Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


SEGUINDO O FLUXO
seg, 31 de março, 2003
 


Estou começando a entender o wu-wei (o não-fazer) chinês. Não é ficar esperando que as coisas caiam do céu, de braços cruzados, mas estar apto pra fazer o que sua intuição mandar fazer, e não o que seu ego (que geralmente chamamos de "eu") queira fazer. É se deixar guiar, como uma criança que confia plenamente no Pai. É lutar contra os desejos provenientes do ego, é ouvir a voz mais elevada que tem dentro de você. É fácil ouvi-la, e com treino se percebe quando é o ego ou o seu EU Superior que está lhe sugerindo algo.

Por isso não acho que este blog seja de fato meu, e faço o possível para torná-lo um local de aprendizado para mim, principalmente, e para quem mais quiser utilizar este repositório de informações, afinal, seria muito egoísta da minha parte esconder estes conhecimentos (que não considero como verdades e sim instrumentos de evolução do discernimento).

E ninguém, acendendo uma candeia, a ponha em oculto, nem debaixo do alqueire, mas no velador, para que os que entrem vejam a luz
(Lucas 11:33)


 
Pensamentos - publicado às 12:27 AM 1 comentário
O SONHO DE LUTERO
 


Conta-se que certa vez Martinho Lutero sonhara. Achava-se nos umbrais dos tabernáculos eternos. Interrogou então, sofregamente, o anjo ali de guarda:

- Estão aí os protestantes?
- Não, aqui não se encontra um protestante, sequer.
- Que me dizes?! Os protestantes não alcançaram a salvação mediante o sangue de Cristo?!
- Já lhe disse e repito: não há aqui protestantes.
- Então - tornou, espantado, o sistematizador da Reforma - será que aqui estejam os católicos-romanos, os membros daquela Igreja que abjurei?
- Tampouco conhecemos aqui os filhos dessa Igreja; não existem aqui romanos.
- Estarão, quem sabe, os partidários de Maomé ou de Buda?
- Não estão, nem uns nem outros.


Continuar a leitura

 
Cristianismo, Espiritismo - publicado às 12:00 AM 1 comentário
MEDIUNIDADE COMPROVADA
sex, 28 de março, 2003
 


No começo do século passado foram feitas muitas experiências para a comprovação da mediunidade. No meio de charlatões, algumas pessoas se destacaram de forma irrefutável. Este caso, publicado originalmente na Inglaterra, em 1936, é apenas UM de vários (Foi mantida a ortografia original):


Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
FANTA UVA
qui, 27 de março, 2003
 


Graças a um grupo de colegas que se reunia há uns anos para ir ver Animes, aprendi a respeitar a Fanta Uva. É, aquele refrigerante escanteado, sem marketing, que quase ninguém toma. Mas nos nossos encontros ele sempre estava presente, pois diziam que "a Fanta Uva faz a gente ver mais frames por segundo". Isso, obviamente, era uma piada nerd de fãs de desenho animado, mas era interessante ver a devoção por um refrigerante (só superada pelo refrigerante cor-de-rosa Jesus, encarado como um verdadeiro presente de Deus para os Designers).

No curso de Chai Tikun (uma espécie de "Reiki judaico"), a professora borrifou uma essência de uva na sala antes de começar. Ela explicou que, segundo a Cabalá, a uva tem a propriedade de facilitar o contato com os planos superiores. Nesse momento olhei pra uma amiga, a quem já tinha explicado os "poderes" da Fanta Uva (por sinal ela gosta também!) e falei baixinho: "viu como eu estava certo?". Tivemos de nos controlar pra não estourarmos de rir!


 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
O CRÂNIO DE AKHENATEN
 



Akhenaten

Nefertiti

Filha de Akhenaten


Tutankhamen (Tutancamon)
Sinceramente, Akhenaten era um cara estranho. O formato do rosto dele e da sua cabeça lembra mais um Drac (do filme "Inimigo meu") do que um humano, tanto é que alguns cientistas acham que ele tinha a Síndrome de Marfan. Eu já tinha lido a respeito de teorias que diziam que os Faraós (todos) não eram humanos. Eles não eram visto pelo povo sem aquele pano na cabeça, e o tal queixo falso, que alguns arqueólogos acham que é uma barba estilizada. Ora, se barba fosse tão importante pros egípcios, todas as pinturas e estátuas teriam barbas, quando é exatamente o contrário! A teoria é de que seriam respiradores (uau!). Outra idéia que corrobora essa teoria maluca é o pano que cobre a cabeça do faraó: a curvatura dele sugere que a cabeça do faraó é muito maior e mais alta do que a de uma pessoa normal. Nefertiti (esposa de Akhenaten), cuja beleza é comentada até hoje, também foi retratada com um "chapéu" alongado o suficiente pra caber esse tal crânio. Sem falar na filha dele e o Tutankhamen (supostamente seu filho).

