Página principal

   
5 estrelas
Budismo
Ciência
Cinema
Cristianismo
Espiritismo
Filosofia
Geral
Hinduísmo
Holismo
Internacional
Judaísmo
Metafísica
Pensamentos
Política
Psicologia
Sufismo
Taoísmo
Ufologia
Videolog


Ver por mês


Últimos comentários

Retornar à página principal


KABBALAH
sex, 28 de fevereiro, 2003
 


Kabbalah (ou Cabalá) deriva do termo Caibalion, que significa tradição ou preceito manifestados por um Ente de cima. Já este deriva da raiz KBL (Kibel) que significa receber, acolher. Se formos adaptar para os termos de hoje, seria uma canalização vinda de planos elevados. Os estudantes da Cabalá fazem com a Torah exatamente o que fiz com esta palavra. "Dissecam-na", em busca da sua essência.

Torah significa ensinamento, lei. Constitui-se dos livros que aqui no ocidente conhecemos por Velho Testamento. Mas, ao contrário de algumas religiões que acreditam em cada palavra no seu sentido literal, os cabalistas respeitam cada palavra do original Hebraico, pois sabem que, mudando uma letra, a "chave" do CÓDIGO desaparece, levando consigo o verdadeiro sentido espiritual POR TRÁS das palavras. Assim, eles utilizam a Guematria, que é a obtenção do valor numérico de cada palavra Hebraica que, na concepção dos Judeus, é dotada do poder Criador, pois teria sido utilizada pelo Divino no ato da Criação.


Continuar a leitura

 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM 1 comentário
A ERA DOS ESPELHOS
qua, 26 de fevereiro, 2003
 


Tive a oportunidade de teclar com Tiago (Humano Planetário), que estuda o calendário Maia, e perguntei mais a respeito das Profecias Maias para o período em que estamos vivendo (e sobre o qual já havia comentado anteriormente). Ao que ele me respondeu:

"Os maias diziam que nós estamos passando por um feixe de radiação. Para fazer uma analogia, imagine um barco sendo atingido pelo feixe de luz de um farol... Diziam que em 3.113 a.C. nós começamos a atravessar esse feixe e que levaríamos 13 períodos (aos quais eles chamavam de Baktuns) de 144.000 dias para atravessá-lo. Isso dá aproximadamente 5.125 anos... E termina num sábado, 22 de dezembro de 2012. Nesse dia a humanidade fará sua escolha de desaparecer como espécie dominante/pensante que ameaça a destruir o planeta, ou pode optar por evoluir e integrar-se com o universo, entendendo que todo ele é vivo e consciente."


Continuar a leitura

 
Holismo, Judaísmo - publicado às 12:00 AM 13 comentários
DEPOIS DO ROCK DAS ARANHAS...
ter, 25 de fevereiro, 2003
 


Sinto que os estudos da Cabalá estão meio que dominando minha mente. Estava ouvindo Jailhouse Rock do Rei Elvis, quando me peguei colocando as Sephiroth da Árvore da Vida na letra na música, e deu no ROCK DA CABALÁ:

Makuth is the sephir that can be a jail
Yesod is the justice that in the end prevail
Hod can be glory or be a majesty
Netsach is victory and the constancy
Let's rock, everybody, let's rock
Everybody in the whole Sephiroth
Dancin' to the Kabbalah Rock

Tiferet is beauty and Chesed is grace
Geburah is power and Binah intelligence
Chockmah is wisdom and that's all the Otz Chiim
But don't forget Kether that's the sphere of Mashiach
Let's rock, everybody, let's rock
Everybody in the whole Sephiroth
Dancin' to the Kabbalah Rock

Dancin' to the Kabbalah Rock
Dancin' to the Kabbalah Rock
Dancin' to the Kabbalah Rock...


