Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


EVOLUÇÃO DA CONSCIÊNCIA
ter, 30 de novembro, 2004
 


Neste fim de semana bati um papo com meus primos sobre a evolução através das experiências, e falava sobre Jung e a busca da individuação, através do equilíbrio entre pensamento e sentimento, intuição e sensação. Muito antes Sócrates já falava do equilíbrio na educação dos guerreiros (que deveriam também aprender música) e várias das idéias foram se encaixando no modelo de evolução em espiral que tinha visto nas aulas do CEPEC. Resolvi brincar um pouco em cima disso, fazendo um novo modelo:


Modelo de evolução da consciência, mais conhecido nos meios esotéricos como "cuscuz evolutivo"

Esse modelo (que serve apenas como apoio visual para falar de algo tão abstrato) mostra a evolução da consciência como uma espécie LP, com suas faixas que vão da borda para o centro (que seriam as "órbitas", onde nós giramos como os planetas giram em torno do sol) compondo uma subida cônica contínua, como numa montanha. O centro seria a união, o TODO, o Self. A maioria das pessoas ficam pelas bordas, por pura inércia (força centrífuga e gravidade), guiadas pelo instinto, pela lei do menor esforço, pelo desejo e pelas circunstâncias, sem muita consciência de si mesmo. À medida que vamos adquirindo entendimento, galgamos um ponto de altura, ainda na mesma "órbita", mas já acima da compreensão geral do seu grupo consciencial.


Os círculos vermelhos são as alturas dentro do mesmo raio de cada "órbita". Na "órbita" central já não há necessidade de gradação de altura

Talvez a pessoa nessa faixa fique orgulhosa de seu "conhecimento", mas mal sabe ela que ainda está na periferia. Mas é o destino de todos nós sermos atraído para o centro, alguns mais rápido, outros mais devagar. Alguns procuram um atalho: em vez de subir essa montanha em espiral (uma caminhada mais suave e onde se curte mais a paisagem, o que proporciona um grande aprendizado) seguem uma linha íngreme direto para o topo. Essa é a porta estreita, que Jesus e Buda nos falam. Nada contra quem quer apreciar a paisagem: cada um tem seu ritmo de caminhada, e só evoluímos quando aprendemos a respeitar e compreender cada pessoa em cada nível dessa espiral. Afinal, quem vê a paisagem do alto da montanha pode até prever o próximo movimento de quem está embaixo, ver suas dificuldades na escalada e ajudar com alguma orientação sobre qual o melhor caminho a tomar.


Continuar a leitura

 
Budismo, Holismo, Metafísica, Pensamentos - publicado às 4:25 AM 31 comentários
O JULGAMENTO DE SÓCRATES
qui, 25 de novembro, 2004
 


Sócrates foi, provavelmente, o maior filósofo de todos os tempos. Ele viveu em Atenas, na Grécia, por volta de 500 anos antes do nascimento de Jesus. Foi a mente mais iluminada do ocidente em sua época, enquanto no oriente, por volta da mesma época aparecia um tal de Buda, que causou uma revolução no modo de pensar e se relacionar com a vida. Durante os seus 70 anos de vida, Sócrates procurou ensinar, através da dialética (diálogos), as verdades espirituais eternas, questionando sempre as falsas tradições da cultura helenística. Acabou despertando ódio e inimizades entre os detentores do poder e da cultura, que o acusavam de estar corrompendo a juventude ateniense. Foi levado a julgamento e condenado à morte pela ingestão de cicuta, um poderoso veneno.

O texto a seguir foi condensado do livro Apologia de Sócrates, escrita por Platão (seu principal discípulo). Ele descreve o julgamento de Sócrates, apresentando a sua defesa e suas considerações finais, após a sentença de condenação.


Continuar a leitura

 
Filosofia - publicado às 4:57 PM 51 comentários
QUE RAIOS NÓS SABEMOS?
seg, 22 de novembro, 2004
 


"What The Bleep Do We know?!" (algo como "o que $(%*# nós sabemos?!") estreou em novembro de 2004 nos cinemas norte-americanos e canadenses (no Brasil, lá para outubro 2005) e já faturou 8 bilhões em bilheteria (algo como 500 a 600 mil dólares em ingressos por semana) e vários prêmios em festivais de cinema.

Faz parte de um ciclo de produções cinematográficas diferentes, sem violência, sem carros correndo e batendo, sem tiros, sem mortes realistas, mais voltados para o despertar da consciência, do que há "mais além" do que aprendemos, sobre como a vida funciona (assim como Waking Life: o despertar da vida).

Ele leva as pessoas por perguntas como "o que é real e o que é ilusão?", "quem sou eu?", "existe uma só verdade ou níveis dela?". É um grande bate-papo com 14 cientistas, filósofos e doutores sobre física quântica, onde discutem o poder do pensamento, filosofia e outros, em meio a efeitos especiais (que não contribuem lá muito com a seriedade que o tema exige) e uma produção esmerada.