Fiquei com isso na cabeça durante anos, até que vi uma matéria sobre um crânio ultraesquisito que acharam lá pelo oriente médio. Ele é alongado o suficiente pra encaixar direitinho no "capacete" do faraó (e, sinceramente, esse crânio não parece lá muito humano).

Rodrigo Romo fala a respeito desse crânio e de outros, e sai dizendo a procedência de tudinho (Sírius, Órion, tal...) mas só recomendo ler se tiver uma cabeça muuuuuito aberta, porque até pra mim é difícil de acreditar nessas coisas...


 
Holismo - publicado às 12:00 AM 6 comentários
AS 4 ETAPAS EVOLUTIVAS
seg, 24 de março, 2003
 


Na primeira fase o homem, recém-chegado do mundo animal, se deixa levar pela vida instintiva, e está pouco à vontade com as características da sua nova existência.

Na segunda fase, ele começa a descobrir que existe algo além do mundo físico que ele detecta com os cinco sentidos, e que tem condições de mudar algumas circunstâncias ligadas a sua vida ou à vida dos outros.

É a fase da descoberta do poder de manipular algumas energias sutis da natureza, e, como lê e ainda não dispõe de conhecimento (e, conseqüentemente, de entendimento ético), sua ação se enquadra como trabalho de feitiçaria.

Na terceira fase ele tenta introduzir na manipulação um sentido moral, organizando o conhecimento e criando as instituições religiosas. Essa tem sido a fase que a humanidade tem vivido nesses últimos milênios.

Nesta fase, o individuo ainda não tem um entendimento claro a respeito do uso do livre arbítrio, de modo que, de uma maneira geral, continua desrespeitando o direito das pessoas de gerenciar a própria vida.

As pessoas religiosas, principalmente quando se convencem que estão salvas, julgam e condenam os outros com muita facilidade; Acham até que têm obrigação de interfer no livre arbítrio dos outros, sob o pretexto de salvar-lhes a alma, numa operação de falta de respeito ao outro, que é a catequese. Elas, com a sua presunção de que são donas da verdade, ignoram completamente a dimensão do crime que estão cometendo.

E, finalmente, na quarta fase o homem se liberta, conscientemente, da tutela das instituições, com suas pretensões limitadoras do seu crescimento, e descobre que a responsabilidade da sua evolução é somente sua, de modo que passa a não permitir qualquer tipo de invasão ao seu livre arbítrio.

Nessa etapa, que ainda é um privilegio de uma minoria, o indivíduo está concluindo o seu ciclo evolutivo terrestre e se preparando para o seguinte, em outro planeta, ou para permanecer na Terra, ajudando os seus irmãos.

São esses indivíduos que já dispõem de grande parte do conhecimento necessário para usarem de forma mais adequada o seu livre arbítrio.


Fonte: Rui Vaz da Costa; A vida no planeta Terra


 
Holismo - publicado às 12:00 AM 1 comentário
NÓS SOMOS ANJOS...
qui, 20 de março, 2003
 



...nossas asas é que ainda não estão visíveis...

No livro A 2ª Morte, Ranieri nos fala do mito dos anjos com asas, que seriam as irradiações de luz agregadas em torno do espectro magnético dos espíritos mais evoluídos (leia mais aqui).

Pois recentemente encontrei uma pintura de Alex Grey, intitulada Campo energético espiritual: Ela nos mostra exatamente o campo "áurico" que se forma por conta da nossa irradiação de energia. Pode-se notar claramente as "asas" do lado. Imagine a luz irradiando desta pessoa e você terá um anjo.