 
Judaísmo - publicado às 12:00 AM Sem comentários
SHINU
seg, 24 de fevereiro, 2003
 



 
Geral - publicado às 12:00 AM 1 comentário
O FAZEDOR DE QUEBRA-CABEÇAS
dom, 23 de fevereiro, 2003
 


Havia certa vez um bom e velho fazedor de quebra cabeças que possuía poderes mágicos. Seu maior prazer provinha de criar quebra cabeças com figuras encantadoras para as crianças que viviam na vizinhança. Mas esses não eram quebra cabeças comuns. Tinham propriedades mágicas - quando a ultima peça era encaixada no lugar, raios de luz radiavam das imagens, enchendo as crianças de alegria. Tudo o que elas tinham de fazer era olhar para a figura. Mais nada. Para eles, isso valia mais do que 10.000 biscoitos de chocolate ou 10.000 copos de leite.

Um belo dia, o fazedor de quebra cabeças realmente se superou. Ele pintou a mais encantadora de todas as suas pinturas. O fazedor ficou tão entusiasmado com sua criação que decidiu não picotar a pintura em peças separadas de quebra cabeças. Ao invés disso, ele queria que as crianças sentissem de imediato a mágica toda. Assim que terminou de embalar a pintura, um menininho entrou na loja, esperando encontrar a ultima criação do fazedor de quebra cabeças. Ele então entregou o pacote com entusiasmo. O sorriso brilhante do menino de repente desapareceu. Seu rosto ficou um pouco triste. Claramente, ele estava desapontado com alguma coisa. "O que há de errado?" Perguntou o criador. O menininho explicou que montar e criar o quebra cabeças era metade da magia do final. Imediatamente o criador entendeu. Com o mesmo amor e carinho que investira em criar a imagem original, cortou e desmontou a pintura. Então espalhou carinhosamente as peças separadas dentro da caixa. Ele dera às crianças o que elas realmente queriam mais do que qualquer outra coisa - a alegria e a realização de montar o quebra cabeças mágico desde o início.

Retirado do livro "O poder da Cabala" por Rabi Yehuda Berg; Ed. Imago

Assim é o nosso Criador, que não fez o mundo com manual de instruções, nem ordem expressa de como devemos agir, e nem mesmo com toda a sabedoria que, como filhos de Deus, poderíamos ter (e alguns de fato a têm). Isso para que possamos ter o mérito e o prazer de conquistar tudo isso por nosso próprio esforço.


 
Judaísmo - publicado às 12:13 AM 1 comentário
O DESTINO EM SUAS MÃOS
sex, 21 de fevereiro, 2003
 


Nasceste no lar que precisavas,
Vestiste o corpo físico que merecias,
Moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento.
Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas.

Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização.
Teus parentes, amigos são as almas que atraístes, com tua própria afinidade.
Portanto, teu destino está constantemente sobre teu controle.

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência.
Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes...
São as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivência.

Não reclames nem te faças de vítima. Antes de tudo, analisa e observa.
A mudança está em tuas mãos.
Reprograme tua meta, busque o bem e viverás melhor.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

(Hammed; Psicografado por Francisco do Espírito Santo Neto)


 
Espiritismo - publicado às 12:00 AM 2 comentários
SAL
dom, 16 de fevereiro, 2003
 


O costume de jogar sal por cima do ombro (pra trazer sorte, dizem) muito provavelmente foi algum ensinamento esotérico que caiu na boca do povo (como muitos outros).

O sal tem a propriedade de atrair e destruir energias de baixa vibração, ou seja, o que chamam de "energia pesada" do astral. Por isso é usado para conservar alimentos (que, como tudo na Terra, começa a estragar primeiro nos níveis mais sutis de energia e só depois reflete no físico). Notem que não falo aqui das propriedades físicas da conservação que o sal produz, pois não é o tema deste blog.


Continuar a leitura

 
Metafísica - publicado às 12:00 AM 9 comentários
O KARMA AO LONGO DOS TEMPOS
sex, 14 de fevereiro, 2003
 


Quem governa por meio do Tao não utiliza o poder das armas, porque o retorno das armas é a violência
(Lao Tse - Tao Te King - Verso 30)

Então Jesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão
(Mateus 26:52)

Quem molesta um homem inocente,um homem puro, sem mácula, o mal volta certo ao bobo como o pó lançado contra o vento
(Buda - Dhammapada Cap. IX - Verso 125)

Quem derrama o sangue do homem, pelo homem terá seu sangue derramado. Pois à imagem de Deus, o homem foi feito
(Gênesis 9:6)