A chamada do filme é algo como "A pergunta é: quão fundo você quer entrar na toca do coelho?"

Filme completo legendado:


Versão dublada em português;
Site oficial do filme (em inglês), com reportagens na mídia, testemunhos, etc


 
Cinema, Ciência - publicado às 3:40 PM 53 comentários
CARIDADE
sex, 19 de novembro, 2004
 


Quando, pois vier o Filho do homem na sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos; e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita:
Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes; estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.
Então os justos lhe perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes ao menor dos meus irmãos, a mim o fizestes.
Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda:
Apartai- vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para Satan e seus mensageiros; porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; era forasteiro, e não me acolhestes; estava nu, e não me vestistes; enfermo, e na prisão, e não me visitastes.
Então também estes perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou forasteiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
Ao que lhes responderá: Em verdade vos digo que, sempre que o deixaste de fazer a um destes mais pequeninos, deixastes de o fazer a mim. E irão eles para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna.
(Mat 25:31-46)


Continuar a leitura

 
Cristianismo - publicado às 6:32 PM 18 comentários
PROFECIA CELESTINA
qui, 18 de novembro, 2004
 


Este é um livro obrigatório para todos os interessados em esoterismo. Acredito que muitos aqui o leram ou já ouviram falar dele, mas quero garantir que todos o conheçam, porque o conteúdo dele é riquíssimo (bem mais que suas continuações) e sempre será atual. É por isso que pedi a uma admiradora do livro que fizesse um post sobre ele (já que eu não tenho memória mesmo), que inclusive vai virar um filme.


Continuar a leitura

 
Geral - publicado às 7:02 PM 53 comentários
ÉTICA SUFISTA
ter, 16 de novembro, 2004
 


Da Ética dos Derviches

Recordo que em minha infância, me inclinava à religiosidade e estava ansioso por gratificar-me com atos de piedade e abstinência. Uma vez passei a noite toda em oração, sem dormir nem por um só momento e sustentando o Alcorão sobre minhas pernas, enquanto todos ao meu redor dormiam. Disse ao meu pai: "Ninguém levanta a cabeça do sono para rezar, dormem tão profundamente que se poderia dizer que estão mortos." Ele respondeu: "Meu filho, para você, seria melhor dormir do que encontrar a falta dos outros."

O homem pretensioso vê somente a si mesmo, pois tem uma cortina de vaidade diante de seus olhos. Se tão somente tivesse os olhos de Alláh, não verias ninguém mais desvalido que tu mesmo!

(Saadi de Shiraz, al-Gulistan)


 
Sufismo - publicado às 2:02 PM 15 comentários
ESPIRITISMO NA TV
seg, 15 de novembro, 2004
 


Estava vendo na TV o Linha direta sobre Chico Xavier. Teve o depoimento do juiz que não sabe ao certo, mas que de alguma forma escreveu umas 3 páginas de uma sentença sem se aperceber. Bastou. A Globo fez uma "reconstituição" que eu só não fiquei MAIS constrangido porque eu não sou o juiz: a cena era digna de um filme de horror; a câmera girava freneticamente ao redor do "juiz atuado", com uma entidade incorporada que mais parecia o demônio do filme Exorcista, agitando a cabeça, com luzes pipocando pela janela e um som aterrador... Sinceramente, se eu não fosse acostumado a ver médiuns incorporando eu ficaria aterrorizado só com a possibilidade de ir a um centro espírita e dar de cara com alguém assim... (tenha medo... tenha muito medo...)

E os espíritos luminosos? Basta morrer que qualquer um vira uma espécie de vaga-lume, como se todo mundo tivesse um alto padrão vibratório que fizesse as moléculas do corpo fluídico se agitarem e produzirem luminescência... certo... os melhores filmes sobre espíritos foram mesmo Ghost e Sexto sentido (esse último ainda mais perfeito!). Nada de muitos efeitos visuais, nem espíritos com eco na voz.

Aliás, eu queria ser diretor visual ou designer conceitual de um filme que juntasse o melhor dos livros espíritas de André Luis ou Luís Sérgio. Mostrar Nosso Lar e os umbrais, os sacerdotes de manto escarlate (do livro Libertação), as flores com luz própria... cara, eu tenho essas cenas na cabeça, pena que ainda não consegui passá-las pro papel com todas as cores...

Pelo menos o ilustrador japonês Kagaya fez uma linda pintura dessas flores:

Um ponto crucial para o sucesso de um filme desses seria remover todas as conversas doutrinárias, que são muito bonitas pra ler, mas que no cinema não funcionam. Por que Matrix 1 funcionou e o 2 não? RITMO. O primeiro é enxuto e preciso, o segundo parece mais um híbrido do cinema francês com Hollywood: diálogos longos e enfadonhos, complexos e completamente dispensáveis dentro da narrativa, embora façam você pensar. Só que quando você sai do cinema p#*%)o por ter perdido duas horas da sua preciosa vida, você não tende a pensar muito nos diálogos... Os norte-americanos são mestres do cinema de entretenimento justamente porque são terrivelmente pragmáticos e não fazem disso uma arte, e sim uma máquina de fazer dinheiro. Não hesitam em retirar cenas que seriam importantíssimas para o ego do escritor ou diretor: pensam sempre na platéia. "A platéia está atenta? Não está? Corta".