Referência: Malha energética


 
Holismo - publicado às 12:00 AM Sem comentários
CÉU E INFERNO
 


O Céu não é um paraíso entre nuvens de algodão, mas um estado de espírito. Assim como o Inferno, que nem de longe é uma fornalha incandescente, mas um símbolo da condenação eterna
(Papa João Paulo II)

Isso foi dito em 1999 e causou frisson, pois acabou com o dogma de que basta ser católico ou ter uma certa religião para ir pro Céu. Mas, muito antes disso, em 1987, o livro A 2ª Morte, de Ranieri & Altino, já falava em sua pág. 57:

- Céu e Inferno são estados de espírito. Onde se reunirem os bons será o Céu, e onde se reunirem os maus será um Inferno. Enquanto perdurar a maldade neles haverá em suas almas as chamas do Inferno, que são as chamas e tormentos da própria consciência culpada. O sentimento de culpa determinará o tempo da condenação interior, quando ela se extingue começa o Céu, que é a tranqüilidade e paz interior que, em verdade, constituem o Céu. Deus não condena nem absolve ninguém!

Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior; nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Eí-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós
(Lucas 17:20-21)

 
Cristianismo, Espiritismo - publicado às 12:00 AM 14 comentários
MUDRAS
ter, 18 de março, 2003
 



    Minority Report

    Chandrakala mudra

    Ardhapataka mudra
Numa das seqüências mais fascinantes do filme Minority Report vemos o policial John Anderton usando estranhas luvas que cobrem apenas os três primeiros dedos da parte de dentro de suas mãos. E das pontas dos dedos saem luz. Ele usa essas luvas pra manipular as imagens do futuro.

"Coincidência" ou não, esses três dedos possuem os chakras mais ativos das mãos, e são muito usados para canalizar e projetar energia (Inclusive a Igreja católica utiliza esses dedos na bênção do padre). Os hindus pesquisaram e desenvolveram diversas técnicas de posicionamento dos dedos das mãos, que chamaram de Mudras (pronuncia-se Mudrás). Essa palavra significa “selo”, “signo” ou “símbolo”. A expressão possui várias conotações e definições nas filosofias yóguica e tântrica.


Continuar a leitura

 
Hinduísmo - publicado às 12:00 AM 18 comentários
NAMASTE
 


A palavra Namaste (pronuncia-se Namastê) é composta de duas palavras sânscritas: Nama (reverência, saudação) e Te, que significa você. Em síntese é saúdo a você, de coração, ao que deve ser retribuído com o mesmo cumprimento. Pelos meios esotéricos acabou ganhando o significado floreado de "O Deus que habita em mim saúda o Deus que há em você".


Continuar a leitura

 
Hinduísmo - publicado às 12:00 AM 3 comentários
O CHAMADO (parte 2)
dom, 16 de março, 2003
 


Uma coisa que pude notar foi a quantidade de pessoas que entraram aqui em busca de uma explicação para o filme "O chamado". Não sabia que o filme tinha sido tão mal compreendido. Se formos encará-lo como cinema de terror, vamos achá-lo comercial e bobo demais. Mas não era esta a intenção dele. O roteiro esconde muito mais coisas do que supõe-se à primeira vista. Se você ainda não viu, não leia o post abaixo, pois vou tentar explicar o filme do ponto de vista dos verdadeiros "criadores" do filme, que influenciaram o diretor e o roteirista:


Continuar a leitura

 
Cinema - publicado às 12:00 AM 12 comentários
AMOR JUSTO
sáb, 15 de março, 2003
 


"No judaísmo existe uma estreita conexão entre amor e justiça. Os dois estão reunidos no conceito de Tzedek, sem correspondência em outra língua. É um amor justo e uma justiça amorosa. Por que o justo não pode ser justo sem ser amoroso? Porque para ser justo ele precisa compreender a pessoa humana, e para compreendê-la ele precisa amá-la. Afinal, com frieza e à distância não se consegue compreender nem a criança nem o adulto. Não existe justiça sem amor, mas também a recíproca é verdadeira: não existe amor sem justiça. Isto coloca por terra aquela miragem do amor à primeira vista e o romantismo propagado pelo cinema; este se torna apenas, segundo esta ótica, um prazer momentâneo pelo encontro com o outro, um prazer egocêntrico. O verdadeiro amor começa de fato quando começamos a pensar no outro, no momento em que sentimos responsabilidade pelo outro, no momento em que nós nos empenhamos em possibilitar ao outro ser tudo aquilo que ele pode ser. E todos nós somos menos do que podemos ser, mas gostaríamos de ser tudo o que podemos. Mas, para poder ajudar nisso, aquele que ama tem de julgar, analisar e criticar, e claramente encarar os defeitos da pessoa amada. Então, o ideal é um amor com justiça. Daí esta palavra."