A vida é como jogar uma bola na parede. Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul, se for jogada uma bola verde, ela voltará verde, se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca, se a bola for jogada com força, ela voltará com força. Por isso, nunca jogue uma bola na vida de forma que você não esteja pronto a recebê-la
(Albert Einstein)

Porque está próximo o dia de Iahvéh sobre todas as nações! Como fizeste, assim te será feito: teus atos recairão sobre tua cabeça
(Obadias 1:15)

E a ti, senhor, pertence o amor; pois tu devolves a cada um conforme as suas obras
(Salmo 62:13)

A nenhuma viúva nem órfão afligireis. Se de algum modo os afligires, e eles clamarem a mim, eu certamente ouvirei o seu clamor. E a minha ira se acenderá, e vos matarei à espada; e vossas mulheres ficarão viúvas, e vossos filhos órfãos
(Êxodo 22:22)

Do mesmo modo que julgardes, sereis também vós julgados e, com a medida com que tiverdes medido, também vós sereis medido
(Mateus 7:2)

Tudo o que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles. Esta é a Torá e os profetas
(Mateus 7:12)


 
Holismo - publicado às 12:05 AM Sem comentários
BUSH E NERO
seg, 10 de fevereiro, 2003
 


Saiu na Revista Época de setembro de 2001 uma extensa reportagem sobre o apocalipse. Nela, podemos encontrar este trecho revelador:

"Arqueólogo e professor de Origens da Cristandade na Universidade do Texas, L. Michael White explica que o livro de João tinha em seu tempo um sentido diferente do que lhe é atribuído hoje. Aquelas entidades agora mitológicas eram autoridades políticas, com nome e endereço. A besta que vem do céu representa o imperador de Roma, Domiciano, que reinou de 81 a 96 d.C. e foi um dos piores perseguidores dos cristãos. A besta do mar era o governador de Éfeso, nomeado em 89 d.C., que promovia o culto ao imperador como se fosse um deus. A marca da besta era a autorização imperial, necessária para fazer qualquer tipo de comércio, concedida apenas a quem seguisse a religião romana. E o número 666 era uma forma de se referir ao falecido imperador Nero, outro perseguidor dos cristãos, usando a numerologia. A crença popular de então era de que ele teria ressuscitado, sob a forma de Domiciano (nas profecias, o anticristo também "retornaria", imitando o Messias)."


Continuar a leitura

 
Espiritismo, Política - publicado às 12:05 AM 5 comentários
CIDADES ESPIRITUAIS
sex, 7 de fevereiro, 2003
 


Como dizia Hermes, o Trimegisto: "O que está em cima é como o que está em baixo, e o que está embaixo é como o que está em cima". Então, por que não haver cidades espirituais? Elas existem, fisicamente acima das grandes cidades, mas obviamente em outra dimensão (ou plano, ou vibração). Servem como ponto de apoio para trabalhos a serem realizados nas cidades físicas, e para recebimento e adaptação dos que desencarnaram recentemente. A mais conhecida (e a primeira de conhecimento do público) é Nosso Lar, que fica em cima do Rio de Janeiro, e é descrita no livro homônimo de Chico Xavier.


Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 12:05 AM 8 comentários
NA PRÓXIMA DIMENSÃO
seg, 3 de fevereiro, 2003
 


Neste livro de Carlos A. Baccelli (ditado pelo espírito Inácio Ferreira) acompanhamos o "outro lado" do funeral de Chico Xavier, mas o que mais me interessou mesmo foi a parte que dá nome ao livro, onde é relatada a visita a uma dimensão ainda mais elevada que a do "mundo dos mortos" como o conhecemos. Ela corrobora o que eu havia explicado sobre o tempo, que depende da vibração do local. Aliás, isso é algo que Einstein já havia falado, mas que não ousou aplicar para outros "mundos". Mesmo assim, a concepção de morte para Einstein revela um conhecimento que, mesmo baseado na física, está em essência além dela:

Agora ele foi embora deste estranho mundo um pouco antes de mim. Isso não significa nada. Pessoas como nós, que acreditamos na física, sabemos que a distinção entre passado, presente e futuro é somente uma teimosa e persistente ilusão
(Albert Einstein)

Continuar a leitura

 
Espiritismo - publicado às 12:05 AM 3 comentários