Mas... o que isso tem a ver com o blog? Nada... Como diria Cirilo, mas eu só quis dizer...

Querem ver um ótimo exemplo de efeitos visuais aplicados pra representar um pouco o mundo espiritual aqui no Brasil mesmo? Baixem o clipe Call my name, da banda AD. (entre nesta página e clique na direita no nome Call my Name que já abre o media player). Pra salvar o vídeo no computador, basta esperar carregar todo o vídeo e então procurar no seu computador um arquivo de aprox. 7MB com a extensão WMV (clique em em menu iniciar, localizar / arquivos ou pastas e digite *.wmv). Um dia ainda vou fazer um post comentando passo-a-passo o clipe. Na verdade eu já fiz no outro blog, mas vou fazer uma versão melhorada.


 
Espiritismo - publicado às 2:54 AM 53 comentários
ADULTERAÇÃO DA BÍBLIA
qui, 11 de novembro, 2004
 


Uma coisa que tem sido muito popular entre as novas denominações cristãs é o uso de versões da Bíblia adaptada a uma linguagem mais, digamos... atual. O que deveria ser louvável (afinal, leva a palavra da Bíblia a uma gama muito maior de pessoas) acaba sendo sofrível e perigoso. Sofrível porque as traduções antigas já não são das melhores, e com base nelas o teor da mensagem fica ainda mais superficial. E perigoso porque os tradutores acrescentam, alteram e omitem coisas ao seu bel prazer, provocando conflitos com outras religiões.

Temos um bom exemplo em Levítico 19:31. Na bíblia da Sociedade Bíblica do Brasil (1969) consta:
Não vos voltareis para os necromantes, nem para os adivinhos; não os procureis para serdes contaminados por eles: Eu sou o Senhor vosso Deus.

Segue-se agora um trecho de uma tradução católica (a 35ª edição do Centro Bíblico Católico, publicado pela editora Ave Maria) onde vemos a alteração:
Não vos dirijais aos espíritas nem aos adivinhos: não os consulteis, para que não sejais contaminados por eles.

Um verdadeiro crime de intolerância para com todos os espíritas. E ainda existe gente que recita isso e diz: "tá na Bíblia", com um ar imponente. Se esquecem de a Torah (O velho Testamento) é um conjunto de Leis para o povo hebreu que tem uns 3 a 5 mil anos, assim como a Constituição é a Lei para nós hoje. Esquecem que o contexto e tradições daquele época eram outras, e simplesmente "esquecem" de estudar história, se limitando a repetir trechos fora de contexto como se fosse um papagaio. Viram presa fácil para enganadores, como os que traduzem e adaptam erroneamente a Bíblia.


Continuar a leitura

 
Cristianismo, Espiritismo, Internacional, Judaísmo - publicado às 1:35 PM 39 comentários
DEUS REPROVA
qua, 10 de novembro, 2004
 


O que leva uma pessoa que acredita nos ensinamentos de Jesus a ter o trabalho de escrever uma coisa dessas com cal, provavelmente se equilibrando em cima de um barco, bem no meio da cidade do Recife?

Até fico calado se eles discordam da doutrina espírita, mas a católica também? Não que eu ame a Igreja Católica, mas as igrejas evangélicas seguem praticamente a mesma filosofia, afinal, o cristianismo no Brasil foi acalentado por centenas de anos pelo catolicismo. Não tem papa mas tem bispo, o dízimo permanece (e é até mais ostensivo), e chegaram ao cúmulo de resgatar dos porões do velho catolicismo a prática da venda de indulgências, como óleos, rosas e "água do rio jordão".

Deus-Pai não reprovou em canto nenhum da Bíblia ambas as doutrinas, que nem sequer existiam no tempo de Jesus, mas tinha uma classe religiosa que Jesus reprovava publicamente: a dos sacerdotes, escribas e fariseus, que teimavam em falar que Deus condenava isso ou aquilo, tinham normas rígidas para tudo, que falavam muito em Deus mas seus corações eram frios, que condicionavam o perdão Divino à doações aos Templos, que só quem pertencia à instituição deles era puro e estava "salvo", que eles estavam mais próximos a Deus do que o resto do mundo, etc. etc.

Não é difícil perceber quem são os sacerdotes e fariseus de hoje em dia...


 
Cristianismo - publicado às 2:58 PM 35 comentários
O POST DE HOJE É COM VOCÊS
dom, 7 de novembro, 2004
 


Publiquem alguma coisa interessante nos comentários. Esse round eu perdi pro Mr. Satan, mas vou me recolher e treinar em gravidade 10 com o Sr. Kayoh usando o casco de tartaruga e vencerei essa luta por nocaute...

Ho ho ho


 
Geral - publicado às 2:24 PM 55 comentários