Li isso esta semana, no livro Mística Judaica, de Walter Rehfeld. Há um mês, no curso de Chai Tikun, foi pedido aos alunos que tirassem uma carta das 22 que compõem as letras sagradas do alfabeto hebraico, que estavam em círculo, viradas de cabeça para baixo. Qual delas veio para mim? Tzedek.


 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 3 comentários
ESPAÇO RESERVADO AO EGO
sex, 14 de março, 2003
 


Eu sou a desgraça de Thorin
Eu sou o inimigo inominável
Eu sou a ruína de Isildur
Eu sou a ruína de Durin

Sim,eu voltei!! O EGO! Siimmm, estava sentindo sua falta, meu precioosssso...

Juntos, nós traremos um pouco de personalidade a este blog. Algumas mudanças se fazem necessárias, como colocar meu nome em cada canto deste lugar. Pra provar que falo sério, vou colocar aqui a coisa mais aterradora que os blogueiros criaram para promover o ego: meu DOLL! BhuaHaAhuaHAhhaHahahahhaha!! Sim, Siiiiim, este sou eu! EU!!

Meu precioso veio até mim enquanto estava almoçando. Siiiiiiimmm, foi o meu presssente! À primeira vista parece um inofensivo guardanapo de papel. Mas, ao limpar a boca suja de feijão com ele é que são reveladas as Runas Recifenses, na língua de um povo há muito esquecido. Graças aos os meus vastos conhecimentos linguísticos consegui decifrá-las, e coloco a tradução abaixo:


Um blog para a todos governar
Um blog para encontrá-los,
Um blog para a todos listar
e no servidor aprisioná-los

Siiiim, em breve eu serei um portal de blogs! Graças ao Um Guardanapo sinto forças para subjugar todos os outros blogs ao meu domínio!


 
Geral - publicado às 12:00 AM 2 comentários
FRIEDRICH NIETZSCHE (1844-1900)
qui, 13 de março, 2003
 


Filósofo alemão. O seu pensamento revela a influência da filosofia grega e da obra de Arthur Schopenhauer. Nietzsche tentou provar que os valores tradicionais - representados, principalmente, pelo cristianismo - tinham perdido poder na vida das pessoas, o que chamava niilismo passivo. Expressou este pensamento na sua famosa proclamação: "Deus está morto".


Continuar a leitura

 
Filosofia - publicado às 12:00 AM 19 comentários
SARÇA ARDENTE
qua, 12 de março, 2003
 


"Chegou Moisés à montanha de Deus, a Horeb (Sinai). O Anjo de Iahweh lhe apareceu numa chama de fogo, no meio de uma sarça. Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e não se consumia. Então disse Moisés: 'Darei uma volta, e verei esse fenômeno estranho, porque a sarça não se queima' (...) E Deus o chamou do meio da sarça. Disse: 'Moisés, Moisés (...) Não te aproximes daqui; tira as sandálias dos pés porque o lugar em que estás é uma terra santa'. Disse mais: 'Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó'. Então Moisés cobriu o rosto, porque temia olhar para Deus."
(Êxodo 3:1-6)

Esta planta é a Dictamnus albus, ou Fraxinela. É uma erva grande de um metro de altura, toda coberta de minúsculas glândulas oleaginosas. Esse óleo é tão volátil que se evapora continuamente, e a aproximação duma chama descoberta causa uma inflamação súbita. O naturalista alemão Dr. M. Schawabe comprovou em repetidas observações a inflamação espontânea. A mistura de gás e ar inflama-se algumas vezes por si só no calor intenso e no ar parado, ficando o arbusto intacto.

Referência: A ciência confirma a fé


 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 1 comentário
JESUS GIBSON DE NAZARÉ
seg, 10 de março, 2003
 


Provavelmente este será o nome do novo filme do astro Mel "Mad Max" Gibson, que recriará as últimas 12 horas da vida de Jesus. Não está pronto, mas já provoca celeuma religiosa. Um líder judaico norte-americano pediu ao ator que cuide para que o filme que ele está dirigindo não atribua a culpa pela crucifixão de Cristo aos judeus. Ora, todo mundo que teve curiosidade de ver um daqueles filmes que passam na Semana Santa sabe que a Judéia naquela época estava dominada pelos Romanos, que exerciam a autoridade militar, e os líderes Judeus cuidavam da autoridade religiosa. Como está escrito na Bíblia, Jesus era P da vida com esse povo que respeitava a Torah de forma superficial, fingida. "Sepulcros caiados", dizia. Branquinhos e bonitinhos por fora, e por dentro aquela podridão. Não se encontra revolta política no Novo Testamento, muito embora devamos levar em conta que Paulo de Tarso implantou a Igreja Católica em Roma, e não pegaria bem "vender" a idéia de um Jesus revolucionário e anti-romano, como podemos supor em algumas passagens do Evangelho Apócrifo de Tomé (Thomas, o gêmeo). Mas, mesmo nele temos o famoso "Dai a César o que é de César, a Deus, o que é de Deus...", no versículo 100.


