 


Escrito por Paulo Urban (Médico-psiquiatra e psicoterapeuta do Encantamento)

Segundo Platão, conhecer é recordar verdades que já existem em nós - teoria que pode ser atestada sempre que nos deixamos guiar pela voz do inconsciente.

Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Fazer é demonstrar que você o sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você

Essa máxima, extraída do livro Ilusões, de Richard Bach, sintetiza o inatismo de Platão, doutrina filosófica segundo a qual aprendemos devido a um processo natural de descobertas, capaz de desentranhar conhecimentos racionais e idéias verdadeiras que se encontram, a priori, latentes, guardados em nosso mundo interior.


Continuar a leitura

 
Filosofia - publicado às 5:15 PM 16 comentários
SUICÍDIO
qua, 1 de dezembro, 2004
 


Alguns exemplos do efeito do suicídio na próxima vida, retirado do livro de Marcel Souto Maior "As vidas de Chico Xavier":

- Chico, minha filha, de 5 anos, é portadora de mongolismo, mas eu acho que ela está sendo assediada por espíritos.
Chico descartava a hipótese "espiritual" e encaminhava mãe e filha à fila de passes. Elas viravam as costas, e ele confidenciava a um amigo:
- Os espíritos estão me dizendo que essa menina, em vida anterior recente, suicidou-se atirando-se de um lugar muito alto.

Outra mãe se aproximava e reclamava do filho, também de 5 anos:
- Ele é perturbado. Fala muito pouco e não memoriza mais que 5 minutos qualquer coisa que nós ensinamos.
Quando os dois estavam a caminho da sala de passes, Chico confidenciava:
- Na última encarnação, esse menino deu um tiro fatal na própria cabeça.

Uma moça de 26 anos desabafou:
- Minha personalidade muda demais. Às vezes tenho a impressão de ser outra pessoa. Estou ficando louca?
- Essa mudança é imposta espiritualmente. No caso, você está funcionando como um espelho. Busque se ajudar. Procure exercer certo controle sobre si própria.

________

Punição? Não exatamente. Apenas resultado das ações pretéritas. O que você destruiu tem de reconstruir, mesmo que seja de forma forçada, através de sucessivas reencarnações. O corpo é condensação de energias em perfeito equilíbrio: quando você o desequilibra (em algum nível) isso vai refletir em vida (somatização, doenças, sonhos) e em morte (afetando o perispírito ou espírito, na forma de uma mente perturbada). Peça a um bêbado pra montar um castelo de cartas e você vai ver o resultado.

A reencarnação é a possibilidade de, com o choque na matéria densa e o esquecimento providencial das experiências passadas (sem falar na "couraça de carne" que o protege das investidas dos obsessores e das criações do próprio pensamento) reorganizar primeiro as energias psíquicas, para (quem sabe em outra encarnação) refletir mais equilibradamente na construção do próximo corpo.


 
Espiritismo - publicado às 3:16 PM 70 comentários