Continuar a leitura

 
Cinema, Cristianismo - publicado às 12:00 AM Sem comentários
CAOS
dom, 9 de março, 2003
 


Às vezes um pouco de caos é bom na vida da gente. Nos desperta da rotina que nos engessa, e nos põe à prova. Como saber se poderemos voar se nunca (de fato) precisamos?

Como diria o mestre Chico Science:

"Eu me desorganizando posso me organizar"

 
Pensamentos - publicado às 12:00 AM Sem comentários
MORTE v2.0
sex, 7 de março, 2003
 


Li hoje um ótimo post sobre um comentário que fiz (e que acabei deletando, por achá-lo superficial) sobre a morte. O fato é que comparei a morte a um reboot de computador, onde eliminamos a sujeira dos programas que abrimos durante toda a vida e que, do mesmo modo que faz com a máquina, nos deixam lentos e ocupados. Por isso Buda dizia "Esvazia o barco: vazio, ele se moverá depressa". Sugeri que morrêssemos em vida, eliminando assim nossos defeitos, nossas paixões, e todos os entraves causados pelo nosso ego. Estaríamos assim poupando uma ou muitas encarnações.

Tiago Oliveira (Humano Planetário) foi mais além em seu post (infelizmente seu blog não existe mais, mas peguei o artigo via máquina do tempo), nos comparando a um computador conectado em rede, mas que, por ter tantos programas instalados pra se distrair, nunca sequer se conectou com a "internet" do "lado de fora":


Continuar a leitura

 
Pensamentos - publicado às 12:00 AM 2 comentários
HARRY POTTER
qui, 6 de março, 2003
 


Minha mãe chegou da rua e foi logo perguntando: "Entre ser simples como as pombas e prudente como as serpentes, o que você seria?" Eu respondi logo: "prudente". Então ela falou que nós estávamos na Sonserina por este motivo. (Explico: No site do Harry Potter nós fizemos o teste do chapéu seletor pra saber em que casa cairíamos, e, apesar de acreditarmos que iríamos pra Grifnólia, fomos - sob protesto - para a Sonserina)

Daí ficamos discutindo sobre a psicologia do Harry. Ele é um personagem com conflito interno. É virtuoso, mas possui um lado negro que não consegue esconder. O chapéu seletor queria porque queria colocá-lo em Sonserina, onde poderia desenvolver esse seu lado, mas Harry não quis. Por quê? Porque se viu no Draco Malfoy. O seu pior inimigo se tornou seu grande aliado na evolução espiritual, pois é o espelho onde ele vê o que não quer (mas pode) se tornar.

Mas a simplicidade o salvou. Com o poder vem a responsabilidade. A pessoa é tentada pelo ego, mas o simples (não o simplista) encara os poderes como uma conseqüência natural, e, como o que se faz com tudo que é natural, só o usa quando necessário. Prudência nunca é demais, então, a fórmula que Jesus nos deu (a frase do começo do post) é a mais perfeita.


 
Pensamentos - publicado às 12:00 AM 4 comentários
JESUS MITOLÓGICO
qua, 5 de março, 2003
 


Uma verdadeira aula de universalismo e mitologia arquétipica, onde podemos ver que certas características profetizadas pelas sibilas não eram propriedade exclusiva de Jesus. Este texto, que recebi pela lista Voadores, compara a vida de Hércules , Dionísio , Apolônio de Tiana e Asclepius , além de Buda (563 a.C.), Krishna (milênios a.C.) e o mais importante: o culto pagão e solar Mitraísta , religião do Império Romano de bem antes de Cristo, e que depois foi sincretizada com o Catolicismo criado em 300 d.C., atribuindo seus credos, Natais e domingos a um Jesus mitológico.


Continuar a leitura

 
Holismo - publicado às 12:00 AM Sem comentários
A ÁRVORE DA VIDA
ter, 4 de março, 2003
 


Ao lado, vemos o diagrama da Êtz háim (Árvore da Vida), que se presta a várias interpretações, dentro da Cabalá. Ela é constituída por 10 Sefiroth (que significa literalmente contagem, mas acabou sendo usado como esferas ou emanações). No livro Zohar vemos que cada Sefira representa um atributo divino, os quais devemos adquirir em nossa jornada de evolução.

A contagem começa de cima para baixo, pois o 1 deve ser a Unidade, o Divino, que é representado por Kether (Coroa), a esfera do topo. A 2ª é Hockmah (Sabedoria), a 3ª Binah (Entendimento), a 4ª Hessed (Misericórdia), a 5ª Guevurah (Força, Severidade), a 6ª Tifereth (Beleza), a 7ª Netzach (Vitória), a 8ª Hod (Glória), a 9ª Yesod (Fundamento) ou Tsedek (Justiça) e a 10ª Malkuth (Reino).

Clicando aqui você acessa uma imagem detalhada da árvore da vida, com várias simbologias em cada Sefira e nos caminhos entre elas.

Perdoem-me os cabalistas, mas permitam que seja feita aqui uma interpretação mais personalizada da Árvore da Vida, que representaria os vários níveis de entendimento de Deus, de forma consciencial e teosófica, através dos tempos:


Continuar a leitura

 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
AS 10 DIMENSÕES DA CABALÁ
seg, 3 de março, 2003
 


A Cabalá é uma bela e saudável fonte de estudos. Gostei dela logo de cara, quando li o primeiro ensinamento de um livro de Cabalá: "Não acredite numa só linha do que ler". É esta a filosofia de Buda e a filosofia de todo este blog.

Mas a Cabalá não é uma tradição meramente intelectual. Toda a literatura disponível sobre os mistérios da Cabalá não terá qualquer valor se este conhecimento não for aplicado em nossas vidas.

Claro que todos querem mudar suas vidas para melhor, material e espiritualmente, mas muito poucos fazem sacrifícios para alcançar isso. Grande parte destas pessoas espera, ao adotar um caminho espiritual, que o seu sistema de valores permaneça inalterado enquanto a Luz Espiritual promove uma limpeza em sua vida, corrigindo tudo o que está errado, o que não faz o menor sentido.
Tudo o que percebemos mundo afora nada mais é do que um reflexo do que se passa dentro de cada um de nós e todos nós optamos, de forma consciente ou não, por viver em uma das 10 dimensões identificadas pela Cabalá.

Em qual dimensão você está vivendo?


Continuar a leitura

 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
JESUS PROFETIZADO?
 


Não escondo de ninguém que meus dois principais mestres são Jesus e Buda. Mas, se tem uma coisa que aprendi com Buda é que não se deve acreditar em algo porque é antigo ou sagrado...

Sempre me questionei sobre a autenticidade de algumas coisas na Bíblia, e sempre estive ciente de que o texto bíblico do Novo Testamento ficou nas mãos de uma minoria da Igreja por quase mil anos sem que a população tivesse acesso. Todos eles conheciam muito bem as culturas teosóficas dos outros países e, como a função da Igreja é "vender o produto" Jesus, pode-se muito bem acreditar que alteraram as escrituras para adequá-lo a todas as profecias que tratavam da vinda do Messias. Talvez nem tanto pelo aspecto comercial, mas também simbólico da coisa. MAS, também devemos lembrar que Jesus, sabedor de todas essas profecias, veio cumpri-las para deixar claro para todos que sua mensagem era A mensagem Divina, aquela há muito esperada por todas as civilizações. Tanto que advertiu os discípulos dizendo que "era necessário que assim procedesse, para que as escrituras se cumprissem".

Algumas coisas tratam inquestionavelmente da vida de Jesus (não ser aceito pelo próprio povo), mas é preciso lembrar que não existiu UM só Messias no mundo. Portanto, tirem suas próprias conclusões analisando o texto abaixo, retirado do livro de Edgard Armond Os exilados da Capela, que remonta às profecias de muito antes de Jesus (passe o mouse por cima das frases):


Continuar a leitura

 
Cristianismo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
AMEN
dom, 2 de março, 2003
 


Segundo a tradição Hebraica, a palavra Amen (ou Amém) tem como raiz a palavra Emuná (Fé). Pode ser interpretado como "Tenho fé naquilo que foi dito; Eu acredito", desta forma, dando consentimento - "Assim seja" - ou aprovando aquele dito específico. A Guematria da palavra Amen é 1+40+50=91 , que é a somatória dos nomes de Deus Havaie e Adonai.


Continuar a leitura

 
Holismo, Judaísmo - publicado às 12:00 AM 1 comentário